Tartaruga-marinha-oliva

Fotografia por Brad Flickinger, CC BY

Local da foto: Nicarágua

 Canon PowerShot S300 (Canon)
Distância Focal: 5mm  •  Abertura: f/2.7  •  Tempo de Exposição: 1/1000s
Data em que a foto foi tirada: 19/02/2004
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Tartaruga-marinha-oliva

Lepidochelys olivacea
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Reptilia
Ordem Testudines
Família Cheloniidae
Gênero Lepidochelys
Nome Científico Lepidochelys olivacea(Eschscholtz, 1829)
Nome Inglês Olive Ridley Sea Turtle, Pacific Ridley Sea Turtle
Estado de Conservação VU  - Vulnerável (IUCN / 2008)

Descrição

A tartaruga-marinha-oliva é uma espécie de réptil da família Cheloniidae e a menor espécie de tartaruga marinha.

A tartaruga-marinha-oliva tem uma cabeça larga e de tamanho médio que parece triangular quando vista de cima. Os lados côncavos da cabeça são mais evidentes na parte superior do focinho curto. Os membros anteriores são parecidos com um remo, cada um tem duas garras anteriores. Os adultos apresentam pouco dimorfismo sexual. Os machos adultos têm caudas mais longas e mais grossas, que são usadas para a cópula, e a presença de garras alargadas em forma de gancho nas nadadeiras anteriores que permitem ao macho agarrar a fêmea durante a cópula. Os machos também têm carapaças mais longas e mais cônicas do que as fêmeas, que têm carapaças redondas. Eles também têm o plastrão mais côncavo, que pode ser outra adaptação para o acasalamento.

A carapaça da tartaruga-marinha-oliva é verde acinzentada ao verde-oliva na cor, mas às vezes parece avermelhada por causa de algas que crescem na carapaça. A carapaça também tem um formato de coração e é dorsalmente achatada. A superfície inferior é branca esverdeada. A carapaça de uma tartaruga-marinha-oliva adulta tem, em média, de 60 a 70 cm de comprimento. Essa espécie raramente pesa mais de 50 kg.

A tartaruga-marinha-oliva pode ser distinguida da sua prima, a tartaruga-marinha-de-kemp (Lepidochelys kempii), por ter mais de cinco placas ósseas, ou escudos, que percorrem o comprimento da carapaça. A tartaruga-marinha-de-kemp tem apenas cinco.

Biologia

A tartaruga-marinha-oliva é carnívora e se alimenta de uma grande variedade de organismos, incluindo peixes e moluscos, às vezes mergulhando até 150 m em busca de presas. Sabe-se muito pouco sobre os primeiros anos de vida dessa espécie, mas os juvenis provavelmente passam vários anos flutuando nas correntes oceânicas e se alimentando de organismos planctônicos.

Embora também nidifique sozinha, a tartaruga-marinha-oliva é conhecida pela sua incrível nidificação em massa, quando milhares de fêmeas se reúnem na mesma praia - o evento é conhecido como "arribada" que, em espanhol significa "chegada em massa". Machos e fêmeas migram de áreas de alimentação e o acasalamento ocorre longe da praia, em alto mar.

Geralmente à noite, e coincidindo sua nidificação com a maré alta, as fêmeas saem do mar em direção a sua praia natal e colocam ninhadas que geralmente contêm cerca de 110 a 120 ovos. Essa incrível nidificação em massa pode envolver até 150.000 fêmeas e pode ocorrer mais de uma arribada em uma única praia. Durante uma temporada, uma fêmea pode colocar de 2 a 3 ninhadas de ovos, mas a maioria das fêmeas coloca apenas uma ninhada.

Ovos incubados a temperaturas de 31 e 32°C produzem apenas fêmeas. Ovos incubados a 28°C ou menos produzem apenas machos, e ovos incubados a temperaturas de 29 e 30°C produzem uma ninhada de sexo misto. Depois de aproximadamente 50 a 60 dias, os filhotes emergem e fazem o seu caótico caminho para o mar. Predadores como chacais e caranguejos se alimentam de ovos de tartarugas, enquanto os pássaros atacam filhotes na praia e os peixes os esperam em águas rasas. Essas arribadas provavelmente têm a função de aumentar a sobrevivência dos recém-nascidos, oferecendo um número maior de filhotes do que os predadores podem consumir.

Habitat

A tartaruga-marinha-oliva habita águas tropicais, passando a maior parte do tempo a aproximadamente 15 km da costa em águas marinhas relativamente rasas (22 a 55 m de profundidade) e protegidas.

Distribuição

A tartaruga-marinha-oliva é encontrada em regiões tropicais dos Oceanos Índico, Pacífico e Atlântico, com exceção do Caribe. As maiores colônias de nidificação ocorrem no México, Costa Rica e na costa de Orissa, na Índia.

Continentes de Ocorrência

África, América do Norte, América do Sul, Ásia, Austrália/Oceania

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Olive Ridley Sea Turtle." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 2 Apr. 2017. Web. 8 Apr. 2017.
  • Olive Ridley Sea Turtle fact file on ARKive.
  • Abreu-Grobois, A & Plotkin, P. (IUCN SSC Marine Turtle Specialist Group). 2008. Lepidochelys olivacea. The IUCN Red List of Threatened Species 2008: e.T11534A3292503.

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Répteis

Conheça mais espécies de Répteis selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.