Saíra-de-coroa-açafrão

Fotografia por Sebastian Davila, CC BY-NC-SA

Local da foto: Colômbia

  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Saíra-de-coroa-açafrão

Tangara xanthocephala
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Passeriformes
Família Thraupidae
Gênero Tangara
Nome Científico Tangara xanthocephala(Tschudi, 1844)
Nome Inglês Saffron-crowned Tanager
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2016)

Descrição

A saíra-de-coroa-açafrão é uma ave passeriforme da família Thraupidae.

A cor geral da plumagem da saíra-de-coroa-açafrão é verde-berilo pálido ou verde-turquesa, que muda de verde-claro para azul-claro dependendo do ângulo da luz. A cabeça é amarela brilhante e a coroa pode ser totalmente amarela ou amarelo-alaranjada, dependendo da subespécie. A face possui uma máscara preta que se estende até a garganta. Apresenta um colar nucal preto. O dorso é estriado de preto. As penas das asas e da cauda, no geral, são pretas com bordas verde-berilo ou verde-turquesa. A área central do ventre e as coberteiras inferiores da cauda são canela. A íris é marrom-escura, o bico é preto e as pernas e pés são cinzentos. Macho e fêmea são semelhantes na aparência. Indivíduos jovens têm plumagem semelhante à dos adultos, mas é mais maçante e mais verde. O amarelo da cabeça é substituído por um verde-amarelado brilhante.

A saíra-de-coroa-açafrão tem entre 12,5 e 13,5 cm de comprimento e pesa entre 15 e 23,6 g.

A saíra-de-coroa-açafrão é parecida com a saíra-de-orelha-dourada (Tangara chrysotis), mas essa tem a coroa e a nuca pretas, testa e auriculares ouro-acobreadas e o ventre até as coberteiras inferiores da cauda são canela mais profunda. A subespécie lunigera da saíra-cara-de-fogo (Tangara parzudakii), que não tem as manchas faciais vermelhas, também é parecida. No entanto, a saíra-cara-de-fogo tem uma grande mancha opalescente nas coberteiras das asas e um dorso preto sólido (não estriado de preto como na saíra-de-coroa-açafrão). Além disso, a saíra-cara-de-fogo é maior do que a saíra-de-coroa-açafrão.

Biologia

A saíra-de-coroa-açafrão é principalmente frugívora, com uma dieta composta de frutos de espécies do gênero Cecropia, Morus, Miconia e outros membros da família Melastomataceae. Além de frutos, consome também insetos. A espécie é descrita como uma forrageadora inquieta, movendo-se constantemente, voando ou pulando de galho em galho. É uma ave principalmente da copa das árvores, mas também forrageia por frutos em todas as alturas. Como muitos outros membros do gênero Tangara, forrageia insetos no alto das árvores e, às vezes, em níveis mais baixos em bordas de florestas.

A saíra-de-coroa-açafrão é vista principalmente em pares ou em pequenos grupos de 3 a 10 indivíduos e também em bandos de espécies mistas, compostos principalmente por outras espécies de saíras e tangarás. Na Venezuela, a espécie é frequentemente associada com a saíra-de-lantejoulas-berilo (Tangara nigroviridis), saíra-dourada (Tangara arthus) e saíra-de-boné-preto (Tangara heinei).

Ainda não há muitas informações sobre o comportamento reprodutivo da saíra-de-coroa-açafrão. Indivíduos em condições de reprodução são relatados do oeste dos Andes da Colômbia de março a maio; de junho a julho no norte da Colômbia; e em abril em Cuzco, Peru. Juvenis são relatados em abril em Mérida, Venezuela; em março, abril e setembro na Colômbia; em fevereiro, abril e agosto no Peru; e em novembro e dezembro na Bolívia.

O único ninho relatado da saíra-de-coroa-açafrão foi encontrado em novembro em Puno, Peru. O ninho foi encontrado 12 m acima do solo em "uma moita de musgo pendurado na parte inferior do galho mais baixo de uma árvore de 20 m", e continha 2 ovos. Macho e fêmea participam da construção do ninho.

Habitat

A saíra-de-coroa-açafrão habita florestas montanhosas úmidas (florestas de nuvem), bordas de florestas, e bosques de crescimento secundário. Às vezes, é vista em plantações sombreadas e em grandes árvores em clareiras adjacentes e pastagens.

Distribuição

A saíra-de-coroa-açafrão ocorre nos Andes da Venezuela, Andes da Colômbia, Andes do Equador, encosta leste dos Andes do Peru, ao sul até a Bolívia (Santa Cruz).

Subespécies

  • Tangara xanthocephala venusta - ocorre no oeste da Venezuela, nos Andes da Colômbia e Equador, ao sul até o norte e centro do Peru.
  • Tangara xanthocephala xanthocephala - ocorre na região subtropical dos Andes do Peru central (região de Chanchamayo).
  • Tangara xanthocephala lamprotis - ocorre nos Andes do sudeste do Peru (Cuzco e Puno) até o noroeste da Bolívia.

Continentes de Ocorrência

América do Sul

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • BirdLife International. 2016. Tangara xanthocephala. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22722854A94788851. Acessado em 01 Nov 2018.
  • D. Lepage, J. Warnier, 2014. The Peters' Check-list of the Birds of the World (1931-1987) Database. Accessed on 01 Nov 2018 from Avibase, the World Database.
  • Iddings, R. and K. J. Burns (2012). Saffron-crowned Tanager (Tangara xanthocephala), version 1.0. In Neotropical Birds Online (T. S. Schulenberg, Editor). Cornell Lab of Ornithology, Ithaca, NY, USA. Acessado em 01 Nov 2018.
  • Hilty, S. (2018). Saffron-crowned Tanager (Tangara xanthocephala). In: del Hoyo, J., Elliott, A., Sargatal, J., Christie, D.A. & de Juana, E. (eds.). Handbook of the Birds of the World Alive. Lynx Edicions, Barcelona. Acessado em 01 Nov 2018.
  • Moreno. J.S. 2012. Tangara Coronada (Tangara xanthocephala). Wiki Aves Colombia.
    (C. Arango, Editor). Universidad ICESI. Cali. Colombia. Acessado em 01 Nov 2018.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.