Ostra-gigante

Fotografia por Saspotato, CC BY-NC-SA

Local da foto: Queensland, Australia

 Canon PowerShot S95 (Canon)
Distância Focal: 9mm  •  Abertura: f/2.8  •  Tempo de Exposição: 1/500s  •  ISO: 80
Data em que a foto foi tirada: 03/11/2012
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Ostra-gigante

Tridacna gigas
Reino Animalia
Filo Mollusca
Classe Bivalvia
Ordem Veneroida
Família Cardiidae
Gênero Tridacna
Nome Científico Tridacna gigas(Linnaeus, 1758)
Nome Inglês Giant Clam
Estado de Conservação VU  - Vulnerável (IUCN / 1996)

Descrição

A ostra-gigante gigante é uma espécie de ostra da família Cardiidae, o maior molusco bivalve do mundo e o mais pesado de todos os moluscos vivos.

Como todos os moluscos bivalves, a carapaça da ostra-gigante é composta de duas válvulas, e nas ostras-gigantes maiores estas não podem fechar completamente. A carapaça é extremamente grossa e não tem placas ósseas. Quando vista de cima, cada válvula tem entre 4 e 5 projeções triangulares voltadas para dentro.

O manto da ostra-gigante é visível entre as duas carapaças e geralmente é marrom dourado, amarelo ou verde, com muitos pontos de cor azul iridescente, verde ou púrpura, especialmente ao redor das bordas do manto. O manto da ostra-gigante é completamente fundido, com exceção de dois orifícios (ou "sifões"). As brânquias são visíveis pelo sifão inalante, enquanto o sifão exalante é como um tubo, e é capaz de expelir um grande volume de água durante a desova, ou se as carapaças da ostra fecharem repentinamente.

A ostra-gigante pode crescer até 1,3 m de comprimento e pesar até 300 kg.

Biologia

A ostra-gigante adulta é completamente séssil, incapaz de se mover da sua posição no recife de coral. Ela reproduz sexualmente (e é hermafrodita), expelindo o esperma e os ovos no mar, onde ocorre a fertilização. Os ovos fertilizados entram rapidamente em uma fase de natação (onde são conhecidos como trocóforos), antes de entrarem em uma fase planctônica. Durante essa fase, as larvas habitam o oceano aberto por uma semana, antes de se fixarem no substrato.

A ostra-gigante tem um sifão inalante por onde entra água do mar, que então é filtrada para extrair alimento planctônico. A maior parte dos nutrientes da ostra-gigante, no entanto, são obtidos por um relacionamento mutuamente benéfico com algas conhecidas como zooxantelas. Essas algas, semelhantes a plantas, existem em túbulos delicados que são extensões do estômago. As algas ganham proteção contra predadores por estarem associadas com a grande ostra-gigante, enquanto a ostra-gigante obtém o carbono da fotossíntese. Durante o dia a ostra abre sua carapaça e estende o tecido do seu manto de modo que as algas recebem a luz do sol que elas precisam para a fotossíntese. A ostra-gigante também fornece proteção para uma espécie de caranguejo-ervilha (Xanthasia murigera) - geralmente pode ser encontrando um casal desses caranguejos vivendo dentro da cavidade da ostra.

Habitat

A ostra-gigante habita águas tropicais quentes em recifes planos e lagoas rasas com profundidades de até 20 m.

Distribuição

A ostra-gigante é encontrada em águas rasas do Oceano Pacífico, da Tailândia e Japão até a Austrália e Micronésia.

Continentes de Ocorrência

Ásia, Austrália/Oceania

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Giant Clam." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 2 Mar. 2017. Web. 1 Apr. 2017.
  • Giant Clam fact file on ARKive.
  • Tervo, K. and R. Csomos 2001. "Tridacna gigas" (On-line), Animal Diversity Web.
  • Wells, S. 1996. Tridacna gigas. The IUCN Red List of Threatened Species 1996: e.T22137A9362283.

Mais Espécies de Invertebrados

Conheça mais espécies de Invertebrados selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.