Peixe-palhaço-marrom

Fotografia por Nick Hobgood, CC BY-SA

Local da foto: Timor Leste

 C-8080 WZ (OLYMPUS CORPORATION)
Distância Focal: 23mm  •  Abertura: f/3.5  •  Tempo de Exposição: 1/1000s  •  ISO: 50
Data em que a foto foi tirada: 02/04/2005
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Peixe-palhaço-marrom

Premnas biaculeatus
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Actinopterygii
Ordem Perciformes
Família Pomacentridae
Gênero Premnas
Nome Científico Premnas biaculeatus(Bloch, 1790)
Nome Inglês Maroon Clownfish, Spine-cheek Clownfish, Spine-cheeked Clownfish, Maroon Anemonefish, Spine-cheek Anemonefish, Spine-cheeked Anemonefish
Estado de Conservação NE  - Não Avaliada pela IUCN

Descrição

O peixe-palhaço-marrom, conhecido também como peixe-palhaço-de-bochecha-espinhosa, é o único membro do gênero Premmas e pertence à família Pomacentridae. Os peixes-palhaços são conhecidos também como peixes-das-anêmonas.

O peixe-palhaço-marrom é uma das espécies de peixe-palhaço mais fáceis de ser identificada. A característica que define esse gênero é o espinho na bochecha. A cor do corpo e das faixas varia de acordo com o sexo e a localização geográfica. Apesar do nome comum (peixe-palhaço-marrom), apenas algumas fêmeas têm um corpo marrom, com escala de cor até a marrom-escura. Os machos e os juvenis têm uma coloração vermelha alaranjada brilhante, que escurece nos peixes que mudam para fêmea, variando da marrom a marrom-escura. O peixe tem três faixas no corpo que podem ser brancas, cinza ou amarelas, sendo que as faixas das fêmeas são mais estreitas. As fêmeas que têm faixas cinza podem mudar a cor das faixas para branca se o peixe for provocado.

O peixe-palhaço-marrom apresenta significativa diferença de tamanho. As fêmeas crescem até 17 cm de comprimento. Os machos, muito menores, geralmente têm entre 6 e 7 cm de comprimento. A hierarquia de dominância baseada em tamanho significa que em qualquer grupo de peixes-palhaços a fêmea sempre é maior do que o macho.

Biologia

A dieta do peixe-palhaço-marrom consiste principalmente de pequenos zooplânctons, como copépodes e larvas de tunicados.

Como todos os peixes-palhaços, o peixe-palhaço-marrom forma um mutualismo simbiótico com anêmonas-do-mar, e ele não é afetado pelos tentáculos urticantes da anêmona hospedeira. A anêmona se beneficia da presença do peixe-palhaço e o peixe-palhaço se beneficia vivendo com a anêmona. A relação entre o peixe-palhaço e sua anêmona hospedeira não é aleatória, mas é altamente aninhada na estrutura. O peixe-palhaço-marrom é hospedado apenas pela anêmona-do-mar-de-pontas-de-bolha (Entacmaea quadricolor).

O peixe-palhaço-marrom tem um sistema de acasalamento monogâmico e os casais permanecem juntos por vários anos. A fêmea dominante é a maior e tem um parceiro, que é o próximo maior macho dentro da anêmona. O crescimento de outros peixes-palhaços na mesma anêmona é retardado pela presença de um macho e fêmea dominantes, que os mantêm menores do que o macho dominante. Quando um dos indivíduos dominantes morre, um subordinado cresce e substitui o indivíduo morto. Por exemplo, se o macho dominante morre, o segundo maior macho irá substituí-lo e continuará crescendo até o seu tamanho máximo.

Como outras espécies de peixe-palhaço, o peixe-palhaço-marrom é uma espécie hermafrodita protândrica, ou seja, pode mudar de sexo. As fêmeas têm gônadas que funcionam como ovários com sobras de tecido testicular masculino. Os machos dessa espécie podem ter metade do tamanho das fêmeas e suas gônadas possuem células de ovário adormecidas, bem como testículos funcionais.

Antes da desova, o macho encontra e prepara um ninho para os ovos. Ele limpa a área removendo os detritos e algas. Geralmente a fêmea se junta a ele na tarefa. Durante a incubação, o macho guarda e cuida do ninho, afastando eventuais predadores que se alimentam de ovos, como os bodiões. Na natureza, o peixe-palhaço-marrom pode viver entre 6 e 10 anos e cerca de 3 a 5 anos em cativeiro, em boas condições.

Habitat

O peixe-palhaço-marrom habita recifes, águas costeiras protegidas e lagoas, em profundidades abaixo de 50 m.

Distribuição

O peixe-palhaço-marrom é encontrado no Indo-Pacífico, incluindo as costas da Índia, Mianmar, Tailândia, Malásia, Indonésia, Filipinas, Nova Guiné, Nova Inglaterra, Ilhas Salomão, Vanuatu e norte de Queensland, na Austrália.

Continentes de Ocorrência

Ásia, Austrália/Oceania

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Maroon Clownfish." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 5 Apr. 2017. Web. 5 Apr. 2017.
  • Higuera, J. 2006. "Premnas biaculeatus" (On-line), Animal Diversity Web.
  • Allen, G.R., 1991. Damselfishes of the world. Mergus Publishers, Melle, Germany. 271 p. FishBase.org

Mais Espécies de Peixes

Conheça mais espécies de Peixes selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.