Barracuda-gigante

Fotografia por Mark Rosenstein, CC BY-NC-SA

Local da foto: Ilhas Cayman, Caribe

 Canon EOS 7D (Canon)
Distância Focal: 48mm  •  Abertura: f/8.0  •  Tempo de Exposição: 1/125s  •  ISO: 400
Data em que a foto foi tirada: 23/07/2012
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Barracuda-gigante

Sphyraena barracuda
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Actinopterygii
Ordem Perciformes
Família Sphyraenidae
Gênero Sphyraena
Nome Científico Sphyraena barracuda(Edwards in Catesby, 1771)
Nome Inglês Giant Barracuda, Great Barracuda
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2015)

Descrição

A barracuda-gigante, conhecida também como barracuda-grande, é uma grande espécie de peixe marinho da família Sphyraenidae.

A barracuda-gigante é um peixe alongado com mandíbulas poderosas. A mandíbula inferior da sua grande boca se projeta além da mandíbula superior. As barracudas têm dentes fortes, parecidos com presas, e com tamanhos diferentes posicionados na base das mandíbulas e no céu da boca. A cabeça é grande e pontuda. A tampa das guelras não tem espinhos e é coberta com pequenas escamas. As duas nadadeiras dorsais são bem separadas, sendo que a primeira tem cinco espinhos e a segunda tem um espinho e nove raias moles. A segunda nadadeira dorsal é igual à nadadeira anal em tamanho e situa-se mais ou menos acima dela. A linha lateral é proeminente e se estende em linha reta da cabeça até a cauda. A espinhosa nadadeira dorsal está situada acima da pélvis.

A barracuda-gigante tem uma coloração castanho acinzentada na parte superior e prateada na parte inferior, muitas vezes, com manchas escuras nos lados do corpo. Os jovens têm faixas transversais escuras em suas costas e manchas nos lados do corpo. Os jovens também têm uma nadadeira dorsal mole e as nadadeiras dorsal e anal podem ser escuras. A barracuda-gigante tem, em média, 60 a 100 cm de comprimento e peso entre 2,5 e 9 kg. Espécimes excepcionalmente grandes podem exceder 150 cm e chegar aos 200 cm de comprimento, com peso entre 23 e 50 kg.

Biologia

A barracuda-gigante é um predador voraz que conta com o elemento surpresa e curtas rajadas de velocidade (até 43 km/h) para atacar suas presas. Sua dieta é composta quase que totalmente de peixes de todos os tipos.

Quando adulta, a barracuda-gigante geralmente é solitária, especialmente à noite. Jovens e adultos podem ser observados viajando em cardumes durante o dia.

Ainda não está claro sobre o momento e local de desova da barracuda-gigante. Algumas pesquisas relatam que elas desovam na primavera. Outras afirmam que ela desova em associação com determinadas fases da lua. Outras ainda afirmam que a barracuda-gigante desova durante todo o ano, com exceção dos meses de inverno. É possível que a barracuda-gigante apresente diferentes padrões de desova em diferentes áreas do mundo.

A barracuda-gigante não cuida dos seus ovos fertilizados. Eles são deixados à deriva no oceano. Quando ela vai desovar, ela entra em águas rasas, como estuários, por exemplo. As larvas eclodem e procuram áreas de convivência rasas nas margens de estuários de água clara. Quando as larvas atingem aproximadamente 80 mm de comprimento, elas se deslocam para águas adjacentes mais profundas. Quando atingem cerca de 300 mm de comprimento, elas se mudam para águas abertas e, eventualmente, elas saem completamente dos estuários com cerca de 500 mm de comprimento.

Como os tubarões, algumas espécies de barracuda podem ser perigosas para mergulhadores. A barracuda é necrófaga e pode confundir mergulhadores com predadores maiores, seguindo-os na esperança de comer os restos de suas presas. Há relatos de mergulhadores mordidos por barracudas, mas esses incidentes são raros e, possivelmente, causados por má visibilidade.

Habitat

A barracuda-gigante vive dentro e ao redor das bordas de recifes de coral. Ela tende a evitar água salobra, a menos que ela esteja se preparando para a desova. Essa espécie tem preferência por águas com temperaturas entre 23 e 27°C, mas já foi encontrada em águas muito mais frias.

Distribuição

A barracuda-gigante é encontrada em quase todos os mares quentes. Ela ocorre nas regiões tropicais do Indo-Pacífico e do Atlântico, ausente apenas do Pacífico Oriental.

Continentes de Ocorrência

África, América do Norte, América do Sul, Ásia, Austrália/Oceania

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Great Barracuda." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 7 Nov. 2016. Web. 7 Apr. 2017.
  • Fuller, B. 2000. "Sphyraena barracuda" (On-line), Animal Diversity Web.
  • Aiken, K.A., Dooley, J., Marechal, J., Pina Amargos, F., Russell, B. & Singh-Renton, S. 2015. Sphyraena barracuda. The IUCN Red List of Threatened Species 2015: e.T190399A15603115.

Mais Espécies de Peixes

Conheça mais espécies de Peixes selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.