Texugo-americano

Fotografia por Lynn Chamberlain / Utah Division of Wildlife Resources, CC BY

Local da foto: Utah, Estados Unidos

 Canon EOS 20D (Canon)
Distância Focal: 28mm  •  Abertura: f/8.0  •  Tempo de Exposição: 1/640s  •  ISO: 200
Data em que a foto foi tirada: 25/04/2005
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Texugo-americano

Taxidea taxus
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Carnivora
Família Mustelidae
Gênero Taxidea
Nome Científico Taxidea taxus(Schreber, 1777)
Nome Inglês American Badger
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2016)

Descrição

O texugo-americano é um mamífero relativamente grande da família Mustelidae.

O texugo-americano tem um corpo robusto e achatado, pescoço grosso, pernas curtas e robustas. Sua cauda é curta e espessa de cor marrom/amarelada. Seu pelo é macio e sua pele é resistente e solta, especialmente ao redor dos ombros, peito e dorso, o que lhe permite virar em espaços pequenos. A pelagem da superfície superior do texugo-americano pode variar do marrom/amarelo ao cinza/prata, com uma listra branca que vai do nariz até um ponto variável no pescoço ou dorso, dependendo da subespécie. A parte inferior também varia do creme-claro ao castanho amarelado. O texugo-americano tem um padrão facial distinto que é principalmente marrom, além de duas áreas brancas na face e uma mancha triangular na frente de cada orelha. O pescoço, queixo e peito são esbranquiçados. A parte de trás das pequenas orelhas arredondadas são pretas.

As patas dianteiras do texugo-americano são maiores do que as patas traseiras e têm garras maiores e curvadas para trás, que são usadas para cavar, enquanto as patas traseiras têm garras curtas. Todas as patas têm cinco dedos e são pretas ou castanho-escuras.

O texugo-americano tem entre 52 e 87,5 cm de comprimento (da cabeça até a cauda), com a cauda medindo cerca de 10 a 15 cm de comprimento. O peso varia entre 4 e 12 kg. A fêmea do texugo-americano é menor do que o macho, embora ambos os sexos sejam semelhantes na aparência.

Biologia

O texugo-americano é um animal solitário, ativo principalmente à noite, e tende a ser inativo durante os meses de inverno. É um excelente escavador e pode criar túneis pelo solo rapidamente. Suas tocas são construídas principalmente para encontrar presas, mas também são usadas para dormir. Uma toca típica pode estar cerca de 3 m abaixo do solo, com cerca de 10 m de túneis e uma câmara mais larga para dormir.

Um animal oportunista, o texugo-americano tem uma dieta altamente variável, consistindo principalmente de pequenos roedores, como esquilos, ratos, coelhos, marmotas e cães-das-pradarias. Aves e seus ovos, assim como répteis, anfíbios e insetos, também fazem parte da sua dieta. O texugo-americano é conhecido por se juntar ao coiote (Canis latrans) para caçar com ele.

O texugo-americano é uma espécie polígama e o acasalamento ocorre no verão e início do outono. O período de gestação é de cerca de sete meses. A fêmea dá à luz uma ninhada de 1 a 5 filhotes cegos e ligeiramente peludos entre março e abril, em um ninho subterrâneo cheio de grama. Os filhotes começam a abrir os olhos depois de quatro semanas e são totalmente desmamados após 6 a 8 semanas. Durante este período os filhotes raramente saem da toca, exceto quando a fêmea muda de toca. Os filhotes permanecem com a fêmea até o outono, logo depois eles se dispersam.

O texugo-americano não hiberna, ao invés disso, reduz a sua atividade acima do solo entrando em um estado de torpor em épocas de mau tempo, sobrevivendo com reservas de gordura quando as presas estão escassas. Se as presas estão limitadas, as fêmeas prenhas sustentam os fetos em crescimento e a si mesma com a gordura armazenada.

Habitat

O habitat do texugo-americano é altamente variável. Regiões relativamente secas, abertas e com pouca vegetação, como planícies, pradarias, pastagens secas e desertos frios, são preferidas pelo animal. Algumas populações do texugo-americano habitam áreas montanhosas em altitudes de até 3.600 m.

Distribuição

A área de ocorrência do texugo-americano se estende do sul do Canadá até o México, incluindo o norte, oeste e centro dos Estados Unidos. Cada subespécie é encontrada em uma região diferente: Taxidea taxus berlandieri é encontrada no sul dos Estados Unidos e México; Taxidea taxus taxus é encontrada das Grandes Planícies dos Estados Unidos até as pradarias do Canadá; Taxidea taxus jeffersoni é encontrada no oeste dos Estados Unidos e sul da Colúmbia Britânica; e a Taxidea taxus jacksoni é encontrada no centro-norte dos Estados Unidos e sul de Ontário, Canadá.

Continentes de Ocorrência

América do Norte

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "American Badger." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 31 Mar. 2017. Web. 5 Apr. 2017.
  • American Badger fact file on ARKive.
  • Shefferly, N. 1999. "Taxidea taxus" (On-line), Animal Diversity Web.
  • Helgen, K. & Reid, F. 2016. Taxidea taxus. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T41663A45215410.

Mais Espécies de Mamíferos

Conheça mais espécies de Mamíferos selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.