Coiote

Fotografia por JanetandPhil, CC BY-NC-ND

Local da foto: Illinois, Estados Unidos

 NIKON D800 (NIKON CORPORATION)
Distância Focal: 600mm  •  Abertura: f/4.0  •  Tempo de Exposição: 1/2000s  •  ISO: 400
Data em que a foto foi tirada: 28/02/2015
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Coiote

Canis latrans
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Carnivora
Família Canidae
Gênero Canis
Nome Científico Canis latransSay, 1823
Nome Inglês Coyote, American Jackal, Prairie Wolf
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2008)

Descrição

Famoso pelo seu uivo noturno, o coiote, conhecido também como chacal-americano ou lobo-das-pradarias, é uma espécie de mamífero da família Canidae e um dos predadores mais adaptáveis da América do Norte. Essa espécie muitas vezes é confundida com o lobo-vermelho, lobo-cinzento (Canis lupus) e o cão-doméstico (Canis lupus familiaris), e a identificação ainda pode ser confusa pelo fato de o coiote poder acasalar e produzir híbridos férteis com essas espécies. No entanto, o coiote "puro" pode ser distinguido pelo seu tamanho geralmente menor, focinho mais estreito, orelhas proporcionalmente mais longas, e corpo mais esguio.

Devido as faixas coloridas nos pelos, a pelagem geralmente é cinzenta amarelada, tornando-se amareladas nas orelhas, pernas e patas, enquanto as partes inferiores são cinza ou brancas. As populações das partes norte da sua área de ocorrência geralmente têm pelo mais longo e mais grosso que pode ser preto acinzentado na parte superior do corpo, enquanto as populações encontradas em regiões de desertos tem pelos curtos e mais amarelados. Alguns indivíduos também podem ter uma coloração castanho-avermelhada, e em casos raros, podem ocorrer animais totalmente pretos.

O coiote tem entre 70 e 97 cm de comprimento, uma cauda adicional de 30 a 41 cm, e peso entre 8 e 22 kg.

Biologia

Apesar de possivelmente ativo a qualquer hora, o coiote geralmente caça durante o início da manhã, no pôr do sol e durante toda a noite. Acreditava-se que os coiotes eram solitários, mas agora sabe-se que muitas vezes formam matilhas e casais reprodutores. Matilhas geralmente são pequenos grupos familiares, compreendendo um casal dominante e descendentes de anos anteriores. Geralmente elas são formadas nas regiões norte no inverno, quando o alimento normalmente são carcaças de ungulados de grande porte, que podem ser compartilhadas entre a matilha e defendida de outros coiotes. Ao perseguir uma presa o coiote pode atingir velocidades de até 65 km/h, tornando-se um dos mamíferos terrestres mais rápidos na América do Norte.

O coiote é um animal oportunista e sua dieta inclui frutas, insetos, peixes, pequenos mamíferos, grandes ungulados, animais domésticos e lixo. Curiosamente, o coiote é conhecido por formar parceria com o texugo-americano (Taxidea taxus), onde os dois animais viajam juntos, utilizando o olfato apurado do coiote para detectar roedores. O texugo então escava a toca onde as presas residem, enquanto o coiote captura qualquer animal que fugir da toca, e os dois predadores compartilham as presas.

Os coiotes reproduzem entre janeiro e março, dependendo da latitude. Casais reprodutores formam fortes laços, e podem permanecer juntos por muitos anos. Depois de um período de gestação de cerca de 63 dias, nascem cerca de seis filhotes, que inicialmente são amamentados em uma toca escavada em um barranco, em uma saliência rochosa ou em um tronco oco. Os filhotes emergem depois de três semanas, e começam a ingerir alimentos sólidos regurgitados, embora o desmame não ocorra até cinco a sete semanas de idade. Se o casal reprodutor faz parte de uma matilha, os indivíduos "ajudantes", que geralmente são descendentes do ano anterior, ajudam na criação dos jovens. Após nove meses os jovens atingem o tamanho adulto e podem permanecer na matilha ou dispersar por longas distâncias. Como apenas o casal dominante na matilha reproduz, os membros da matilha enfrentam a escolha de permanecer na matilha e tentar ganhar o domínio, ou dispersar para encontrar um parceiro. A última opção é arriscada, como transitórios, indivíduos solitários não têm um território e devem cobrir uma grande área em busca de comida e de um companheiro. Coiotes podem viver até 10 anos na natureza e 18 anos em cativeiro.

Habitat

O coiote é uma animal altamente adaptável que utiliza quase todos os habitats disponíveis dentro de sua área de ocorrência, incluindo pradarias, florestas, desertos, montanhas e os ecossistemas tropicais. Essa espécie também explora recursos humanos, o que lhe permite ocupar áreas urbanas.

Distribuição

O coiote é um canídeo encontrado em toda a América do Norte e América Central, desde o Panamá no sul, ao norte pelo México, Estados Unidos e Canadá. Ele ocorre ao norte até o Alasca e nas regiões mais ao norte do Canadá.

Subespécies

  • Canis latrans cagottis
  • Canis latrans clepticus
  • Canis latrans dickeyi
  • Canis latrans frustor
  • Canis latrans goldmani
  • Canis latrans hondurensis
  • Canis latrans impavidus
  • Canis latrans incolatus
  • Canis latrans jamesi
  • Canis latrans latrans
  • Canis latrans lestes
  • Canis latrans mearnsi
  • Canis latrans microdon
  • Canis latrans ochropus
  • Canis latrans peninsulae
  • Canis latrans texensis
  • Canis latrans thamnos
  • Canis latrans umpquensis
  • Canis latrans vigilis

Continentes de Ocorrência

América do Norte

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Coyote." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 26 Mar. 2017. Web. 28 Mar. 2017.
  • Coyote fact file on ARKive.
  • Gese, E.M., Bekoff, M., Andelt,W., Carbyn, L. & Knowlton, F. 2008. Canis latrans. The IUCN Red List of Threatened Species 2008: e.T3745A10056342.

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Mamíferos

Conheça mais espécies de Mamíferos selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.