Saíra-carijó

Copyright © Anselmo d'Affonseca

Local da foto: Manaus, Amazonas, Brasil

 Canon EOS 7D (Canon)
Distância Focal: 700mm  •  Abertura: f/6.3  •  Tempo de Exposição: 1/800s  •  ISO: 400
Data em que a foto foi tirada: 23/06/2014
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Saíra-carijó

Ixothraupis varia
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Passeriformes
Família Thraupidae
Gênero Ixothraupis
Nome Científico Ixothraupis varia(Muller, 1776)
Nome Inglês Dotted Tanager
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2018)

Descrição

A saíra-carijó, conhecida também como saíra-pontilhada (tradução do nome inglês), é uma ave passeriforme da família Thraupidae.

A plumagem da saíra-carijó é principalmente verde e azul. O macho tem a cabeça verde brilhante e a região loreal preta. O manto, dorso, asas e cauda são azul-turquesa. A garganta e peito são verdes brilhantes e podem ter pequenos pontos pretos, que criam um efeito pontilhado (nem sempre fácil de ver). O ventre é verde brilhante. A fêmea tem uma plumagem verde mais opaca, não tem a região loreal preta, não tem o efeito pontilhado na garganta e peito, as asas e a cauda são mais verdes (não azul-turquesa) e a área central da barriga é amarelada.

A saíra-carijó tem 11 cm de comprimento e pesa 10 g.

A saíra-carijó é parecida com a saíra-de-barriga-amarela (Ixothraupis xanthogastra), mas essa tem um padrão dorsal escamado e a região central da barriga é amarela. A saíra-pintada (Ixothraupis guttata) também é parecida, mas essa tem cabeça amarela e partes inferiores predominantemente brancas com um forte padrão de manchas pretas. Outra espécie parecida é a saíra-negaça (Ixothraupis punctata), mas essa tem a cabeça cinza-azulada, asas com bordas verdes, e peito esbranquiçado com manchas pretas.

Biologia

A dieta da saíra-carijó é composta de insetos e frutos. Forrageia de forma solitária ou em pares, e se associa regularmente a bandos de espécies mistas na copa das árvores. Forrageia também em pequenos grupos em árvores frutíferas.

Habitat

A saíra-carijó habita florestas tropicais e subtropicais úmidas de planícies, florestas secundárias, bordas de florestas, e árvores em clareiras adjacentes às florestas. Pode ser encontrada também em plantações.

Distribuição

A saíra-carijó é encontrada no sul da Venezuela, sudoeste da Guiana, norte do Brasil, nordeste do Peru, leste da Colômbia, Suriname e nordeste da Guiana Francesa.

Subespécies

Continentes de Ocorrência

América do Sul

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • BirdLife International 2018. Tangara varia. The IUCN Red List of Threatened Species 2018: e.T22722872A132157999. Acessado em 22 Dez 2018.
  • Hilty, S. (2018). Dotted Tanager (Tangara varia). In: del Hoyo, J., Elliott, A., Sargatal, J., Christie, D.A. & de Juana, E. (eds.). Handbook of the Birds of the World Alive. Lynx Edicions, Barcelona. Acessado em 22 Dez 2018.
  • Dotted Tanager (Ixothraupis varia), In Neotropical Birds Online (T. S. Schulenberg, Editor). Cornell Lab of Ornithology, Ithaca, NY, USA. Acessado em 22 Dez 2018.
  • Field Guide to the Songbirds of South America: The Passerines. Robert S. Ridgely, Guy Tudor. University of Texas Press, 2009. Pag. 594.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.