Basilisco-verde

Fotografia por Francesco Veronesi, CC BY-SA

Local da foto: Sarapiquí, Costa Rica

 Canon EOS-1D Mark IV (Canon)
Distância Focal: 500mm  •  Abertura: f/5.6  •  Tempo de Exposição: 1/200s  •  ISO: 1600
Data em que a foto foi tirada: 27/03/2016
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Basilisco-verde

Basiliscus plumifrons
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Reptilia
Ordem Squamata
Família Corytophanidae
Gênero Basiliscus
Nome Científico Basiliscus plumifronsCope, 1876
Nome Inglês Green Basilisk, Plumed Basilisk, Jesus Christ Lizard
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2013)

Descrição

O basilisco-verde é uma espécie de lagarto da família Corytophanidae. Os lagartos do gênero Basiliscus, são conhecidos também pelo nome de largartos-jesus-cristo por causa da sua capacidade de correr sobre a água por distâncias significativas antes de mergulharem na água.

O basilisco-verde geralmente tem uma coloração verde brilhante, mas ele também pode ter uma coloração verde-escura e verde-azulada. Do pescoço até a base da cauda existe uma fileira de manchas azuladas, amarelas ou brancas. Nos flancos existe uma segunda fileira dessas manchas. O ventre é amarelo. O macho tem três cristas: uma na cabeça, uma ao longo do dorso, e uma na cauda. A fêmea, no entanto, tem apenas uma crista na cabeça.

O basilisco-verde tem entre 70 e 75 cm de comprimento total, mas pode crescer até 100 cm, sendo que a maior parte desse comprimento é a cauda.

Biologia

O basilisco-verde é uma espécie diurna, semiaquática e semiarborícola. Sua dieta é onívora e ele se alimenta de insetos, rãs, peixes, lagartos menores, flores e frutos.

O basilisco-verde tem a capacidade de correr curtas distâncias sobre a superfície da água, com uma velocidade de até aproximadamente 11 km/h. Isto, graças as suas longas pernas traseiras, dedos largos e longos e sua longa cauda, que é usada para apoiá-lo. Quando a velocidade diminui, ele afunda na água. Ele também é um excelente nadador, capaz de ficar submerso por até 30 minutos.

Os machos são muito territoriais e um único macho pode manter um território contendo um grande grupo de fêmeas com as quais ele acasala. A fêmea coloca entre 5 e 15 ovos na areia quente e úmida ou no solo em uma cavidade autoescavada. A ninhada de ovos é coberta com substrato. Os ovos eclodem depois de um período de 55 a 105 dias, onde nascem filhotes totalmente independentes pesando cerca de 3 g.

Habitat

O basilisco-verde habita florestas tropicais densas e sombrias perto de rios e córregos, principalmente em árvores, cipós, bromélias, orquídeas e samambaias.

Distribuição

O basilisco-verde ocorre do leste de Honduras, pela Nicarágua e Costa Rica, até o oeste do Panamá.

Continentes de Ocorrência

América do Norte

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Plumed Basilisk." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 01 Fev 2017. Web. 06 Abr 2017.
  • Wilson, L.D., Townsend, J.H. & Lamar, W. 2013. Basiliscus plumifrons. The IUCN Red List of Threatened Species 2013: e.T203046A2759302.
  • World Association of Zoos and Aquariums (WAZA).

Mais Espécies de Répteis

Conheça mais espécies de Répteis selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.