Peixe-palhaço-dorso-de-sela

Fotografia por Mark Rosenstein, CC BY-NC-SA

Local da foto: Celebes do Sudeste, Indonésia

  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Peixe-palhaço-dorso-de-sela

Amphiprion polymnus
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Actinopterygii
Ordem Perciformes
Família Pomacentridae
Gênero Amphiprion
Nome Científico Amphiprion polymnus(Linnaeus, 1758)
Nome Inglês Saddleback Clownfish, Saddleback Anemonefish
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2017)

Descrição

O peixe-palhaço-dorso-de-sela é uma espécie de peixe marinho da família Pomacentridae. Os peixes-palhaços são conhecidos também como peixes-das-anêmonas.

O corpo do peixe-palhaço-dorso-de-sela tem formato oval, é comprimido lateralmente e tem um perfil arredondado. A cor do corpo varia da marrom-escura a laranja amarelada. Possui duas ou três faixas brancas no corpo. A faixa branca da cabeça é grossa e está localizada logo atrás dos olhos. Uma grande faixa branca inclinada ou com formato de sela no meio do corpo do peixe torna bastante óbvia a origem do nome comum dessa espécie. Em alguns espécimes, tipicamente aqueles inicialmente associados com a anêmona-do-mar-de-couro (Heteractis crispa), o formato da sela pode se estender até a nadadeira dorsal do peixe com uma terceira faixa branca localizada sobre o pedúnculo caudal. A borda externa das nadadeiras caudal e anal é sublinhada com uma linha branca. O focinho e as nadadeiras peitorais podem ter qualquer variação de cor amarela alaranjada a laranja acastanhada. Essa espécie é parecida com o peixe-palhaço-sebae (Amphiprion sebae), mas o peixe-palhaço-sebae tem a cauda amarela.

O peixe-palhaço-dorso-de-sela pode crescer até 13 cm de comprimento. Em qualquer espécie de peixe-palhaço, a fêmea é sempre maior do que o macho, mas nessa espécie o macho tem quase o mesmo tamanho da fêmea.

Biologia

Como todos os peixes-palhaços, o peixe-palhaço-dorso-de-sela forma um mutualismo simbiótico com anêmonas-do-mar, e não é afetado pelos tentáculos urticantes da anêmona hospedeira. A anêmona se beneficia da presença do peixe-palhaço e o peixe-palhaço se beneficia vivendo com a anêmona. A relação entre o peixe-palhaço e sua anêmona hospedeira não é aleatória, mas é altamente aninhada na estrutura. O peixe-palhaço-dorso-de-sela é hospedado apenas por duas espécies de anêmonas: anêmona-do-mar-de-couro (Heteractis crispa) e anêmona-do-mar-de-contas (Heteractis aurora).

O peixe-palhaço-dorso-de-sela é onívoro e sua dieta é baseada em zooplâncton, pequenos crustáceos bentônicos e algas.

Uma espécie diurna, o peixe-palhaço-dorso-de-sela é agressivamente territorial e depende da sua anêmona hospedeira para se abrigar e para nidificar. Ele também pode defender a anêmona de alguns peixes de recife que poderiam comer os tentáculos. As duas espécies de anêmonas que abrigam o peixe-palhaço-dorso-de-sela são conhecidas por se enterrarem na areia em situações de estresse, deixando o peixe vulnerável à predação. É sugerido que o tamanho do macho (que é quase igual ao da fêmea) é uma adaptação para permitir que ele fuja de predadores nadando rapidamente na coluna de água ou cobrindo uma distância relativamente longa para se abrigar em corais.

O peixe-palhaço-dorso-de-sela é um hermafrodita sequencial com uma hierarquia de dominância baseada em tamanho: a fêmea é a maior, o macho reprodutor é o segundo maior, e os machos não reprodutores são progressivamente menores conforme a hierarquia desce. A espécie apresenta protandria, ou seja, o macho reprodutor se torna fêmea se a única fêmea reprodutora morrer, e o maior macho não reprodutor se torna o macho reprodutor. É uma espécie ovípara e os ovos são demersais e aderem ao substrato. O macho protege e areja os ovos.

Habitat

O peixe-palhaço-dorso-de-sela habita lagoas e áreas abrigadas em profundidades entre 2 e 30 m.

Distribuição

O peixe-palhaço-dorso-de-sela ocorre no centro do Indo-Pacífico, em uma região conhecida como Triângulo de Coral, das Filipinas até a Indonésia e Nova Guiné. Ocorre também no norte da Austrália, Melanésia e até as ilhas Ryukyu no sul do Japão.

Continentes de Ocorrência

Ásia, Austrália/Oceania

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Jenkins, A., Allen, G., Myers, R., Yeeting, B. & Carpenter, K.E. 2017. Amphiprion polymnus. The IUCN Red List of Threatened Species 2017: e.T188579A1896440. Acessado em 1 Dec 2017.
  • Wikipedia contributors. "Saddleback Clownfish." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 28 Nov  2017. Web. 1 Dez 2017.
  • Allen, G.R., 1991. Damselfishes of the world. Mergus Publishers, Melle, Germany. 271 p.

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Peixes

Conheça mais espécies de Peixes selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.