Saíra-pintor

Fotografia por Victor Leandro, CC BY-NC-SA

Local da foto: Camaragibe, Pernambuco, Brasil

Data em que a foto foi tirada: 29/07/2018
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Saíra-pintor

Tangara fastuosa
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Passeriformes
Família Thraupidae
Gênero Tangara
Nome Científico Tangara fastuosaLesson, 1831
Nome Inglês Seven-colored Tanager
Estado de Conservação VU  - Vulnerável (IUCN / 2016)

Descrição

A saíra-pintor, conhecida também como saíra-sete-cores-do-nordeste, é uma ave passeriforme da família Thraupidae.

Como outras espécies de saíras do gênero Tangara, a saíra-pintor tem uma plumagem complexa e brilhante, composta de múltiplas cores vibrantes. A cabeça, a parte de trás do pescoço e o queixo são verde-turquesa brilhante. A garganta, manto e escapulares são pretos. O preto da garganta se estende em uma linha estreita ao redor dos lados do pescoço e se conecta com o preto do manto. O dorso inferior, uropígio, bordas das coberteiras secundárias e coberteiras superiores da cauda são laranja. O peito é azul-claro, tornando-se azul ultramarino no ventre. O azul ultramarino também está presente nas coberteiras superiores da cauda e nas bordas da cauda preta e penas das asas. As coberteiras superiores das asas são verde-turquesa, as coberteiras medianas são azul-cobalto, e as coberteiras maiores são pretas com bordas azul-violeta. A íris é marrom-escura e o anel ocular é preto. O bico é preto e sua base apresenta uma plumagem preta. As pernas e pés são cinza-escuros. Macho e fêmea são semelhantes na aparência.

A saíra-pintor tem entre 13 e 13,5 cm de comprimento.

A saíra-pintor tem padrão de plumagem semelhante ao da saíra-sete-cores (Tangara seledon) e da saíra-paraíso (Tangara chilensis). As três espécies têm cabeça esverdeada ou azulada, preto no dorso, e uropígio laranja, amarelo ou vermelho. Embora exista semelhança entre as espécies, a saíra-pintor pode ser distinguida dessas duas espécies pelas bordas azuis das coberteiras primárias, bordas laranja das coberteiras secundárias, peito azul-claro e ventre azul ultramarino.

Biologia

A dieta da saíra-pintor é composta de frutos, bagas, sementes e insetos.

A saíra-pintor geralmente é vista em pares ou em grupos de até 4 indivíduos e, ocasionalmente, pode se juntar a bandos de espécies mistas. É uma espécie territorial e prontamente investigará intrusos em seu território.

O período de reprodução da saíra-pintor ocorre na primavera e verão austral (outubro a março). O ninho é construído em bromélias epífitas em árvores relativamente altas (até pelo menos 15 m de altura).

A fêmea da saíra-pintor coloca uma ninhada de 2 a 4 ovos e pode ter de 2 a 3 ninhadas por temporada. O período de incubação é de 15 a 17 dias. A espécie atinge a maturidade sexual com aproximadamente um ano de idade.

Habitat

A saíra-pintor habita uma variedade de habitats dentro da Mata Atlântica, desde florestas maduras não perturbadas até florestas secundárias degradadas, bordas de florestas montanhosas, bordas de florestas de planícies, matas e pomares próximos a fragmentos florestais. Apesar de ter preferência por florestas úmidas, a espécie já foi encontrada mais para o interior em florestas isoladas dentro da caatinga.

Distribuição

A saíra-pintor é uma espécie endêmica do nordeste do Brasil, sendo encontrada principalmente no litoral dos estados da Paraíba, Pernambuco e Alagoas.

Subespécies

Continentes de Ocorrência

América do Sul

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • BirdLife International. 2016. Tangara fastuosa. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22722823A94786714. Acessado em 04 Out 2018.
  • Cabrero, A., S. E. Walsh, and K. J. Burns (2015). Seven-colored Tanager (Tangara fastuosa), version 1.0. In Neotropical Birds Online (T. S. Schulenberg, Editor). Cornell Lab of Ornithology, Ithaca, NY, USA.
  • Seven-colored Tanager fact file on ARKive.
  • Saíra-pintor (Tangara fastuosa). WikiAves, a Enciclopédia das Aves do Brasil.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.