Gazela-de-waller

Fotografia por Peter Steward, CC BY-NC

Local da foto: Parque Nacional de Tsavo Oriental, Quênia

 Canon EOS 550D (Canon)
Distância Focal: 247mm  •  Abertura: f/8.0  •  Tempo de Exposição: 1/1000s  •  ISO: 400
Data em que a foto foi tirada: 27/01/2013
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Gazela-de-waller

Litocranius walleri
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Cetartiodactyla
Família Bovidae
Gênero Litocranius
Nome Científico Litocranius walleri(Brooke, 1879)
Nome Inglês Waller’s Gazelle, Giraffe Gazelle, Gerenuk
Estado de Conservação NT  - Quase Ameaçada (IUCN / 2016)

Descrição

A gazela-de-waller, conhecida também como gazela-girafa, é uma espécie de antílope de pescoço longo da família Bovidae. Um dos seus nome em inglês, Gerenuk, significa "pescoço de girafa" na língua Somali.

A pelagem da gazela-de-waller é lisa. A partes dorsais são marrom avermelhadas e os lados do corpo são mais claros, têm uma coloração marrom amarelada a bege amarelada. A parte ventral e a parte interna das pernas têm uma coloração creme/esbranquiçada. Os olhos e a boca são cercados por pelos brancos. As fêmeas têm uma mancha preta na coroa. Os chifres, presentes apenas nos machos, têm formato de "S", e são curvados para trás e, depois, ligeiramente curvados para a frente. Os chifres têm entre 25 e 44 cm de comprimento.

A gazela-de-waller é um antílope notavelmente alto e delgado. O pescoço e os membros são longos e finos, a cabeça é plana e tem formato de cunha, e as orelhas são grandes e arredondadas. A gazela-de-waller têm entre 1,4 e 1,6 m de comprimento (cabeça-corpo). Os machos têm um peso que varia entre 31 e 52 kg e as fêmeas pesam entre 28 e 45 kg. A cauda, que termina em um tufo preto, tem entre 25 e 35 cm de comprimento.

Biologia

A gazela-de-waller é um animal diurno, mas permanece ou descansa na sombra durante o meio-dia. O forrageamento e a alimentação são as principais atividades ao longo do dia. As fêmeas passam mais tempo se alimentando.

A dieta da gazela-de-waller é composta de folhas, brotos, ervas, flores e frutas. Ela pode alcançar galhos e ramos que estão fora do alcance da maioria das outras espécies de antílopes, ao se levantar sobre suas pernas traseiras e alongar o pescoço, alcançado quase 2 m acima do solo. As espécies do gênero Acacia são consumidas sempre que disponíveis, enquanto a vegetação perene compõe sua dieta durante a seca. A sua boca pontuda auxilia na extração de folhas da vegetação espinhosa.

A gazela-de-waller não tem a necessidade de beber água regularmente, uma grande vantagem em seu habitat semiárido, pois ela não precisa viajar longas distâncias em busca de água. Acredita-se que ela obtém a maior parte da umidade que ela precisa através da sua dieta.

A estrutura social da gazela-de-waller consiste de pequenos grupos de 2 a 6 membros. Os grupos geralmente são compostos de membros de um único sexo, mas grupos de fêmeas também têm juvenis. Alguns machos levam uma vida solitária. Os machos marcam seus territórios com secreções das glândulas de cheiro situadas abaixo dos olhos. Eles são estritamente territoriais e defendem seus territórios afastando qualquer macho intruso. Lutas entre machos podem ocorrer.

A gazela-de-waller reproduz durante todo o ano. As fêmeas atingem a maturidade sexual em torno de 1 ano de idade, e os machos atingem a maturidade sexual com 1 ano e meio de idade, mas na natureza eles só têm sucesso depois de conquistarem um território (talvez 3 anos e meio). O período de gestação é de cerca de 7 meses e o filhote nasce pesando cerca de 3 kg. O filhote recém-nascido permanece bem escondido na vegetação e se junta a sua mãe somente após algumas semanas.

A gazela-de-waller pode viver 13 anos ou mais em cativeiro, e pelo menos 8 anos na natureza. Os principais predadores da gazela-de-waller incluem: cão-selvagem-africano (Lycaon pictus), guepardo (Acinonyx jubatus), leao (Panthera leo), leopardo-africano (Panthera pardus pardus) e hienas.

Habitat

A gazela-de-waller habita regiões de arbustos semiáridas. Ela evita bosques densos e áreas muito abertas dominadas por gramíneas, preferindo cobertura lenhosa, particularmente arbustos.

Distribuição

A gazela-de-waller ocorre no Chifre da África, do sul do Djibouti, Somália e Etiópia, ao sul pelo Quênia até o nordeste da Tanzânia.

Continentes de Ocorrência

África

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Gerenuk." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 19 Mar. 2017. Web. 8 Apr. 2017.
  • Gerenuk fact file on ARKive.
  • IUCN SSC Antelope Specialist Group. 2016. Litocranius walleri. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T12142A50190292.

Mais Espécies de Mamíferos

Conheça mais espécies de Mamíferos selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.