Peixe-palhaço-cangambá

Fotografia por Krokozavr, CC BY-NC

Local da foto: Província de Krabi, Tailândia

  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Peixe-palhaço-cangambá

Amphiprion akallopisos
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Actinopterygii
Ordem Perciformes
Família Pomacentridae
Gênero Amphiprion
Nome Científico Amphiprion akallopisos(Bleeker, 1853)
Nome Inglês Skunk Clownfish, Western Skunk Clownfish, Skunk Anemonefish, Western Skunk Anemonefish
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2017)

Descrição

O peixe-palhaço-cangambá, conhecido também como peixe-palhaço-cangambá-ocidental, é uma espécie de peixe marinho da família Pomacentridae. O termo "cangambá" em seu nome comum é derivado da distinta listra branca que percorre o comprimento do seu dorso, lembrando os mamíferos do gênero Mephitidae, conhecidos como cangambás, que têm uma listra branca percorrendo todo o comprimento dorsal. Os peixes-palhaços são conhecidos também como peixes-das-anêmonas.

A cor do corpo do peixe-palhaço-cangambá é laranja-clara, com uma tendência a ser mais rosa do que laranja. Uma listra dorsal branca e fina se estende do focinho até o pedúnculo caudal. A espécie pode atingir 11 cm de comprimento.

O peixe-palhaço-cangambá é parecido com o peixe-palhaço-cangambá-laranja (Amphiprion sandaracinos), mas o peixe-palhaço-cangambá tem uma listra dorsal mais fina que não atinge o lábio superior, e a coloração do corpo é laranja mais pálida, com uma tendência a ser mais rosa do que laranja.

Biologia

Como todos os peixes-palhaços, o peixe-palhaço-cangambá forma um mutualismo simbiótico com anêmonas-do-mar, e ele não é afetado pelos tentáculos urticantes da anêmona hospedeira. A anêmona se beneficia da presença do peixe-palhaço e o peixe-palhaço se beneficia vivendo com a anêmona. A relação entre o peixe-palhaço e sua anêmona hospedeira não é aleatória, mas é altamente aninhada na estrutura. O peixe-palhaço-cangambá é hospedado pela anêmona-do-mar-magnífica (Heteractis magnifica) e anêmona-do-mar-tapete-de-mertens (Stichodactyla mertensii).

O peixe-palhaço-cangambá é uma espécie monogâmica, onde apenas dois representantes de um grupo podem reproduzir. Existe uma forte hierarquia no grupo, com a maior fêmea sendo dominante. Apenas o maior macho se reproduz com a fêmea dominante. Todos os peixes-palhaços nascem com órgãos reprodutores masculino ativos e órgãos reprodutores feminino adormecidos, ou seja, todos eles começam a vida como machos. Se a fêmea dominante morre, o maior macho se transforma em fêmea, e um macho não dominante toma o seu lugar como o novo macho dominante. Este processo, conhecido como "hermafroditismo protândrico", permite ao grupo de peixes-palhaços permanecer autossuficiente, pois quando a fêmea dominante morre o macho não precisa procurar uma nova companheira.

O peixe-palhaço-cangambá é uma espécie ovípara. Os ovos são demersais e aderem ao substrato. O macho protege e areja os ovos em desenvolvimento enquanto estão ligados ao substrato nos arredores da anêmona hospedeira.

Habitat

O peixe-palhaço-cangambá é encontrado em habitats costeiros de recifes rasos, muitas vezes em zonas de fortes correntes, em profundidades entre aproximadamente 3 e 25 m.

Distribuição

O peixe-palhaço-cangambá ocorre no Oceano Índico, do leste da África até Bali (incluindo Ilhas Comores, Madagascar, Seychelles e Sri Lanka), e ao norte até Socotra e Ilhas Andamão.

Continentes de Ocorrência

África, Ásia

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Myers, R., Rocha, L.A. & Allen, G. 2017. Amphiprion akallopisos. The IUCN Red List of Threatened Species 2017: e.T188538A1889747. Acessado em 16 Jun 2018.
  • Wikipedia contributors. "Amphiprion akallopisos." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 22 Mar 2018. Web. 16 Jun 2018.
  • Allen, G.R., 1986. Pomacentridae. p. 670-682. In M.M. Smith and P.C. Heemstra (eds.) Smiths' sea fishes. Springer-Verlag, Berlin.

Mais Espécies de Peixes

Conheça mais espécies de Peixes selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.