Tiê-sangue

Fotografia por Alex Satsukawa, CC BY-SA

Local da foto: Mongaguá, São Paulo, Brasil

 Canon EOS REBEL T5i (Canon)
Distância Focal: 483mm  •  Abertura: f/8.0  •  Tempo de Exposição: 1/125s  •  ISO: 800
Data em que a foto foi tirada: 25/10/2015
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Tiê-sangue

Ramphocelus bresilius
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Passeriformes
Família Thraupidae
Gênero Ramphocelus
Nome Científico Ramphocelus bresilius(Linnaeus, 1766)
Nome Inglês Brazilian Tanager
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2016)

Descrição

O tiê-sangue, conhecido também como tié-sangue, é uma ave passeriforme da família Thraupidae.

O macho do tiê-sangue tem uma plumagem vermelho escarlate brilhante, com asas e cauda pretas. O bico é preto e branco/prateado (a mandíbula superior é preta e a mandíbula inferior é branca ou prateada). O macho da subespécie nominal, Ramphocelus bresilius bresilius, tem um tom de vermelho mais claro no dorso, enquanto o macho da subespécie Ramphocelus bresilius dorsalis tem um tom de vermelho mais escuro. A fêmea tem uma plumagem significativamente diferente e, no geral, tem uma coloração acastanhada. A cabeça é, em grande parte, castanho-acinzentada. A garganta tipicamente também é castanho-acinzentada. As partes inferiores são castanho-alaranjadas e o tom alaranjado muda para avermelhado nas coberteiras inferiores da cauda e no uropígio. O bico é marrom. Em ambos os sexos, as pernas e pés são de cor marrom opaca a cinza-escura. A íris dos adultos é vermelha e a dos jovens é marrom.

O macho jovem tem uma plumagem semelhante à da fêmea adulta e pode ser difícil distingui-lo da fêmea. O macho jovem pode ser distinguido da fêmea por ter o bico preto, enquanto a fêmea tem o bico marrom. Também pode ser distinguido da fêmea quando sua plumagem adulta começa a surgir. À medida que ele atinge seu segundo ano de vida, as penas vermelho-sangue começam a aparecer e são muito perceptíveis contra as penas marrons da pré-muda. A fêmea jovem também tem plumagem muito semelhante à da fêmea adulta, no entanto, é possível que a cor marrom da íris pode ser usada como uma característica chave para identificar uma fêmea jovem da fêmea adulta de íris vermelha.

O tiê-sangue tem 18 cm de comprimento e pesa entre 27,9 e 35,5 g.

A fêmea do tiê-sangue e a fêmea da pipira-vermelha (Ramphocelus carbo) são semelhantes e, muitas vezes, difíceis de distinguir.

Biologia

Uma espécie onívora, o tiê-sangue tem uma dieta composta especialmente de frutos carnudos, mas também se alimenta de sementes e insetos, e tem uma tendência a se comportar de forma agressiva com outras espécies de aves quando compete por alimento.

O tiê-sangue tipicamente é encontrado sozinho ou em pares e geralmente não se agrega em grandes números. Voa geralmente entre a vegetação baixa e tende a procurar arbustos densos durante a parte mais quente do dia.

O tiê-sangue reproduz entre outubro e dezembro. O ninho é aberto e tem formato de cesto, geralmente situado entre arbustos e árvores baixas ou escondido dentro de áreas de vegetação densa. A fêmea coloca 2 ou 3 ovos azul-esverdeados com pequenas manchas cinza/pretas. Os ovos são incubados pela fêmea durante 13 dias. Os filhotes se tornam independentes aproximadamente 35 dias após o nascimento. A espécie atinge a maturidade sexual aos 12 meses de idade.

Os ninhos de tiê-sangue costumam ser parasitados pelo chupim (Molothrus bonariensis) - a fêmea do chupim coloca seus ovos no ninho do tiê-sangue; a fêmea do tiê-sangue incuba os ovos e cria o(s) filhote(s) do chupim.

Habitat

O habitat natural do tiê-sangue é a Mata Atlântica, incluindo restingas costeiras, florestas de planícies tropicais ou subtropicais úmidas, florestas secundárias, matagais tropicais ou subtropicais e plantações. É encontrado também em ambientes mais urbanos como parques e grandes jardins.

Distribuição

O tiê-sangue é encontrado na costa leste do Brasil, desde a Paraíba até Santa Catarina.

Subespécies

  • Ramphocelus bresilius bresilius - ocorre no nordeste do Brasil (da Paraíba até a Bahia).
  • Ramphocelus bresilius dorsalis - ocorre no sudeste do Brasil (de Minas Gerais e Espírito Santo até Santa Catarina).

Continentes de Ocorrência

América do Sul

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • BirdLife International. 2016. Ramphocelus bresilius. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22722510A94770281. Acessado em 22 Nov 2018.
  • Brazilian Tanager (Ramphocelus bresilius), In Neotropical Birds Online (T. S. Schulenberg, Editor). Cornell Lab of Ornithology, Ithaca, NY, USA. Acessado em 22 Nov 2018.
  • Wikipedia contributors. "Brazilian Tanager." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 15 Mar 2017. Web. 08 Abr 2017.
  • Tiê-sangue (Ramphocelus bresilius). WikiAves, a Enciclopédia das Aves do Brasil.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.