Búfalo-africano

Fotografia por Wildcatsff, CC BY-NC-SA

Local da foto: Tanzânia

 MAXXUM 7D (KONICA MINOLTA )
Distância Focal: 500mm  •  Abertura: f/8.0  •  Tempo de Exposição: 1/200s  •  ISO: 100
Data em que a foto foi tirada: 15/02/2007
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Búfalo-africano

Syncerus caffer
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Cetartiodactyla
Família Bovidae
Gênero Syncerus
Nome Científico Syncerus caffer(Sparrman, 1779)
Nome Inglês African Buffalo, Cape Buffalo, Savanna Buffalo
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2008)

Descrição

O forte e imponente búfalo-africano é uma grande espécie de mamífero da família Bovidae. É a única espécie de gado selvagem da África e um dos "cinco grandes" mamíferos que já foram populares entre os caçadores de troféus. Com seu corpo robusto e chifres grossos, o búfalo-africano é considerado um animal perigoso, e sua propensão a atacar e até matar seres humanos quando ferido, contribui para reforçar esta reputação.

O búfalo-africano tem um peito largo, grandes membros e uma grande cabeça. A cobertura esparsa de pelos sobre o corpo geralmente varia da cor preta ao acastanhado. Os chifres imponentes estão distribuídos para fora e para baixo da cabeça e, em alguns machos, os chifres são unidos por um grande escudo cobrindo a cabeça. Os machos tendem a ser maiores do que as fêmeas, com chifres mais longos e mais grossos.

O búfalo-africano tem entre 170 e 340 cm de comprimento (cabeça-corpo) e uma cauda entre 70 e 110 cm de comprimento, e entre 100 e 170 cm de altura, pesando entre 300 e 900 kg.

Biologia

O búfalo-africano é um animal social. A subespécie da savana forma grandes e imponentes manadas com mais de 1.000 indivíduos. O búfalo-da-floresta, devido ao seu habitat mais restrito, forma pequenos grupos de até 12 animais, compostos de fêmeas relacionadas e seus descendentes, e um ou mais machos. Os machos que não pertencem a uma manada são solitários ou formam manadas de solitários. Viver em uma manada tem vantagens, uma vez que, as informações podem ser compartilhadas entre os membros da manada sobre os melhores lugares para se alimentar, e também oferece maior proteção contra predadores.

O vínculo entre as fêmeas em uma manada de búfalos-africanos é forte e se um membro é atacado por um predador como o leão (Panthera leo), o resto da manada responderá aos chamados de socorro, correndo em sua defesa. Uma manada de búfalos é facilmente capaz de afastar todo um bando de leões para proteger um membro da manada. Viver em grandes manadas não é tão importante para o búfalo-da-floresta, pois ele vive em um habitat que não tem grandes carnívoros, tais como leões, e pode facilmente recuar para o interior da floresta, se necessário.

Para escapar do calor, o búfalo-africano passa a maior parte do dia deitado na sombra. Ele pode ser encontrado com frequência bebendo água no início da manhã e final da tarde e, na maioria das vezes, se alimenta durante à noite, que é mais fria. O búfalo-africano pasta extensivamente na grama fresca, alimentando-se apenas de ervas, arbustos e árvores, quando há uma deficiência de grama. Os hábitos alimentares do búfalo-africano são responsáveis pela abertura de áreas de longas pastagens para outras espécies com hábitos alimentares mais seletivos e, portanto, desempenha um importante papel ecológico nas savanas da África Subsaariana.

O acasalamento do búfalo-africano ocorre principalmente entre março e maio. O período de gestação dura cerca de 11 meses e os filhotes nascem de janeiro a abril. O vínculo entre a mãe e o filhote é muito forte, e dentro de apenas algumas horas o recém-nascido é capaz de acompanhar a manada. O búfalo-africano pode viver até 26 anos.

Habitat

O búfalo-africano habita uma variedade de habitats, incluindo savana aberta com grama abundante e água para beber, áreas de pastagens montanhosas e florestas, e também florestas de várzea. Ele ocorre em elevações de até 4.000 m acima do nível do mar.

Distribuição

O búfalo-africano ocorre na África Subsaariana, mas existem poucas populações fora de parques nacionais e grandes áreas de conservação. Apesar do búfalo-africano ainda ocorrer em números consideráveis, as populações têm sido reduzidas pela caça, perda de habitat e doenças.

Continentes de Ocorrência

África

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "African Buffalo." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 30 Mar. 2017. Web. 1 Apr. 2017.
  • African Buffalo fact file on ARKive.
  • IUCN SSC Antelope Specialist Group. 2008. Syncerus caffer. The IUCN Red List of Threatened Species 2008: e.T21251A9260904.

Mais Espécies de Mamíferos

Conheça mais espécies de Mamíferos selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.