Pipira-de-uropígio-escarlate

Fotografia por Mick Thompson, CC BY-NC

Local da foto: Costa Rica

 Canon EOS-1D X Mark II (Canon)
Distância Focal: 840mm  •  Abertura: f/5.6  •  Tempo de Exposição: 1/500s  •  ISO: 400
Data em que a foto foi tirada: 13/04/2018
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Pipira-de-uropígio-escarlate

Ramphocelus passerinii
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Passeriformes
Família Thraupidae
Gênero Ramphocelus
Nome Científico Ramphocelus passeriniiBonaparte, 1831
Nome Inglês Scarlet-rumped Tanager, Passerini's Tanager, Cherrie's Tanager
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2018)

Descrição

A pipira-de-uropígio-escarlate, conhecida também como pipira-de-passerini e pipira-de-cherrie, é uma ave passeriforme da família Thraupidae.

A plumagem do macho da subespécie nominal da pipira-de-uropígio-escarlate, Ramphocelus passerinii passerinii, é uma combinação de preto aveludado contrastando com uma mancha vermelho escarlate brilhante que se estende do dorso inferior até o uropígio e coberteiras superiores da cauda. A fêmea da subespécie nominal tem a cabeça cinzenta, partes superiores marrom-amareladas/oliva-amareladas, mais clara e mais brilhante no uropígio. As asas e a cauda são marrom-escuras. Nas partes inferiores, a garganta é cinzenta e o restante das partes inferiores são marrom-amareladas/oliva-amareladas.

O macho da subespécie Ramphocelus passerinii costaricensis tem plumagem praticamente idêntica a do macho da subespécie nominal, mas o escarlate do uropígio e das coberteiras superiores da cauda, tem uma tonalidade ligeiramente mais alaranjada. No entanto, é difícil distinguir as duas subespécies.A fêmea dessa subespécie tem a cabeça cinzenta, dorso oliva-acastanhado, uropígio e coberteiras superiores da cauda alaranjados. As asas e a cauda são marrom-escuras. Nas partes inferiores, a garganta é cinzenta, o peito tem uma faixa laranja brilhante, e o restante das partes inferiores são oliva-acastanhadas.

Em ambos os sexos/subespécies, a íris é marrom-avermelhada a vermelha, o bico é azul-prateado com a ponta preta e a base da mandíbula inferior é ligeiramente expandida. As pernas e os pés são cinzentos.

A pipira-de-uropígio-escarlate tem 16 cm de comprimento e pesa entre 25,5 e 37 g.

O macho da pipira-de-uropígio-escarlate é muito semelhante ao macho da pipira-de-uropígio-de-fogo (Ramphocelus flammigerus), mas podem ser distinguidos pela extensão da região vermelha brilhante, que engloba o dorso inferior, uropígio e coberteiras da cauda na pipira-de-uropígio-escarlate.

Biologia

A dieta da pipira-de-uropígio-escarlate é composta de uma ampla variedade de frutos e insetos, e forrageia no chão e na folhagem. É uma espécie altamente gregária durante todo o ano, e pode ser encontrada em pares e em grupos de até cerca de 12 indivíduos.

O período de reprodução da pipira-de-uropígio-escarlate ocorre de março a setembro. O ninho tem formato de taça e é composto de tiras secas de folhas, materiais fibrosos, raízes, gavinhas e hifas de fungos. A ninhada consiste de 1 a 3 ovos. A cor dos ovos varia do azul pálido ao cinza-azulado, cinza pálido ou esbranquiçado. Os ovos podem ter manchas claras ou fortes, pontos finos e rabiscos de preto, variados tons de marrom e lilás-claro. O período de incubação é de 11 a 12 dias. Ambos os pais alimentam os filhotes, que deixam o ninho aproximadamente 12 dias após o nascimento.

Habitat

A pipira-de-uropígio-escarlate habita vegetação secundária e bordas de florestas em vez de florestas densas. Pode ser encontrada em pastos densos, plantações de todos os tipos, matas secundárias, matagais ribeirinhos e à beira de estradas, bordas de matas, clareiras e jardins.

Distribuição

A pipira-de-uropígio-escarlate é encontrada no México, Belize, Guatemala, Honduras, Nicarágua, Costa Rica e Panamá.

Subespécies

Diversos autores consideram a pipira-de-passerini (Ramphocelus passerinii) e a pipira-de-cherrie (Ramphocelus costaricensis) espécies distintas. De acordo com a AOS - American Ornithological Society e a NACC - North American Classification Committee (Chesser et al. 2018), essas 2 espécies são tratadas como pipira-de-uropígio-escarlate (Ramphocelus passerinii), com 2 subespécies:

  • Ramphocelus passerinii passerinii - ocorre na encosta do Atlântico da América Central, do sul do México (sudeste de Veracruz e nordeste de Oaxaca) até o oeste do Panamá (Ngöbe-Buglé).
  • Ramphocelus passerinii costaricensis - ocorre na encosta do Pacífico do sul da Costa Rica (Puntarenas) e no oeste do Panamá.

Continentes de Ocorrência

América do Norte

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • BirdLife International 2018. Ramphocelus passerinii. The IUCN Red List of Threatened Species 2018: e.T22722513A132154576. Acessado em 27 Dez 2018.
  • BirdLife International 2016. Ramphocelus costaricensis. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22729087A95005434. Acessado em 27 Dez 2018.
  • Title, P. O. and K. J. Burns (2010). Scarlet-rumped Tanager (Passerini's) (Ramphocelus passerinii passerinii), version 1.0. In Neotropical Birds Online (T. S. Schulenberg, Editor). Cornell Lab of Ornithology, Ithaca, NY, USA. Acessado em 27 Dez 2018.
  • Title, P. O. and K. J. Burns (2010). Scarlet-rumped Tanager (Cherrie's) (Ramphocelus passerinii costaricensis), version 1.0. In Neotropical Birds Online (T. S. Schulenberg, Editor). Cornell Lab of Ornithology, Ithaca, NY, USA. Acessado em 27 Dez 2018.
  • Hilty, S. (2018). Scarlet-rumped Tanager (Ramphocelus passerinii). In: del Hoyo, J., Elliott, A., Sargatal, J., Christie, D.A. & de Juana, E. (eds.). Handbook of the Birds of the World Alive. Lynx Edicions, Barcelona. Acessado em 27 Dez 2018.
  • Hilty, S. (2018). Cherrie's Tanager (Ramphocelus costaricensis). In: del Hoyo, J., Elliott, A., Sargatal, J., Christie, D.A. & de Juana, E. (eds.). Handbook of the Birds of the World Alive. Lynx Edicions, Barcelona. Acessado em 27 Dez 2018.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.