Sabiá-una

Fotografia por Nick Athanas, CC BY-NC-SA

Local da foto: Parque Nacional do Itatiaia, Rio de Janeiro, Brasil

  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Sabiá-una

Turdus flavipes
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Passeriformes
Família Turdidae
Gênero Turdus
Nome Científico Turdus flavipes(Vieillot, 1818)
Nome Inglês Yellow-legged Thrush
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2016)

Descrição

O sabiá-una é uma ave passeriforme da família Turdidae.

O macho do sabiá-una tem o bico amarelo e sua plumagem geralmente é preta com o dorso e as partes inferiores mais baixas de cor cinza-ardósia. No entanto, a tonalidade das áreas cinzentas varia, e o macho de uma das 5 subespécies, Turdus flavipes xanthoscelus, de Tobago, é todo preto, parecido com o macho do tordo-euroasiático (Turdus merula). A fêmea tem uma coloração marrom nas partes superiores e mais pálida nas partes inferiores, e o bico tem uma coloração mais opaca. O macho jovem é acastanhado e tem asas e cauda pretas, enquanto a fêmea jovem lembra uma fêmea adulta, mas é mais opaca, salpicada de laranja acima e manchada e barrada com marrom-escuro abaixo. Ambos os sexos têm pernas amarelas e um anel amarelo ao redor dos olhos.

O sabiá-una tem 22 cm de comprimento e seu peso varia entre 55 e 72 g.

Biologia

O sabiá-una se alimenta principalmente nas árvores e arbustos, com pouca frequência no chão. É uma espécie onívora, mas sua dieta é composta principalmente de frutas e bagas. Raramente se junta a bandos de aves de espécies mistas para se alimentar, pois tem o hábito de se manter na copa das árvores.

O canto do sabiá-una é altamente variado, rico em motivos dos mais diversos e de duração diferente, e é capaz de imitar o canto de outras aves. Normalmente, canta do alto das árvores. Vive de forma solitária ou aos pares.

O sabiá-una é uma espécie tímida e, a fêmea, em particular, é difícil de ser avistada, pois ela não canta e tem uma coloração críptica. Durante o inverno, o sabiá-una faz migração, deixando as regiões serranas em busca de lugares mais quentes.

O ninho do sabiá-una tem o formato de uma taça e é raso. A fêmea geralmente coloca 2 ou 3 ovos azulados ou esverdeados com manchas marrom avermelhadas. Em cada temporada de reprodução, a fêmea pode ter de 3 a 4 ninhadas. Os filhotes nascem após 13 dias. A espécie atinge a maturidade sexual aos 12 meses de idade.

Habitat

O sabiá-una habita florestas tropicais, florestas secundárias e plantações cobertas de vegetação. É uma espécie de regiões montanhosas de até 2.000 m de altitude, mas ocorre também até próximo do nível do mar.

Distribuição

O sabiá-una é encontrado na Colômbia, Venezuela, Trindade e Tobago, Guiana, Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai.

Subespécies

  • Turdus flavipes flavipes - ocorre do sudeste do Brasil até o nordeste do Paraguai e no nordeste da Argentina.
  • Turdus flavipes venezuelensis - ocorre do norte da Colômbia até o norte e oeste da Venezuela.
  • Turdus flavipes melanopleura - ocorre no nordeste da Venezuela, na Ilha Margarita e na Ilha de Trindade no Caribe.
  • Turdus flavipes polionotus - ocorre no sul da Venezuela, na Guiana e na região adjacente do norte do Brasil.
  • Turdus flavipes xanthoscelus - ocorrre na Ilha de Tobago no Caribe.

Continentes de Ocorrência

América do Sul

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • BirdLife International. 2016. Turdus flavipes. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22708676A94172008. Acessado em 9 Nov 2017.
  • Wikipedia contributors. "Yellow-legged Thrush." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 3 Jul 2017. Web 9 Nov 2017.
  • Sabiá-una (Turdus flavipes). WikiAves, a Enciclopédia das Aves do Brasil.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.