Víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana

Fotografia por Kalyan Varma, CC BY-NC-SA

Local da foto: Tamil Nadu, Índia

 NIKON D3 (NIKON CORPORATION)
Distância Focal: 105mm  •  Abertura: f/14.0  •  Tempo de Exposição: 1/30s  •  ISO: 200
Data em que a foto foi tirada: 27/09/2009
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana

Echis carinatus
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Reptilia
Ordem Squamata
Família Viperidae
Gênero Echis
Nome Científico Echis carinatus(Schneider, 1801)
Nome Inglês Indian Saw-scaled Viper, Little Indian Viper
Estado de Conservação NE  - Não Avaliada pela IUCN

Descrição

A víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana, conhecida também como víbora-de-escamas-serrilhadas e víbora-indiana-pequena, é uma serpente peçonhenta da família Viperidae e uma das "Quatro Grandes" (Big Four) serpentes da Índia - as quatro espécies de serpentes peçonhentas responsáveis pela maioria dos casos de picadas de serpentes na Índia. As Quatro Grandes são: cobra-indiana (Naja naja), krait-comum (Bungarus caeruleus), víbora-de-russell (Daboia russelii) e víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana (Echis carinatus).

O corpo da víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana é curto e robusto. Em toda a parte dorsal do corpo existem escamas pontudas altamente quilhadas de aparência seca. A cabeça triangular, com pequenas escamas quilhadas, é mais larga do que o pescoço. Na parte superior da cabeça existe um padrão cruciforme ou tridente, e existe também uma listra clara que corre do olho até o ângulo da mandíbula. Os olhos são grandes e têm pupilas verticais. A cauda é curta e tem a extremidade pontuda. A cor do corpo varia do marrom-claro ao marrom-escuro, cinza, vermelho tijolo ou marrom avermelhado. Manchas amarelo-claras ou marrons muito claras com bordas escuras estão presentes em toda a superfície dorsal. Essas manchas podem ser mais simétricas na região central do corpo, geralmente controladas e conectadas por duas linhas onduladas de ambos os lados. A cor ventral é branca com manchas escuras ou castanho-escuras. Essas manchas se tornam maiores e mais evidentes nos lados ventrais.

O comprimento total da víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana varia entre 38 e 80 cm, mas geralmente não ultrapassa 60 cm. Ela é o menor membro das "Quatro Grandes" (Big Four) serpentes da Índia.

Biologia

A víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana tem hábitos principalmente crepusculares e noturnos, mas há relatos de atividade durante o dia. Durante o dia se esconde em todos os tipos de lugares, tais como tocas de mamíferos, fissuras de rochas e troncos podres caídos. Em ambientes arenosos, ela pode se enterrar deixando apenas a cabeça exposta. Muitas vezes, é mais ativa após as chuvas ou em noites úmidas. É uma espécie terrestre, mas pode escalar a vegetação arbustiva e árvores.

A dieta da víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana é composta de roedores, lagartos, rãs, e uma variedade de artrópodes, como escorpiões, centopeias e grandes insetos.

A víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana se locomove principalmente com movimentos sinuosos laterais, um método no qual ela é bastante eficiente e alarmantemente rápida. Apresenta comportamento muito alerta, agressivo e de rápida resposta. É uma das serpentes de botes mais rápidos e leva menos de um segundo para voltar ao seu local original após o bote. Se provocada, ela se enrola e mantém a cabeça na frente, enquanto fricciona continuamente as escamas presentes no flanco. Essa fricção produz um som fascinante de uma "serra trabalhando".

A época de acasalamento da víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana começa com combates entre os machos. A reprodução é ovovivípara. A fêmea dá à luz uma ninhada de 3 a 15 filhotes durante o verão até os meses das monções. Os filhotes têm entre 11,5 e 15,2 cm de comprimento.

Habitat

A víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana habita uma variedade de habitats, incluindo florestas, desertos, semidesertos, matas, florestas decíduas úmidas e secas, pastagens, campos agrícolas, áreas rochosas, planícies abertas, etc. Ela ocorre tanto em planícies quanto em elevações moderadas.

Distribuição

A víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana é endêmica da Ásia, encontrada em partes do Oriente Médio e Ásia Central, especialmente no subcontinente indiano. No subcontinente indiano, ocorre na Índia, Sri Lanka, Bangladesh e Paquistão. No Oriente Médio, ocorre em Omã, Ilha Masirah, leste dos Emirados Árabes Unidos, Iraque e sudoeste do Irã. Na Ásia Central, ocorre no Afeganistão, Uzbequistão, Turcomenistão e no Tajiquistão.

Veneno

O veneno da víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana é hemotóxico. Ela tem um bote muito rápido quando o inimigo se aproxima da sua área de ataque e, apesar de inocular uma pequena quantidade de veneno, mesmo com pequenos arranhões, o veneno é muito potente. Geralmente, ela pica quando a pessoa não a vê em seu habitat natural e acidentalmente pisa em seu corpo, resultando em uma séria picada. As duas longas presas injetam algumas gotas de veneno hemotóxico. A picada da víbora-de-escamas-serrilhadas-indiana é muito mais grave do que a picada da víbora-de-russell (Daboia russelii) e causa séria perda de tecidos.

A espécie produz, em média, 18 mg de veneno seco por peso, sendo que a dose letal para um ser humano adulto é estimada em apenas 5 mg. A taxa de mortalidade em decorrência de picadas dessa espécie é de aproximadamente 20%, e devido à disponibilidade do soro antiofídico, as mortes atualmente são raras.

Continentes de Ocorrência

Ásia

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Echis carinatus." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 3 Out 2017. Web. 27 Nov 2017.
  • Indian Snakes, www.IndianSnakes.org

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Répteis

Conheça mais espécies de Répteis selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.