Siri-azul

Fotografia por jere7my, CC BY-NC-SA

Local da foto: Luisiana, Estados Unidos

 E8800 (NIKON)
Distância Focal: 29mm  •  Abertura: f/5.2  •  Tempo de Exposição: 1/114s  •  ISO: 50
Data em que a foto foi tirada: 15/08/2007
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Siri-azul

Callinectes sapidus
Reino Animalia
Filo Arthropoda
Classe Malacostraca
Ordem Decapoda
Família Portunidae
Gênero Callinectes
Nome Científico Callinectes sapidusM. J. Rathbun, 1896
Nome Inglês Blue Crab
Estado de Conservação NE  - Não Avaliada pela IUCN

Descrição

O siri-azul é um crustáceo da família Portunidae, facilmente identificado pela cor do seu corpo que geralmente é azul brilhante, especialmente nos quelípodos (os apêndices contendo uma "quela" ou garra parecida com uma pinça). O restante do corpo tem uma coloração marrom-oliva. A tonalidade azul deriva de vários pigmentos na carapaça que interagem com um pigmento vermelho para formar uma coloração azul-esverdeada.

Machos e fêmeas do siri-azul podem ser distinguidos pelo dimorfismo sexual no formato do abdômen (conhecido como "avental"). Ele é longo e delgado nos machos, e largo e arredondado nas fêmeas maduras. O abdômen da fêmea muda à medida que ela amadurece: fêmeas imaturas têm um abdômen com formato triangular, e fêmeas maduras têm um abdômen com formato arredondado.

O siri-azul tem uma carapaça que pode crescer até 25 cm de comprimento. A largura da carapaça pode ser de aproximadamente o dobro do comprimento.

Biologia

O siri-azul se alimenta de uma grande variedade de alimentos. Geralmente essa espécie se alimenta de ostras, mariscos e mexilhões, bem como quase qualquer matéria vegetal ou animal. Ele também "limpa" animais mortos recentemente e, ocasionalmente, come caranguejos jovens.

O siri-azul é muito agressivo quando ameaçado, exceto após uma muda recente, quando ele ainda tem a carapaça macia que o deixa vulnerável. Ele também se enterra na areia para se esconder. O siri-azul é um nadador ativo e seu último par de pernas é adaptado com um formato de remo para auxiliar na natação. Ele também tem três pares de pernas para caminhar e um poderoso conjunto de quelas.

O siri-azul é um animal altamente móvel e pode percorrer uma distância de aproximadamente 215 m por dia. Ele tende a ser mais ativo durante o dia. Em geral, caranguejos/siris também podem regenerar pernas ou pinças perdidas em uma luta ou quando estão se protegendo.

O pico de desova do siri-azul está associado com a região em que ele habita. Ao contrário do macho, a fêmea acasala apenas uma vez na vida, depois da puberdade ou da muda final. Quando a muda final se aproxima, a fêmea atrai o macho liberando um feromônio em sua urina.

O siri-azul é uma espécie altamente fértil, com as fêmeas produzindo entre 2 e 8 milhões de ovos por desova. Quando as fêmeas estão na fase de carapaça macia, imediatamente após a muda, os machos transferem seu esperma para elas armazenarem. O macho então protege a fêmea até a sua carapaça endurecer. A fêmea desova entre 2 e 9 meses após o acasalamento. A época de desova vai de dezembro a outubro. Quando as fêmeas estão prontas para a desova, elas fertilizam os ovos com o esperma armazenado. Durante o período de incubação, que dura entre 14 e 17 dias, as fêmeas migram para a foz de estuários para que as larvas sejam liberadas em águas de alta salinidade. As larvas passam por oito fases em cerca de dois meses, antes de começarem a se parecer com os adultos. Geralmente apenas um ou dois siris sobrevivem até se tornarem adultos, e essa espécie pode viver entre 1 e 4 anos.

Habitat

O siri-azul é encontrado em uma variedade de habitats que vão desde as águas mais salgadas do golfo até as águas quase doce das baías. O habitat do siri-azul vai desde a linha de maré baixa até águas mais profundas (36 m).

Distribuição

O siri-azul é nativo da borda ocidental do Oceano Atlântico, desde a Nova Escócia até a Argentina, e ao redor de toda a costa do Golfo do México. Ele foi introduzido na Ásia e na Europa.

Continentes de Ocorrência

América do Norte, América do Sul, Ásia, Europa

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Callinectes sapidus." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 30 Mar. 2017. Web. 30 Mar. 2017.
  • Bodden, s. 2011. "Callinectes sapidus" (On-line), Animal Diversity Web.

Mais Espécies de Invertebrados

Conheça mais espécies de Invertebrados selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.