Pipira-de-máscara

Fotografia por Nick Athanas, CC BY-NC-SA

Local da foto: Província de Sucumbíos, Equador

 Canon EOS 5D Mark III (Canon)
Distância Focal: 420mm  •  Abertura: f/5.6  •  Tempo de Exposição: 1/320s  •  ISO: 500
Data em que a foto foi tirada: 01/06/2015
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Pipira-de-máscara

Ramphocelus nigrogularis
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Passeriformes
Família Thraupidae
Gênero Ramphocelus
Nome Científico Ramphocelus nigrogularis(Spix, 1825)
Nome Inglês Masked Crimson Tanager
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2018)

Descrição

A pipira-de-máscara, conhecida também como pipira-carmesim-de-máscara (tradução do nome inglês), é uma ave passeriforme da família Thraupidae.

A plumagem da pipira-de-máscara é carmesim brilhante e preta. O macho tem uma máscara facial preta, que abrange a base da testa, área ao redor dos olhos e a parte superior da garganta. A coroa, nuca, lados do pescoço e a parte inferior da garganta são de cor carmesim brilhante. O dorso inferior, uropígio e as coberteiras superiores da cauda também são de cor carmesim brilhante. O manto, asas e cauda são pretos. O peito superior é carmesim brilhante e uma grande mancha preta se estende do peito inferior até a barriga. As coxas são pretas. A parte posterior dos flancos e as coberteiras inferiores da cauda têm uma coloração mista de preto e vermelho. A fêmea tem uma plumagem semelhante à do macho, mas mais maçante, e a mancha da barriga é marrom-escura, não preta. Os juvenis têm plumagem muito mais maçante do que a fêmea adulta. A aparência é marrom-avermelhada, não carmesim brilhante, e as asas e a cauda são escuras, além do bico preto sólido. Em ambos os sexos, a íris é marrom-avermelhada. A mandíbula superior é preta e a mandíbula inferior, um pouco expandida na base, é branco-prateada brilhante com a ponta preta. As pernas e pés são cinza-escuras.

A pipira-de-máscara tem entre 17 e 19 cm de comprimento e pesa entre 27 e 36 g.

A pipira-de-máscara é parecida com o tangará-vermelhão (Calochaetes coccineus), mas esse não tem a barriga e o manto pretos.

Biologia

A dieta da pipira-de-máscara é composta principalmente de frutos, mas também consome pequenos insetos e até néctar de flores já abertas por alguma outra espécie de pássaro ou inseto. Flores de plantas da espécie Erythrina fusca também fazem parte da sua dieta e, enquanto se alimenta, tem contato com as anteras (porção terminal do estame das flores), tornando-se uma polinizadora importante.

A pipira-de-máscara geralmente é encontrada em grupos de 3 a 8 indivíduos, às vezes em pares e, com menos frequência, em grupos maiores de até 14 indivíduos. Geralmente se associa a bandos de espécies mistas, e interage especificamente com a pipira-vermelha (Ramphocelus carbo), muitas vezes de forma agressiva quando compete pelos mesmos recursos.

O período de reprodução da pipira-de-máscara ocorre entre as estações seca e chuvosa. A espécie é conhecida como uma reprodutora cooperativa (outros adultos ajudam a criar e proteger os filhotes).

Habitat

A pipira-de-máscara habita florestas de várzea, matas ciliares, florestas úmidas e matas secundárias. Pode vagar em áreas de clareiras dentro de florestas e é encontrada com frequência em bordas de florestas de várzea. Raramente é encontrada longe de corpos de água. É uma espécie predominantemente de planícies e ocorre até 600 m de altitude.

Distribuição

A pipira-de-máscara ocorre no centro, leste e sul da Colômbia, ao sul até o leste do Equador, leste do Peru, norte da Bolívia, e a leste, principalmente ao sul do rio Amazonas, até o centro-norte do Brasil (até o baixo Xingu, no leste do Pará).

Subespécies

Continentes de Ocorrência

América do Sul

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • BirdLife International 2018. Ramphocelus nigrogularis. The IUCN Red List of Threatened Species 2018: e.T22722497A132154155. Acessado em 15 Dez 2018.
  • Hilty, S. (2018). Masked Crimson Tanager (Ramphocelus nigrogularis). In: del Hoyo, J., Elliott, A., Sargatal, J., Christie, D.A. & de Juana, E. (eds.). Handbook of the Birds of the World Alive. Lynx Edicions, Barcelona. Acessado em 15 Dez 2018.
  • Masked Crimson Tanager (Ramphocelus nigrogularis), In Neotropical Birds Online (T. S. Schulenberg, Editor). Cornell Lab of Ornithology, Ithaca, NY, USA. Acessado em 15 Dez 2018.
  • A Guide to the Birds of Colombia. Steven L. Hilty, William L. Brown, Bill Brown. Princeton University Press. Pag. 624.
  • Wikipedia contributors. "Masked Crimson Tanager." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 01 Abr 2018. Web. 15 Dez 2018.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.