Gato-dourado-africano

Fotografia por Laila Bahaa-el-din / Panthera, CC BY-NC-SA

Local da foto: Gabão

  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Gato-dourado-africano

Caracal aurata
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Carnivora
Família Felidae
Gênero Caracal
Nome Científico Caracal aurata(Temminck, 1827)
Nome Inglês African Golden Cat
Estado de Conservação VU  - Vulnerável (IUCN / 2015)

Descrição

O gato-dourado-africano é uma espécie de mamífero da família Felidae e um felino selvagem pouco conhecido pela ciência.

A pelagem do gato-dourado-africano tem cor variável, geralmente variando do canela ou marrom avermelhado ao cinza, apesar de existir também indivíduos com melanismo (totalmente pretos). Ele pode ser pintado, com manchas que variam do castanho desbotado ao preto intenso, ou pode ser totalmente sem pintas ou manchas. A parte inferior e as áreas ao redor dos olhos, bochechas, queixo e garganta geralmente são mais claras e podem ser quase brancas. Sua cauda é escura na parte superior e pode ter faixas intensas, claras ou ser totalmente sem faixas, embora sempre termine em uma ponta preta. Os gatos-dourados-africanos da parte ocidental da sua área de ocorrência tendem a ter manchas mais intensas do que os espécimes da parte oriental.

O gato-dourado-africano é cerca de duas vezes o tamanho de um gato-doméstico (Felis catus). Sua cabeça arredondada é muito pequena em relação ao tamanho do seu corpo. Ele é um felino robusto, com pernas longas e encorpadas, e patas grandes. O comprimento do corpo geralmente varia entre 61 e 101 cm (cabeça-corpo), e sua cauda tem entre 38 e 55 cm de comprimento. O peso deste felino varia entre 5,5 e 16 kg, e os machos são maiores do que as fêmeas.

No geral, o gato-dourado-africano lembra o caracal (Caracal caracal), mas tem as orelhas mais curtas e sem tufos nas pontas, uma cauda mais longa, e uma face mais curta e mais arredondada.

Biologia

Pouco se sabe sobre a biologia do gato-dourado-africano, que tem uma reputação feroz entre a população local. Ele é um caçador terrestre que tem sido visto caçando durante o dia, mas com base na atividade de sua presa preferida, é mais provável que seja crepuscular e noturno. Ele se alimenta principalmente de pequenos mamíferos, como ratos e híraxes, e aves que são depenadas antes de comer. Ele também captura macacos, e sua mandíbula forte e longa lhe permite enfrentar duikers (um pequeno antílope africano). O gato-dourado-africano também é conhecido por invadir galinheiros e matar ovelhas e cabras domésticas.

O gato-dourado-africano é um animal solitário, e como outros felinos, é provável que mantenha seu território com marcação de cheiro e excrementos.

O conhecimento dos hábitos de reprodução do gato-dourado-africano é baseado em espécimes em cativeiro. A fêmea dá à luz um ou dois filhotes, após um período de gestação de 75 dias. Os filhotes pesam entre 180 e 235 g, mas crescem e se desenvolvem rapidamente em comparação com outras espécies de pequenos felinos. Os filhotes abrem os olhos depois de uma semana do nascimento, e são desmamados entre 6 e 8 semanas. As fêmeas atingem a maturidade sexual aos 11 meses de idade, e os machos aos 18 meses de idade. Em cativeiro, esta espécie pode viver até 12 anos, mas o seu tempo de vida na natureza é desconhecido.

Habitat

O gato-dourado-africano habita florestas tropicais a partir do nível do mar até 3.000 m de altitude. Este felino prefere florestas densas e úmidas, com bastante vegetação rasteira, e é encontrado com frequência perto de rios. Ele pode ser encontrado também em florestas de nuvens, florestas de bambu e em habitats de pântanos altos.

Distribuição

O gato-dourado-africano é um felino endêmico das florestas da África Equatorial. Ele ocorre em Angola, Burundi, Camarões, República Centro-Africana, Congo, República Democrática do Congo, Costa do Marfim, Guiné Equatorial, Gabão, Gana, Guiné, Quênia, Libéria, Nigéria, Ruanda, Senegal, Serra Leoa, Sudão do Sul e Uganda.

Ameaças

A perda de habitat é uma grande ameaça para o gato-dourado-africano. O desmatamento tem destruído o habitat deste felino, impulsionando o declínio de espécies de presas em grande parte da sua área de ocorrência. Uma outra ameaça vem do comércio de carne de caça, que está presente em grande parte na economia da região, e está esgotando a população da presa base do gato-dourado-africano. Este felino também pode ser capturado acidentalmente em armadilhas de laço, destinadas à captura de outras espécies de animais.

Subespécies

  • Caracal aurata aurata - ocorre na África Central e Oriental.
  • Caracal aurata celidogaster - ocorre na África Central a oeste do rio Congo.

Continentes de Ocorrência

África

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "African Golden Cat." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 12 Jan. 2017. Web. 28 Mar. 2017.
  • African Golden Cat fact file on ARKive.
  • Bahaa-el-din, L., Mills, D., Hunter, L. & Henschel, P. 2015. Caracal aurata. The IUCN Red List of Threatened Species 2015: e.T18306A50663128.
  • Cat Specialist Group. Acessado em 06 Jan 2018.

Mais Espécies de Mamíferos

Conheça mais espécies de Mamíferos selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.