Peixe-sol-oceânico

Fotografia por Mark Rosenstein, CC BY-NC-SA

Local da foto: Komodo, Indonésia

  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Peixe-sol-oceânico

Mola mola
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Actinopterygii
Ordem Tetraodontiformes
Família Molidae
Gênero Mola
Nome Científico Mola mola(Linnaeus, 1758)
Nome Inglês Ocean Sunfish, Common Mola
Estado de Conservação VU  - Vulnerável (IUCN / 2015)

Descrição

O peixe-sol-oceânico, conhecido também como mola-comum, é uma grande espécie de peixe marinho da família Molidae e o peixe ósseo mais pesado do mundo. A família Molidae possui cinco espécies em três gêneros e todas são conhecidas genericamente como peixe-lua.

O peixe-sol-oceânico tem um corpo grande e achatado lateralmente, dando-lhe um formato oval longo, quando visto de frente. Ele não tem cauda, e a sua nadadeira caudal é reduzida a uma estrutura parecida com um remo, chamada clavus. As nadadeiras peitorais são pequenas e tem formato de leque, enquanto as nadadeiras dorsal e anal são alongadas, situadas na parte posterior do seu corpo, e são usadas como remos quando está nadando.

O peixe-sol-oceânico não tem escamas, ao invés disso, tem uma pele elástica e resistente coberta de muco. Ao contrário de outros peixes também, ele tem menos vértebras, não tem tecido ósseo no esqueleto, e não possui nadadeiras pélvicas e bexiga natatória. A boca do peixe-sol-oceânico é pequena, e seus dentes são fundidos em conjunto para formar um "bico". O peixe-sol-oceânico tende a ter uma coloração acastanhada azulada ao cinza, muitas vezes com um brilho ligeiramente iridescente, e pode também apresentar diferentes padrões na pele.

O peixe-sol-oceânico tem, em média, 180 cm de comprimento, 250 cm de comprimento de nadadeira a nadadeira e peso entre 247 e 1.000 kg. No entanto, grandes espécimes podem chegar a 330 cm de comprimento, 420 cm de comprimento de nadadeira a nadadeira e pesar até 2.300 kg.

Biologia

O peixe-sol-oceânico se alimenta principalmente de água-viva, e sua dieta também inclui uma variedade de outras presas, incluindo crustáceos, moluscos, lulas, pequenos peixes e larvas de enguias de águas profundas. O comportamento frequentemente observado de "se aquecer ao sol", em que o peixe-sol-oceânico nada de lado na superfície do oceano, provavelmente está ligado aos mergulhos profundos que ele faz periodicamente durante todo o dia, em busca de presas. Esse aquecimento pode ser uma forma de termorregulação, permitindo ao peixe-sol-oceânico se aquecer depois de fazer incursões em águas mais frias. No entanto, outras explicações para esse comportamento peculiar, incluem doença, ou eventualmente o "convite" de peixes limpadores ou aves, para a remoção de parasitas. Conhecido por abrigar muitos parasitas, pelo menos 40 gêneros diferentes foram registrados usando o peixe-sol-oceânico como hospedeiro, e crustáceos também foram encontrados fixados na pele e brânquias de muitos indivíduos.

O peixe-sol-oceânico geralmente é solitário, mas pode ser encontrado em grupos quando estão sendo limpados por outros peixes. Ele usa as suas nadadeiras dorsal e anal como principal meio de locomoção, movimentando-as de forma sincronizada para impulsioná-lo na água, o que lhe permite também nadar de lado.

A biologia e comportamento reprodutivo do peixe-sol-oceânico são pouco conhecidos. No entanto, sabe-se que a fêmea carrega um número extraordinário de ovos, com uma única fêmea capaz de produzir até 300 milhões de ovos de uma só vez, o maior número de ovos já registrados em um vertebrado. Onde e quando o peixe-sol-oceânico desova não é bem conhecido, embora cinco possíveis áreas foram identificadas no Atlântico Norte e Atlântico Sul, no Pacífico Norte e Pacífico Sul, e no Oceano Índico. Os filhotes recém-nascidos têm cerca de 0,25 cm de comprimento, e aumentarão sua massa mais de 60 milhões de vezes até atingirem o tamanho adulto de 300 cm.

Habitat

O peixe-sol-oceânico passa toda a sua vida no oceano aberto e, relativamente, pouco se sabe sobre a sua ecologia. O peixe-sol-oceânico é avistado com frequência à deriva na superfície, e é provável que passa a maior parte do seu tempo em águas próximas da superfície. A visão atual é que o peixe-sol-oceânico habita as camadas mais quentes da água durante a noite, em profundidades de 40 a 150 m. O peixe-sol-oceânico também já foi registrado em profundidades de até 500 m abaixo da superfície.

Distribuição

O peixe-sol-oceânico é encontrado nas águas tropicais, subtropicais e temperadas dos oceanos Atlântico, Pacífico e Índico.

Continentes de Ocorrência

África, América do Norte, América do Sul, Ásia, Austrália/Oceania, Europa

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Ocean Sunfish." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 23 Mar. 2017. Web. 1 Apr. 2017.
  • Sunfish fact file on ARKive.
  • Griffin, B. 2011. "Mola mola" (On-line), Animal Diversity Web.
  • Liu, J., Zapfe, G., Shao, K.-T., Leis, J.L., Matsuura, K., Hardy, G., Liu, M., Robertson, R. & Tyler, J. 2015. Mola mola. (errata version published in 2016) The IUCN Red List of Threatened Species 2015: e.T190422A97667070.

Mais Espécies de Peixes

Conheça mais espécies de Peixes selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.