Saíra-cara-de-fogo

Fotografia por Doug Greenberg, CC BY-NC

Local da foto: Província de Pichincha, Equador

 NIKON D850 (NIKON CORPORATION)
Distância Focal: 600mm  •  Abertura: f/8.0  •  Tempo de Exposição: 1/200s  •  ISO: 900
Data em que a foto foi tirada: 15/04/2018
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Saíra-cara-de-fogo

Tangara parzudakii
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Passeriformes
Família Thraupidae
Gênero Tangara
Nome Científico Tangara parzudakii(Lafresnaye, 1843)
Nome Inglês Flame-faced Tanager
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2017)

Descrição

A saíra-cara-de-fogo é uma ave passeriforme da família Thraupidae.

A plumagem da saíra-cara-de-fogo é principalmente verde prateada e preta, mas muitas áreas da plumagem são opalescentes e as cores variam dependendo do ângulo na qual a ave é vista. As características mais distintas da espécie são as manchas faciais coloridas, que variam da cor vermelha a laranja amarelada, dependendo da subespécie. As manchas faciais contrastam nitidamente com o preto da máscara facial, garganta e auriculares. A coroa e a nuca são amarelo-douradas. A área superior do dorso é preta. A área inferior do dorso e uropígio têm coloração palha dourada a opalescente, muitas vezes com um tom azulado. A cauda é preta. As partes inferiores são de cor verde prateada opalescente, graduando para castanho-avermelhado em direção ao ventre, com um tom mais escuro nos flancos e sob a cauda. A íris é marrom-escura, o bico é preto, e as pernas e pés são cinza-escuros. Macho e fêmea são semelhantes na aparência.

A saíra-cara-de-fogo é uma saíra de tamanho médio e tem entre 14 e 15 cm de comprimento. Seu peso varia entre 25 e 31 g.

A subespécie lunigera da saíra-cara-de-fogo, que não tem as manchas faciais vermelhas, tem uma plumagem semelhante à da saíra-de-coroa-açafrão (Tangara xanthocephala). No entanto, a saíra-de-coroa-açafrão tem a coroa totalmente amarela, um colar preto ao redor da parte de trás do pescoço, peito verde-berilo pálido ou verde-turquesa, e o dorso é estriado de preto (não preto sólido como na saíra-cara-de-fogo). Além disso, a saíra-de-coroa-açafrão é menor do que a saíra-cara-de-fogo.

Biologia

Como a maioria das espécies do gênero Tangara, a saíra-cara-de-fogo é onívora e se alimenta de uma variedade de insetos e frutas. É vista com frequência forrageando em pares e geralmente forrageia em árvores ao longo de galhos horizontais cobertos de musgo, explorando o musgo em busca de insetos e até mesmo puxando pedaços para descobrir presas.

A saíra-cara-de-fogo é encontrada com frequência em pares ou em grupos. No entanto, frequentemente se junta a bandos de espécies mistas.

Ainda não há muitos dados sobre a biologia reprodutiva da saíra-cara-de-fogo, mas baseado em um estudo realizado no nordeste do Equador, a espécie parece reproduzir durante os meses chuvosos de janeiro a julho. É uma espécie bastante tranquila quando nidifica e apresenta pouco ou nenhum comportamento territorial. Nidifica em habitats abertos, como pastos e bordas de florestas, mas também nidifica em florestas.

O ninho tem formato de taça aberta e é volumoso, composto externamente de fibras escuras firmes e pedaços de samambaias usados para juntar musgo e outros materiais orgânicos macios. Internamente, o ninho é bem forrado com camadas compactadas de folhas secas de bambu misturadas com algumas fibras flexíveis (principalmente de cor clara). Com base nas cópulas durante a fase de construção do ninho, a fêmea parece construir o ninho sozinha enquanto o macho espera por perto. O tamanho da ninhada é de 2 ovos brancos salpicados de marrom pálido. Ambos os pais alimentam os filhotes. Um comportamento interessante da espécie é que os pais examinam com frequência o material do ninho embaixo e ao redor dos filhotes para remover pulgas e outros parasitas do ninho, protegendo os filhotes.

Habitat

A saíra-cara-de-fogo habita florestas montanhosas e florestas de nuvem, mas também é encontrada em bordas de florestas e florestas de crescimento secundário. Ocorre entre 1.000 e 2.600 m de altitude, mas é mais comum em altitudes acima de 1.500 m.

Distribuição

A saíra-cara-de-fogo é encontrada na Venezuela, Colômbia, Equador e Peru.

Subespécies

  • Tangara parzudakii parzudakii - ocorre dos Andes da Colômbia até o sudoeste da Venezuela, leste do Equador e leste do Peru.
  • Tangara parzudakii urubambae - ocorre no sudeste do Peru (Cordilheira Urubamba em Cuzco).
  • Tangara parzudakii lunigera - ocorre na encosta do Pacífico da Colômbia e no oeste do Equador.

Continentes de Ocorrência

América do Sul

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • BirdLife International. 2017. Tangara parzudakii (amended version of 2016 assessment). The IUCN Red List of Threatened Species 2017: e.T103849231A119557182. Acessado em 03 Jul 2018.
  • O'Malley, R. and K. J. Burns (2012). Flame-faced Tanager (Tangara parzudakii), version 1.0. In Neotropical Birds Online (T. S. Schulenberg, Editor). Cornell Lab of Ornithology, Ithaca, NY, USA.
  • American Bird Conservancy.
  • S. Sheldon, Kimberly & Greeney, Harold & C. Dobbs, Robert. (2014). Nesting biology of the Flame-faced Tanager (Tangara parzudakii) in northeastern Ecuador. ORNITOLOGIA NEOTROPICAL. 25. 397-406.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.