Píton-reticulada

Fotografia por Thai National Parks, CC BY-SA

Local da foto: Parque Nacional de Kaeng Krachan, Tailândia

 NIKON D800 (NIKON CORPORATION)
Distância Focal: 90mm  •  Abertura: f/14.0  •  Tempo de Exposição: 1/250s  •  ISO: 320
Data em que a foto foi tirada: 09/07/2015
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Píton-reticulada

Python reticulatus
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Reptilia
Ordem Squamata
Família Pythonidae
Gênero Python
Nome Científico Python reticulatus(Schneider, 1801)
Nome Inglês Reticulated Python
Estado de Conservação NE  - Não Avaliada pela IUCN

Descrição

A píton-reticulada é uma grande espécie de serpente não peçonhenta da família Pythonidae e a serpente mais longa do mundo.

A píton-reticulada tem um padrão geométrico complexo que incorpora uma série de cores diferentes. Uma série de formas irregulares de diamante são posicionadas dorsalmente ao longo das costas, geralmente flanqueadas com marcas menores que no centro têm uma cor clara. Na ampla área de ocorrência desta espécie, geralmente ocorre muita variação de tamanho, cor e marcas.

A píton-reticulada é uma serpente extremamente grande e geralmente tem entre 3 e 6,5 m de comprimento. No geral, indivíduos com mais de 6 m são raros, mas podem ocorrer. As fêmeas são maiores do que os machos.

Biologia

A píton-reticulada tem uma reputação de ser agressiva. É uma espécie relativamente não social, como a maioria das serpentes, e prefere ser solitária. É uma excelente nadadora e já foi relatada distante no mar, e tem colonizado muitas pequenas ilhas dentro da sua área de ocorrência.

Como todas as pítons, a píton-reticulada é uma caçadora de emboscada, geralmente esperando a presa passar dentro da sua área de alcance para então atacar, enrolando-se na presa e matando-a por constrição. É uma espécie estritamente carnívora e sua dieta é composta de mamíferos e, ocasionalmente aves. A píton-reticulada, como todos os répteis, tem uma baixa taxa metabólica, o que permite que ela fique sem se alimentar por longos períodos de tempo.

A píton-reticulada é ovípara e geralmente reproduz entre os meses de setembro e março. A fêmea coloca uma ninhada de 15 a 80 ovos que são maternalmente incubados durante 80 a 90 dias a uma temperatura de 31 a 32°C. Os ovos são grandes, com peso acima de 250 g. A fêmea mostra cuidado materno apenas durante a incubação dos ovos, os quais são devidamente protegidos contra predadores. Após a eclosão dos ovos, os filhotes são totalmente independentes. Esta espécie atinge a maturidade sexual entre 2 e 4 anos de idade.

Habitat

A píton-reticulada habita florestas tropicais, bosques e pradarias próximas. É uma espécie fortemente associada com a água, sendo encontrada em rios, córregos e lagos.

Distribuição

A píton-reticulada é encontrada no sudeste da Ásia. Ela ocorre desde as Ilhas Nicobar, nordeste da Índia, Bangladesh, Mianmar, Tailândia, Laos, Camboja, Vietnã, Malásia e Singapura, à leste pela Indonésia e Arquipélago Indo-Australiano, e nas Filipinas.

Continentes de Ocorrência

Ásia

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Reticulated Python." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 30 Mar 2017. Web. 30 Mar 2017.

Mais Espécies de Répteis

Conheça mais espécies de Répteis selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.