Saí-viridiana

Copyright © Edwin Munera

Local da foto: Finca La Alborada, Carepa, Antioquia, Colômbia

  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Saí-viridiana

Dacnis viguieri
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Passeriformes
Família Thraupidae
Gênero Dacnis
Nome Científico Dacnis viguieriSalvin & Godman, 1883
Nome Inglês Viridian Dacnis
Estado de Conservação NT  - Quase Ameaçada (IUCN / 2018)

Descrição

A saí-viridiana é uma ave passeriforme da família Thraupidae. "Viridiana" deriva do Latin, "viridis", que significa verde. O epíteto específico viguieri é uma homenagem à Dra. Camille Viguier, uma zoóloga francesa, que descobriu a espécie na costa do Golfo de Darién, Panamá.

O macho da saí-viridiana tem uma plumagem principalmente verde-azulada opalescente, com o uropígio um pouco mais turquesa. A área loreal, manto e cauda são pretos. As asas são principalmente verdes com primárias pretas contrastantes. A fêmea tem uma plumagem principalmente verde maçante nas partes superiores, com a área loreal escura. As partes inferiores são amarelo-esverdeadas pálidas, com os lados e flancos verde-oliva. As asas são de cor verde maçante com primárias pretas contrastantes e a cauda é preta. Indivíduos jovens têm plumagem semelhante à da fêmea adulta. Em ambos os sexos, a íris é amarela, o bico é preto, curto, cônico e pontudo, e as pernas e pés são cinzentos.

A saí-viridiana tem entre 9,5 e 11,5 cm de comprimento.

A fêmea da saí-viridiana é parecida com as fêmeas da saí-de-máscara-preta (Dacnis lineata), saí-turquesa (Dacnis hartlaubi), saí-amarela (Dacnis flaviventer) e saí-de-barriga-branca (Dacnis albiventris), e pode ser difícil identificar as fêmeas dessas espécies se não estiverem acompanhadas de seus respectivos machos.

Biologia

Ainda não há muitas informações sobre a biologia da saí-viridiana, mas possívelmente é semelhante à de outras espécies do gênero Dacnis - dieta composta de frutos, insetos e néctar; encontrada sozinha, em pares ou em bandos de espécies mistas; ninho com formato de copo fundo; ninhada de 2 ovos esbranquiçados ou branco-esverdeados.

Habitat

A saí-viridiana habita florestas úmidas, bordas de florestas e florestas secundárias, em planícies e contrafortes.

Distribuição

A saí-viridiana é encontrada no extremo leste do Panamá (leste de Darién) e no noroeste da Colômbia (norte de Chocó, noroeste de Antioquia e sudoeste de Córdoba). Ocorre até 700 de altitude.

Subespécies

Continentes de Ocorrência

América do Norte, América do Sul

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • BirdLife International 2018. Dacnis viguieri. The IUCN Red List of Threatened Species 2018: e.T22722994A132020249. Acessado em 25 Nov 2018.
  • Reed, M., C. H. Richart, and K. J. Burns (2017). Viridian Dacnis (Dacnis viguieri), version 1.0. In Neotropical Birds Online (T. S. Schulenberg, Editor). Cornell Lab of Ornithology, Ithaca, NY, USA. Acessado em 25 Nov 2018.
  • The Birds of South America: Volume 1: The Oscine Passerines. Robert S. Ridgely and Tudor Guy. University of Texas Press; 1st edition (June 1, 1989). Pag. 214.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.