Bisão-indiano

Fotografia por Kalyan Varma, CC BY-NC-SA

Local da foto: Karnataka, Índia

 NIKON D700 (NIKON CORPORATION)
Distância Focal: 300mm  •  Abertura: f/4.0  •  Tempo de Exposição: 1/100s  •  ISO: 200
Data em que a foto foi tirada: 07/01/2011
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Bisão-indiano

Bos gaurus
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Cetartiodactyla
Família Bovidae
Gênero Bos
Nome Científico Bos gaurusC.H. Smith, 1827
Nome Inglês Indian Bison, Gaur
Estado de Conservação VU  - Vulnerável (IUCN / 2016)

Descrição

O bisão-indiano, conhecido também como gauro, é uma grande espécie de mamífero da família Bovidae.

A pelagem do bisão-indiano é curta, lisa e brilhante. A pelagem dos machos adultos é marrom-escura, aproximando-se do preto em machos mais velhos. O focinho tem uma coloração pálida e a parte inferior das pernas é branco puro ou bronzeada. As fêmeas e os jovens são mais pálidos e, em alguns casos, têm uma tonalidade castanho avermelhado, que é mais marcada em grupos que habitam regiões secas e abertas. Excepcionalmente entre o gado, existe uma crista cinzenta entre os chifres. Os cascos são estreitos e pontudos. O bisão-indiano é um bovídeo extremamente robusto e corpulento e tem uma grande corcunda no ombro e uma barbela de pele sob o queixo que se estende até entre as pernas dianteiras. Ambos os sexos têm chifres que crescem dos lados da cabeça, curvando para cima. Os chifres são achatados na base e regularmente curvados em todo o seu comprimento, e são dobrados para dentro e ligeiramente para trás em suas pontas. Eles têm um tom amarelado ou verde pálido pela maior parte de seu comprimento, mas as pontas são pretas. Os chifres, de tamanho médio para os padrões de um grande bovídeo, crescem até 0,60 a 1,15 m de comprimento.

Uma das maiores espécies de gado selvagem, o bisão-indiano tem entre 1,7 e 2,2 m de altura no ombro, entre 2,5 e 3,3 m de comprimento cabeça-corpo, uma cauda de 0,70 a 1,05 m de comprimento, e entre 700 e 1.000 kg de peso. O macho é aproximadamente um quarto maior e mais pesado do que a fêmea.

Biologia

O bisão-indiano pasta preferencialmente gramíneas verdes e explora uma grande variedade de plantas, preferindo as porções superiores das plantas. Ele também consome frutos.

Em áreas onde não há perturbação humana, o bisão-indiano tem hábitos diurnos. Em outras áreas, ele é em grande parte noturno por causa da perturbação florestal causada por humanos. Durante a estação seca, os rebanhos se congregam e permanecem em áreas pequenas, dispersando nas colinas com a chegada das monções.

Em janeiro e fevereiro, o bisão-indiano vive em pequenos rebanhos de 8 a 11 indivíduos, um dos quais é um touro. Em abril ou maio, mais touros podem se juntar ao rebanho para acasalamento, e touros individuais podem passar de rebanho em rebanho, cada um acasalando com muitas fêmeas. Em maio ou junho, eles deixam o rebanho e podem formar rebanhos só de touros ou podem viver sozinhos. Os rebanhos vagam por 2 a 5 km por dia. Cada rebanho tem um território não exclusivo e, às vezes, os rebanhos podem se juntar em grupos de 50 ou mais indivíduos.

A reprodução do bisão-indiano ocorre durante todo o ano, mas o pico de reprodução geralmente ocorre entre dezembro e junho. Durante o pico da época de reprodução, machos solitários vagam por grandes áreas em busca de fêmeas receptivas. A fêmea dá à luz um único filhote (ou ocasionalmente dois) após um período de gestação de aproximadamente 275 dias. O filhote geralmente é desmamado após cerca de 7 a 12 meses de idade. A maturidade sexual ocorre no segundo ou terceiro ano de vida. O bisão-indiano pode viver até 30 anos em cativeiro.

Habitat

O bisão-indiano habita principalmente florestas sempre-verdes e florestas decíduas úmidas, mas ocorre também em áreas de florestas decíduas na periferia da sua área de ocorrência. Seu habitat se caracteriza por grandes extensões florestais relativamente não perturbadas, áreas montanhosas abaixo de 1.500 a 1.800 m, disponibilidade de água e abundância de alimento.

Distribuição

O bisão-indiano ocorre em áreas dispersas no Butão, Camboja, China, Índia, Laos, Malásia Peninsular, Mianmar, Nepal, Tailândia e Vietnã.

Continentes de Ocorrência

Ásia

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Gaur." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 16 Mar. 2017. Web. 26 Mar. 2017.
  • Gaur fact file on ARKive.
  • Duckworth, J.W., Sankar, K., Williams, A.C., Samba Kumar, N. & Timmins, R.J. 2016. Bos gaurus. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T2891A46363646.

Mais Espécies de Mamíferos

Conheça mais espécies de Mamíferos selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.