Tigre

Fotografia por Cloudtail, CC BY-NC-ND

Local da foto: Zoológico de Zurique, Suíça

 Canon EOS 7D (Canon)
Distância Focal: 300mm  •  Abertura: f/2.8  •  Tempo de Exposição: 1/1600s  •  ISO: 400
Data em que a foto foi tirada: 23/03/2013
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Tigre

Panthera tigris
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Carnivora
Família Felidae
Gênero Panthera
Nome Científico Panthera tigris(Linnaeus, 1758)
Nome Inglês Tiger
Estado de Conservação EN  - Em Perigo (IUCN / 2015)

Descrição

O tigre é uma espécie de mamífero da família Felidae, o maior dos quatro Grandes Felinos do gênero Panthera e o maior felino do mundo. É o único felino listrado, e tem uma distinta pelagem de cor laranja avermelhada ao amarelo ocre, com um ventre branco e manchas pretas. As características listras verticais pretas em sua pelagem variam em largura, comprimento e espaçamento, e podem ser listras simples ou duplas. O padrão e distribuição das listras é único para cada tigre, e não existe dois tigres com o mesmo padrão de listras.

O peito, garganta e focinho do tigre, bem como o interior de seus membros são brancos ou creme na cor, e geralmente existe uma área branca acima do olho que se estende para as bochechas. A mancha branca também pode estar presente na parte de trás das orelhas. O tigre macho geralmente tem uma juba de pelos visível na cabeça. A longa cauda é anelada com faixas escuras.

Como outros grandes felinos, o tigre é um predador formidável. Ele é excepcionalmente bem adaptado para caçar grandes presas, com membros anteriores curtos e bem musculosos, e garras longas, afiadas e retráteis. Ele também tem um corpo longo e delgado, um pescoço curto, grosso e longo, ombros fortes para capturar e dominar grandes presas. O crânio é curto, aumentando a força que pode ser exercida pelas poderosas mandíbulas, permitindo que o tigre dê mordidas esmagadoras em suas presas.

O tigre tem entre 2,4 e 3,4 m de comprimento total (entre 1,5 e 2,3 m de comprimento cabeça-corpo, mais uma cauda adicional que varia entre 0,9 e 1,10 m de comprimento). Seu peso varia entre 75 e 325 kg.

Biologia

O tigre é um animal predominantemente solitário, passando a maior parte do ano vivendo e caçando sozinho. Geralmente, o tigre ocupa e defende um território contra invasores do mesmo sexo. O tigre macho tem um território maior, que sobrepõe os territórios de várias fêmeas, com as quais ele acasala. O tigre marca seu território com urina e arranhões em árvores, arbustos e paredes rochosas. Os excrementos e arranhões também são deixados ao longo de trilhas e em locais bem visíveis por todo o território para avisar a outros tigres que a área está ocupada.

A marcação de cheiro permite que o tigre se comunique com outros indivíduos dentro da sua área, e fornece informações sobre a sua identidade, sexo e condição reprodutiva. Durante o cio, a fêmea avisa o macho que está pronta para reproduzir vocalizando com mais frequência e aumentando as marcações de cheiro.

O acasalamento ocorre durante todo o ano e a fêmea dá à luz uma ninhada de 1 a 5 filhotes após um período de 4 meses de gestação. Os filhotes nascem em uma toca, que pode ser uma fenda de rocha, caverna, matagal ou uma depressão rasa na grama densa. Ao nascer, os filhotes são pequenos, cegos, indefesos e totalmente dependentes do leite da fêmea, mas, eles crescem rapidamente aumentando quase quatro vezes em tamanho durante o primeiro mês. Os filhotes aprendem a caçar e matar a partir de cerca de 6 meses de idade, mas continuam a depender da fêmea por pelo menos 15 meses. Após este período, eles se dispersam para encontrar o seu próprio território. O tigre atinge a maturidade sexual entre 3 e 5 anos de idade, mas pode demorar mais tempo para estabelecer um território e começar a reprodução.

O tigre é um predador que segue e embosca a sua presa, e sua pelagem listrada fornece uma excelente camuflagem na vegetação alta e na floresta. A caça ocorre principalmente à noite, e suas principais presas consistem de cervos e porcos selvagens, mas o tigre preda uma variedade de outros animais e também come carniça. O tigre é capaz de abater presas muito maiores do que ele próprio, incluindo búfalos-da-água, pequenos elefantes e rinocerontes. Ao contrário de outros felinos, o tigre é um excelente nadador, entrando com facilidade na água, e é encontrado com frequência deitado e semisubmerso em rios e lagos no calor do meio-dia.

Habitat

O tigre ocorre em uma ampla variedade de habitats, desde florestas tropicais até selvas com vegetação alta, incluindo florestas de coníferas, manguezais e florestas espinhosas secas. Ocorre em uma variedade de altitudes e já foi encontrado a até 4.500 m no Butão.

Distribuição

Historicamente, o tigre era encontrado por toda a Ásia, desde a Turquia no oeste até a costa leste da Rússia. Ao longo dos últimos 100 anos, o tigre desapareceu do sudoeste da Ásia, da Ásia central, das ilhas de Java e Bali na Indonésia, e de grandes áreas do sudeste e leste da Ásia.

O tigre perdeu mais de 93% da sua área de ocorrência histórica. Atualmente, o tigre sobrevive em populações dispersas e fragmentadas em 13 países asiáticos: Bangladesh, Butão, Camboja, China, Índia, Indonésia, Laos, Malásia, Mianmar, Nepal, Rússia, Tailândia e Vietnã.

Ameaças

O comércio ilegal de produtos de alto valor do tigre, incluindo pele, ossos, carne e tônicos é uma ameaça primária para os tigres, que levou ao seu desaparecimento recente de grandes áreas de seu habitat e continua em um ritmo insustentável.

A Ásia é uma região densamente povoada e que está se desenvolvendo rapidamente, trazendo enormes pressões para grandes áreas selvagens necessárias para as populações de tigres. A conversão de áreas de florestas para a agricultura e silvicultura, exploração comercial e assentamentos humanos são as principais causas da perda de habitat do tigre. Com suas necessidades alimentares substanciais, o tigre precisa de uma base de presas saudáveis de grandes ungulados, mas estas espécies também estão sob forte pressão de caça e competição de animais domésticos.

Os ataques do tigre ao gado e ao ser humano podem levar à intolerância de tigres por comunidades vizinhas dos seus habitats, e é um desafio constante para os gestores conseguir apoio local para a conservação do tigre.

Subespécies

Originalmente, 9 subespécies de tigre foram descritas (3 subespécies foram extintas):

  • tigre-de-bengala (Panthera tigris tigris)
  • tigre-siberiano (Panthera tigris altaica)
  • tigre-de-sumatra (Panthera tigris sumatrae)
  • tigre-do-sul-da-china (Panthera tigris amoyensis)
  • tigre-da-indochina (Panthera tigris corbetti)
  • tigre-malaio (Panthera tigris jacksoni)
  • tigre-de-bali (Panthera tigris balica) - EXTINTO
  • tigre-de-java (Panthera tigris sondaica) - EXTINTO
  • tigre-de-cáspio (Panthera tigris virgata) - EXTINTO

Em 2017, o Grupo de Especialistas em Felinos da IUCN (Cat Specialist Group) revisou a taxonomia do tigre baseado em estudos recentes e agora reconhece duas subespécies:

  • Panthera tigris tigris - subespécie de tigre da Ásia Continental (incluindo as antigas subespécies Panthera tigris altaica, Panthera tigris amoyensis, Panthera tigris corbetti, Panthera tigris jacksoni, Panthera tigris virgata e Panthera tigris tigris).
  • Panthera tigris sondaica - subespécie de tigre das ilhas de Sonda (incluindo as antigas subespécies Panthera tigris balica, Panthera tigris sondaica e Panthera tigris sumatrae).

Continentes de Ocorrência

Ásia

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Tiger." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 28 Mar 2017. Web. 28 Mar 2017.
  • Tiger fact file on ARKive.
  • Goodrich, J., Lynam, A., Miquelle, D., Wibisono, H., Kawanishi, K., Pattanavibool, A., Htun, S., Tempa, T., Karki, J., Jhala, Y. & Karanth, U. 2015. Panthera tigris. The IUCN Red List of Threatened Species 2015: e.T15955A50659951.
  • Cat Specialist Group. Acessado em 26 Jan 2018.

Mais Espécies de Mamíferos

Conheça mais espécies de Mamíferos selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.