Lobo-da-etiópia

Fotografia por Kalyan Varma, CC BY-NC-SA

Local da foto: Etiópia

 NIKON D4 (NIKON CORPORATION)
Distância Focal: 400mm  •  Abertura: f/4.0  •  Tempo de Exposição: 1/1250s  •  ISO: 200
Data em que a foto foi tirada: 27/05/2012
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Lobo-da-etiópia

Canis simensis
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Carnivora
Família Canidae
Gênero Canis
Nome Científico Canis simensisRüppell, 1840
Nome Inglês Ethiopian Wolf, Abyssinian Wolf, Simien Fox, Simien Jackal, Ethiopian Jackal
Estado de Conservação EN  - Em Perigo (IUCN / 2011)

Descrição

O lobo-da-etiópia, conhecido também como lobo-da-abissínia, é uma espécie de mamífero da família Canidae, um dos canídeo mais raros do mundo e um dos carnívoros mais ameaçados da África.

Em geral, é semelhante ao coiote (Canis latrans) em forma e tamanho, e tem caracteristicamente pernas longas, um focinho longo e pontudo. A pelagem é de uma cor vermelha brilhante acastanhada, as partes inferiores, queixo, peito e o interior das orelhas pontudas são brancas, e a cauda peluda é preta. As fêmeas tornam-se mais amareladas durante a época de reprodução, e os juvenis têm uma pelagem cinza-escura. O focinho estreito e os pequenos dentes amplamente espaçados são adaptações que ajudam o animal a lidar com presas pequenas.

Os machos tendem a ser aproximadamente 20% maiores do que as fêmeas. Os adultos têm entre 84 e 100 cm de comprimento (cabeça-corpo), mais uma cauda de 27 a 40 cm de comprimento. Machos adultos pesam entre 14 e 20 kg, enquanto as fêmeas pesam entre 11 e 14 kg.

Biologia

O lobo-da-etiópia é um animal social que vive em grupos familiares contendo até 20 indivíduos com mais de um ano de idade, embora alcateias de 6 lobos sejam mais comuns. Espécies endêmicas da região afro-alpina como o rato-toupeira-de-cabeça-grande (Tachyoryctes macrocephalus) e outras espécies de roedores dessa região compõem a maior parte da dieta desses lobos. Os adultos se reúnem para patrulhar e marcar o território ao amanhecer e entardecer repelindo qualquer intruso, e descansam juntos durante a noite. Entre os membros do grupo existem fortes laços sociais, os quais se cumprimentam com entusiamo. Lobos machos raramente se dispersam, enquanto que muitas fêmeas deixam sua alcateia natal na maturidade para buscarem uma oportunidade de reprodução em outros lugares, ocasionalmente "flutuando" entre áreas da alcateia estabelecida.

A fêmea dominante de cada alcateia dá à luz, entre outubro e novembro, uma ninhada de 2 a 6 filhotes após um período de gestação de 60 a 62 dias. Os filhotes passam suas três primeiras semanas de vida dentro de uma toca. A maioria dos acasalamentos ocorrem com machos de grupos vizinhos, a fim de evitar a consanguinidade. Outros membros da alcateia ajudam a guardar a toca contra possíveis predadores. Eles também regurgitam o alimento para os filhotes nos primeiros quatro meses de suas vidas.

Habitat

O lobo da Etiópia utiliza todos os habitats afro-alpinos, mas tem uma preferência por áreas abertas contendo herbáceas curtas e comunidades campestres habitadas por roedores, que são mais abundantes ao longo das áreas planas ou levemente inclinadas com drenagem fraca e solos profundos.

Distribuição

Como o próprio nome sugere, esse lobo é endêmico das montanhas da Etiópia entre 3.000 e 4.377 m acima do nível do mar. A distribuição atual da espécie está limitada a sete cadeias de montanhas isoladas com altitudes que variam de 3.000 a 4.500 m, com a população total adulta estimada entre 360 e 440 espécimes, sendo que a maior população é encontrada no Parque Nacional das Montanhas Bale.

Ameaças

O lobo-da-etiópia foi reduzido a algumas cadeias de montanhas, devido a pressões no seu habitat, em especial a conversão para agricultura. Como as populações tornaram-se cada vez mais isoladas pela fragmentação do seu habitat, a probabilidade de extinções locais aumentou. A raiva e a cinomose transmitidas de cães-domésticos para os lobos, e a hibridação resultante do cruzamento com cães-domésticos ainda ameaçam a sobrevivência da espécie.

Subespécies

  • Canis simensis simensis
  • Canis simensis citernii

Continentes de Ocorrência

África

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Ethiopian Wolf." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 8 Mar. 2017. Web. 28 Mar. 2017.
  • Ethiopian Wolf fact file on ARKive.
  • Marino, J. & Sillero-Zubiri, C. 2011. Canis simensis. The IUCN Red List of Threatened Species 2011: e.T3748A10051312.

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Mamíferos

Conheça mais espécies de Mamíferos selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.