Peixe-leão-vermelho

Fotografia por Dave Kuehn, CC BY-NC

Local da foto: Bahamas

 NIKON D200 (NIKON CORPORATION)
Distância Focal: 17mm  •  Abertura: f/5.6  •  Tempo de Exposição: 1/320s  •  ISO: 125
Data em que a foto foi tirada: 31/10/2011
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Peixe-leão-vermelho

Pterois volitans
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Actinopterygii
Ordem Scorpaeniformes
Família Scorpaenidae
Gênero Pterois
Nome Científico Pterois volitans(Linnaeus, 1758)
Nome Inglês Red Lionfish
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2016)

Descrição

O peixe-leão-vermelho é um peixe de recife de coral peçonhento da família Scorpaenidae.

Um peixe de aparência marcante, o peixe-leão-vermelho tem faixas distintas de listras vermelhas e brancas, e nadadeiras visivelmente alongadas. As listras vermelhas e brancas são intercaladas com listras ou faixas avermelhadas, marrom dourado e marrom/preto, alternando contra um fundo branco amarelado pálido.

As longas nadadeiras peitorais e dorsais do peixe-leão-vermelho são transparentes e cobertas em fileiras de manchas escuras. As nadadeiras pélvicas são pretas com várias manchas brancas. Características abas carnosas ao redor da face e os numerosos espinhos salientes na cabeça variam em tamanho e forma, mas geralmente são longos nos juvenis e parecidos com folhas nos adultos. O peixe-leão-vermelho pode crescer até 38 cm de comprimento.

Biologia

O peixe-leão-vermelho se alimenta de uma grande variedade de peixes pequenos, camarões e caranguejos. Ele caça principalmente à noite, perseguindo, emboscando e encurralando sua presa antes de rapidamente a engolir inteira.

Apesar do peixe-leão-vermelho geralmente ser encontrado sozinho fora da época de reprodução, durante o namoro o macho se agrega com várias fêmeas para formar grupos de três a oitos peixes executando um conjunto complexo de comportamentos de corte e acasalamento. A elaborada exibição de corte é feita pelo macho e inclui circular, seguir e conduzir a fêmea, bem como usar seus muitos espinhos em uma exibição territorial com machos concorrentes.

A fêmea do peixe-leão-vermelho libera dois grupos de ovos cheios de muco, cada um contendo entre 2.000 e 15.000 ovos, que são fertilizados externamente pelo macho. O muco adesivo que liga os dois grupos de ovos dissolve depois de alguns dias, liberando os ovos na água e permitindo que eles se desenvolvam como larvas planctônicas flutuantes. A dispersão do peixe-leão-vermelho ocorre durante essa fase larval pelágica, durante a qual as larvas podem viajar grandes distâncias na água.

O peixe-leão-vermelho tem glândulas de veneno posicionadas na base da maior parte dos espinhos. Usados para intimidar predadores e facilitar a captura de presas, os espinhos são revestidos por um invólucro com dois sulcos que contêm tecidos que produzem veneno. Quando os espinhos entram na pele de uma presa ou de um potencial predador, o revestimento ao redor dos espinhos é pressionado e o tecido libera um veneno potente no ferimento. O veneno do peixe-leão-vermelho contém uma neurotoxina que reduz a transmissão dos sinais químicos para os músculos, afetando também o sistema cardiovascular.

Habitat

O peixe-leão-vermelho habita lagoas, áreas costeiras turvas, recifes de coral e recifes rochosos. Ele tende a planar ao longo de rochas e corais durante a noite e se esconde em cavernas e fendas durante o dia.

Distribuição

O peixe-leão-vermelho é nativo do Oceano Pacífico Ocidental, do sul do Japão e Coreia do Sul, em toda a Indonésia, Micronésia e Polinésia Francesa até a Ilha de Lord Howe, costa leste da Austrália e as Ilhas Kermadec da Nova Zelândia. No Oceano Pacífico Sul, o peixe-leão-vermelho é encontrado da Austrália Ocidental até Marquesas e Oeno, nas Ilhas Pitcairn.

O peixe-leão-vermelho foi acidentalmente introduzido no Oceano Atlântico Ocidental e se tornou uma espécie invasiva por lá. Como não existem predadores para o peixe-leão-vermelho, muitas organizações promovem a captura dessa espécie em um grande esforço para evitar o aumento da densidade populacional, que já é elevada.

Continentes de Ocorrência

América do Norte, Ásia, Austrália/Oceania

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Red Lionfish." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 19 Feb. 2017. Web. 31 Mar. 2017.
  • Red Lionfish fact file on ARKive.
  • Wood, M. 2001. "Pterois volitans" (On-line), Animal Diversity Web.
  • Motomura, H. & Matsuura, K. 2016. Pterois volitans. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T190468A78940195.

Mais Espécies de Peixes

Conheça mais espécies de Peixes selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.