Pavão-azul

Fotografia por Jürgen Donauer, CC BY-NC-SA

Local da foto: Kuala Lumpur, Malásia

 Canon EOS 7D (Canon)
Distância Focal: 100mm  •  Abertura: f/7.0  •  Tempo de Exposição: 1/250s
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Pavão-azul

Pavo cristatus
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Galliformes
Família Phasianidae
Gênero Pavo
Nome Científico Pavo cristatusLinnaeus, 1758
Nome Inglês Blue Peafowl, Indian Peafowl, Common Peafowl, Blue Peacock, Common Peacock
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2016)

Descrição

O pavão-azul, conhecido também como pavão-indiano, é uma ave grande e colorida da família do faisão, Phasianidae. É a ave nacional da Índia.

O pavão-azul está entre as maiores e mais pesadas espécies da família Phasianidae. Seu tamanho, cor e formato da crista o torna inconfundível dentro da sua área de ocorrência nativa. O macho tem uma coloração azul metálica na coroa e as penas da cabeça são curtas e enroladas. A crista na cabeça tem formato de leque. Uma listra branca acima dos olhos e uma mancha branca com formato crescente abaixo dos olhos são formadas por uma pele branca e nua. Os lados da cabeça têm penas azuis esverdeadas iridescentes. O dorso tem penas verdes e bronze com marcas pretas e cobre. O escapulário e as asas são de cor castanho amarelado e com barras pretas, as penas primárias são castanhas e as secundárias são pretas. A longa cauda, na verdade, é formada pela cobertura da cauda superior alongada (mais de 200 penas - a cauda real tem apenas 20 penas) e quase todas estas penas terminam com uma elaborada mancha parecida com um olho. O macho tem uma espora na perna.

A fêmea do pavão-azul tem uma cabeça marrom-avermelhada com uma crista como no macho, mas as pontas são castanhas com bordas verdes. A parte superior do corpo é acastanhada com manchas pálidas. As penas primárias, penas secundárias e a cauda são marrom-escuras. A parte inferior do pescoço é verde metálica e as penas do peito são marrom-escuras com verde. As partes inferiores restantes são esbranquiçadas.

O pavão-azul tem entre 100 e 225 cm de comprimento do bico até a cauda e peso entre 4 e 6 kg. A fêmea é menor, com cerca de 95 cm de comprimento e peso entre 2 e 4 kg.

Biologia

Ativo durante o dia, o pavão-azul se alimenta no chão buscando sementes, frutos caídos e insetos. Apesar da sua dieta ser composta na maior parte por plantas e invertebrados, ele também se alimenta de pequenos roedores e répteis ocasionalmente. Durante à noite, o pavão-azul se empoleira em árvores onde há menos perigo de predação. Apesar do seu grande tamanho e, nos machos, a longa cauda, o pavão-azul é extremamente ágil e pode escapar rapidamente do perigo a pé ou voando.

A abertura da longa cauda e frequente agitação dela exibida pelos machos é uma forma espetacular de exibição para a fêmea e pode ser induzida não apenas pela presença da fêmea, mas também pela presença de outras espécies de aves e até seres humanos.

O pavão-azul é uma ave polígama e atinge a maturidade sexual aos 2 ou 3 anos de idade. O pico da temporada de reprodução no sul da Índia é de abril a maio, de janeiro a março no Sri Lanka e junho no norte da Índia. A fêmea coloca de 4 a 6 ovos em um buraco raso no solo ou em uma árvore se a predação é intensa, que são incubados por um período de 28 a 30 dias. Após a eclosão dos ovos, os filhotes são criados por cerca de 7 a 9 semanas e inicialmente são alimentados no bico pela mãe.

Habitat

Na sua área de ocorrência nativa o pavão-azul geralmente é encontrado habitando a vegetação rasteira em bosques e florestas abertas, geralmente perto de rios ou riachos. O pavão-azul é conhecido também por ocorrer em campos agrícolas, aldeias, e cada vez mais, em áreas mais urbanas.

Distribuição

A área de ocorrência nativa do pavão-azul inclui a Índia, Sri Lanka, Paquistão, Butão, Bangladesh e Nepal. Espécimes em cativeiro são encontrados em todo o mundo e, populações selvagens introduzidas, agora ocorrem na Austrália, Nova Zelândia, Bahamas e nos Estados Unidos.

Subespécies

Continentes de Ocorrência

Ásia

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • BirdLife International. 2016. Pavo cristatus. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22679435A92814454. Acessado em 05 Abr 2017.
  • Wikipedia contributors. "Indian Peafowl." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 03 Abr 2017. Web. 05 Abr 2017.
  • Indian Peafowl fact file on ARKive.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.