Caracal

Fotografia por Gmacfadyen, CC BY-NC-ND

Local da foto: Parque Nacional de Serengeti, Tanzânia

 Canon EOS 5D Mark III (Canon)
Distância Focal: 400mm  •  Abertura: f/8.0  •  Tempo de Exposição: 1/1000s  •  ISO: 400
Data em que a foto foi tirada: 21/02/2016
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Caracal

Caracal caracal
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Carnivora
Família Felidae
Gênero Caracal
Nome Científico Caracal caracal(Schreber, 1776)
Nome Inglês Caracal, Desert Lynx
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2016)

Descrição

O caracal é uma espécie de mamífero da família Felidae.

Um felino elegante, o caracal se distingue das espécies do gênero Felis pela presença de um longo tufo na ponta das orelhas, excedendo metade do seu comprimento. Nenhum traço padrão permanece na pelagem, exceto alguns pontos na parte inferior e interior das pernas dianteiras. É um felino delgado de pernas longas e de tamanho médio, com uma cauda relativamente curta. A pelagem no dorso e dos lados geralmente é de uma cor cinza acastanhada, avermelhada ou areia opaca. A barriga e a parte inferior das pernas e peito são esbranquiçadas, com manchas ou pontos com marcas pálidas. Os tufos das orelhas são pretos. Indivíduos totalmente pretos também podem ocorrer. O crânio é alto e arredondado. A mandíbula é curta, robusta e equipada com dentes grandes e poderosos.

Os machos têm entre 75 e 105 cm de comprimento (cabeça-corpo), com uma cauda de 23 a 34 cm de comprimento, e peso entre 8 e 20 kg. As fêmeas são menores, e têm entre 69 e 102 cm de comprimento (cabeça-corpo), com uma cauda de 19,5 a 34 cm de comprimento, e peso entre 7 e 15,9 kg

Biologia

Possuindo velocidade e enorme agilidade, o caracal é um predador formidável capaz de enfrentar presas de duas a três vezes o seu tamanho. Suas longas e poderosas pernas traseiras permitem saltos incríveis de até três metros de altura para capturar aves em pleno voo, golpeando-as com suas grandes patas. No passado, esta habilidade levou o caracal a ser treinado para caçar aves para a realeza persa e indiana. Entre os felinos de seu porte o caracal também é o mais rápido, e usa a sua velocidade para perseguir presas como os híraxes, lebres e pequenos antílopes. Este felino é bem adaptado para a vida em ambientes áridos e necessita de muito pouca água para sobreviver, aparentemente obtendo os suprimentos líquidos necessários de sua comida.

O caracal geralmente é um felino solitário, e mantém territórios que podem variar entre 5 e 48 km² na África do Sul e até 1.116 km² no Oriente Médio. Os machos têm territórios maiores, que normalmente englobam os territórios de várias fêmeas. O caracal parece reproduzir durante todo o ano, apesar do pico de reprodução ser entre outubro e fevereiro, na África do Sul. Após um período de gestação de aproximadamente 68 a 81 dias, a fêmea pode dar à luz até seis filhotes, embora seja mais comum o nascimento de três filhotes. Depois de nove ou dez meses, os filhotes se tornam independentes, e podem viajar grandes distâncias para encontrar seus próprios territórios. O caracal se torna sexualmente maduro em seu primeiro ano de vida, e pode viver até 16 anos em cativeiro.

Habitat

Geralmente encontrado em regiões áridas, o caracal ocupa vários habitats, incluindo florestas, savanas, regiões arbustivas e semidesertos abertos, embora no norte e sul da África, ele também é encontrado em zona de floresta úmida. Dentro destes habitats, o caracal prefere áreas com boa cobertura de vegetação ou rochas.

Distribuição

O caracal tem uma grande área de ocorrência, incluindo grande parte da África, se estendendo pela Península da Arábia e da Anatólia, e pelo sudoeste e centro da Ásia, Cazaquistão e Índia central. Dentro da África, o caracal está ausente apenas do Saara central e áreas de florestas densas em torno da África Ocidental.

Ameaças

Apesar de sua ampla distribuição e população relativamente grande no geral, em certas partes da sua área de ocorrência, o caracal é considerado raro e ameaçado. Como o caracal é capaz de predar pequenos animais domésticos, muitas vezes ele é considerado um animal problemático em toda a sua área de ocorrência. No norte da África, Arábia, Ásia central, Irã e Índia, a perda de habitat representa uma ameaça significativa para a sobrevivência do caracal. No sul da África, onde o caracal é comum, ele é fortemente perseguido como uma praga devido ao seu hábito de predar pequenos animais domésticos. No entanto, apesar de um grande número de mortes de caracal, a população parece não estar sofrendo.

Subespécies

  • Caracal caracal caracal - ocorre no sul e leste da África.
  • Caracal caracal nubicus - ocorre no norte e oeste da África.
  • Caracal caracal schmitzi - ocorre do Oriente Médio até a Índia.

Continentes de Ocorrência

África, Ásia

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Caracal." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 13 Mar. 2017. Web. 26 Mar. 2017.
  • Caracal fact file on ARKive.
  • Avgan, B., Henschel, P. & Ghoddousi, A. 2016. Caracal caracal. (errata version published in 2016) The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T3847A102424310.
  • Cat Specialist Group. Acessado em 06 Jan 2018.

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Mamíferos

Conheça mais espécies de Mamíferos selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.