Camaleão-de-jackson

Fotografia por Patrick Randall, CC BY-NC-SA

 NIKON D7000 (NIKON CORPORATION)
Distância Focal: 105mm  •  Abertura: f/5.6  •  Tempo de Exposição: 1/200s  •  ISO: 400
Data em que a foto foi tirada: 17/01/2014
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Camaleão-de-jackson

Trioceros jacksonii
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Reptilia
Ordem Squamata
Família Chamaeleonidae
Gênero Trioceros
Nome Científico Trioceros jacksonii(Boulenger, 1896)
Nome Inglês Jackson's Chameleon, Jackson's Three-horned Chameleon
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2014)

Descrição

O camaleão-de-jackson é uma espécie de camaleão de médio porte da família Chamaeleonidae, facilmente reconhecido pelos três chifres anelados do macho. Existem três subespécies de camaleão-de-jackson: o camaleão-de-jackson padrão (Chamaeleo jacksonii jacksonii), o camaleão-de-jackson-de-crista-amarela (Chamaeleo jacksonii xantholophus), e o camaleão-de-jackson-anão (Chamaeleo jacksonii merumontanus).

O camaleão-de-jackson tem, em média, entre 15 e 35 cm de comprimento e geralmente apresenta vários tons de verde, mas pode mudar sua cor para cores escuras e até mesmo preto quando se sente ameaçado. Esta espécie apresenta dimorfismo sexual. O macho tem três chifres salientes longos e pontudos na cabeça. Estes chifres são ausentes ou pouco desenvolvidos na fêmea. A parte de trás da cabeça apresenta uma pequena crista e existem pequenos espinhos ao longo da linha vertebral. Como outros camaleões, o camaleão-de-jackson tem pés e mãos adaptados para viver em árvores, e uma cauda preênsil.

A característica mais reconhecível de todos os camaleões, são seus olhos. A pupila é a única parte visível. Cada olho gira 180 graus e é independente um do outro. Os camaleões têm, extraordinariamente, um forte controle sobre a curvatura de suas lentes e realmente podem ampliar uma imagem.

Biologia

Camaleões-de-jackson machos são territoriais e lutam usando seus chifres, que também podem ser usados para atrair as fêmeas. Para se protegerem de predadores como aves, serpentes, musaranhos e lagartos, os camaleões ficam imóveis e mantêm uma coloração monótona.

A dieta do camaleão-de-jackson consiste principalmente de insetos e aranhas. Usando seus olhos de forma independente, o camaleão-de-jackson se mantém imóvel e espera até que uma presa atravesse seu caminho. Quando uma presa é avistada, ambos os olhos se convergem e balançam um pouco para melhorar a sua visão e para confirmar a distância da presa. A presa é capturada pela projeção da língua, que tem uma ponta carnuda coberta de saliva pegajosa. A presa então é levada até a boca, é mastigada e engolida. A língua tem uma vez e meia o comprimento do corpo do animal.

O camaleão-de-jackson obtém água lambendo as gotas de água sobre as folhas.

O camaleão-de-jackson tem um ritual de acasalamento que imita seu ritual de ameaça. O macho inicia uma exibição de ameaça para a fêmea, que inclui mudança de cor, pescoço inflado e pernas dianteiras levantadas em direção ao oponente. A fêmea tem então duas escolhas. Ela pode fazer gestos ameaçadores para o macho, caso ela não queira acasalar. Se quiser acasalar, ela faz gestos ameaçadores fracos ou nenhum gesto, momento em que o macho reconhece a vontade da fêmea.

A maioria dos camaleões são ovíparos, mas o camaleão-de-jackson dá à luz filhotes vivos. Após um período de gestação de cerca de 190 dias, nascem de 8 a 30 filhotes vivos. Os filhotes geralmente nascem na parte da manhã, com cerca de 5,5 cm de comprimento, pesando cerca de 0,6 g. Os jovens atingem a maturidade sexual com a idade de 9 a 10 meses. O camaleão-de-jackson pode viver até 8 anos em cativeiro.

Habitat

O camaleão-de-jackson vive em encostas de montanhas frias e úmidas, com florestas, matas e chuvas significativas, em altitudes acima de 3.000 m. Ele precisa da cobertura da vegetação para se esconder de predadores e prefere viver em árvores. Raramente desce ao chão, exceto para colocar ovos ou acasalar.

Distribuição

O camaleão-de-jackson ocorre no leste da África, mais especificamente no Quênia e Tanzânia.

Continentes de Ocorrência

África

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Jackson's Chameleon." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 19 Mar. 2017. Web. 5 Apr. 2017.
  • Kundinger, H. 2001. "Chamaeleo jacksonii" (On-line), Animal Diversity Web.
  • Jackson's Chameleon Care Sheet.
  • Tolley, K. 2014. Trioceros jacksonii. The IUCN Red List of Threatened Species 2014: e.T172531A1344462.

Mais Espécies de Répteis

Conheça mais espécies de Répteis selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.