Tubarão-raposa-pelágico

Fotografia por Klaus Stiefel, CC BY-NC

Local da foto: Cebu, Filipinas

 Canon EOS 5D Mark II (Canon)
Distância Focal: 40mm  •  Abertura: f/6.3  •  Tempo de Exposição: 1/100s  •  ISO: 1600
Data em que a foto foi tirada: 29/01/2015
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Tubarão-raposa-pelágico

Alopias pelagicus
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Chondrichthyes
Ordem Lamniformes
Família Alopiidae
Gênero Alopias
Nome Científico Alopias pelagicusNakamura, 1935
Nome Inglês Pelagic Thresher Shark
Estado de Conservação VU  - Vulnerável (IUCN / 2009)

Descrição

O tubarão-raposa-pelágico é uma das espécies de tubarão-raposa da família Alopiidae; esse grupo de tubarões é caracterizado pelos lóbulos superiores muito alongados de suas nadadeiras caudais.

O tubarão-raposa-pelágico tem um corpo fusiforme (largo no meio e afunilado nas extremidades) e um lóbulo superior da nadadeira caudal muito delgado, quase tão longo quanto o corpo do tubarão. As nadadeiras peitorais são longas e retas com extremidades grandes e arredondadas. A primeira nadadeira dorsal está situada quase no meio entre as nadadeiras peitorais e pélvicas, e é de tamanho comparável às nadadeiras pélvicas, A segunda nadadeira dorsal e anal são pequenas. A cabeça é estreita com um focinho curto e cônico. Os olhos são muito grandes nos jovens e diminuem de tamanho com a idade. O corpo é coberto com dentículos cutâneos lisos e muito pequenos. A coloração do tubarão-raposa-pelágico é azul-escura intensa na parte superior do corpo e branca na parte inferior; o branco não se estende acima das nadadeiras peitorais. O pigmento escuro acima das nadadeiras peitorais, as extremidades das nadadeiras peitorais arredondadas, e a ausência de sulcos labiais diferenciam essa espécie do tubarão-raposa-comum (Alopias vulpinus).

O tubarão-raposa-pelágico é a menor das espécies de tubarão-raposa, com média de 3 m de comprimento e 69,5 kg de peso, e geralmente não excede 3,3 m e 88,4 kg. Machos e fêmeas atingem comprimentos máximos conhecidos de 3,5 m e 3,8 m, respectivamente.

Biologia

O tubarão-raposa-pelágico é um nadador forte e ativo e é conhecido por saltar fora da água. Pouco se sabe sobre os hábitos alimentares dessa espécie. Sua cauda bastante delgada e fina dentição sugerem uma dieta exclusiva de presas pelágicas pequenas. Como em outras espécies de tubarão-raposa, o tubarão-raposa-pelágico pode nadar em círculos para conduzir cardumes de presas em uma massa compacta, antes de golpeá-las severamente com o lóbulo superior de sua cauda para atordoá-las.

O tubarão-raposa-pelágico é uma espécie ovovivípara. Ele dá à luz dois filhotes por vez (raramente apenas um), um por útero. Sem época de reprodução definida, a maioria das fêmeas estão grávidas durante todo o ano; o período de gestação é incerto, mas é sugerido ser inferior a um ano, como no tubarão-raposa-comum. Os embriões em desenvolvimento são sustentados por uma saco vitelino até que estejam com 12 cm de comprimento. Depois, são alimentados com cápsulas de ovos produzidos pela mãe. Cada cápsula mede cerca de 55 mm de comprimento e 12 mm de diâmetro, e contém de 20 a 30 óvulos. Embriões em fase inicial têm dentes especializados para abrir as cápsulas, enquanto embriões em fase posterior tem dentes ocultos e engolem as cápsulas inteiras. Não há evidência de canibalismo entre irmãos como ocorre com o tubarão-tigre-da-areia (Carcharias taurus). Os filhotes do tubarão-raposa-pelágico nascem extraordinariamente grandes, com até 1,6 m de comprimento ou 43% do comprimento da mãe, o que provavelmente reduz a predação sobre os recém-nascidos. As fêmeas atingem a maturidade quando atingem 2,8 a 2,9 m de comprimento e 8 a 9 anos de idade, enquanto os machos atingem a maturidade quando atingem 2,7 a 2,8 m de comprimento e 7 a 8 anos de idade.

Habitat

O tubarão-raposa-pelágico habita principalmente o oceano aberto, ocorrendo desde a superfície até uma profundidade de pelo menos 150 m. No entanto, ocasionalmente ele chega perto da costa em regiões com uma estreita plataforma continental, e tem sido observado próximo de declives de recifes de corais ou montanhas submarinas no Mar Vermelho e no Golfo da Califórnia, e na costa da Indonésia e Micronésia.

Distribuição

O tubarão-raposa-pelágico ocorre amplamente no Indo-Pacífico, com registros dispersos desde a África do Sul, Mar Vermelho e Mar da Arábia (costa da Somália, entre Omã e Índia, e costa do Paquistão), até a China, sudeste do Japão, noroeste da Austrália, Nova Caledônia, e Taiti, até o Arquipélago do Havaí, Golfo da Califórnia, e Ilhas Galápagos. A população do norte do Pacífico se desloca para o norte durante os quentes anos do El Niño.

Continentes de Ocorrência

África, América do Norte, América do Sul, Ásia, Austrália/Oceania

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Pelagic Thresher." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 9 Nov. 2016. Web. 8 Apr. 2017.
  • Reardon, M., Márquez, F., Trejo, T. & Clarke, S.C. 2009. Alopias pelagicus. The IUCN Red List of Threatened Species 2009: e.T161597A5460720.

Mais Espécies de Peixes

Conheça mais espécies de Peixes selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.