Pato-mandarim

Fotografia por Frank Vassen, CC BY

Local da foto: Bruxelas, Bélgica

 E-M1MarkII (OLYMPUS CORPORATION)
Distância Focal: 300mm  •  Abertura: f/4.5  •  Tempo de Exposição: 1/400s  •  ISO: 200
Data em que a foto foi tirada: 29/03/2018
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Pato-mandarim

Aix galericulata
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Anseriformes
Família Anatidae
Gênero Aix
Nome Científico Aix galericulata(Linnaeus, 1758)
Nome Inglês Mandarin Duck, Mandarin
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2016)

Descrição

O pato-mandarim, ou apenas mandarim, é uma bela espécie de pato da família Anatidae.

O macho do pato-mandarim é uma ave marcante e inconfundível na aparência. Tem um bico vermelho, uma grande área branca acima dos olhos e uma face avermelhada. Ele ostenta uma longa crista azul, verde e cobre que inclina-se abaixo de seu pescoço. O peito é roxo com duas barras brancas verticais. A fêmea é mais maçante na cor e, no geral, tem uma aparência cinza marcada por uma listra branca curva por trás dos olhos e uma série de manchas brancas nas partes inferiores.

O pato-mandarim é uma ave de porte médio, tem entre 41 e 49 cm de comprimento e entre 65 e 75 cm de envergadura de asas.

Biologia

O pato-mandarim se alimenta principalmente de plantas aquáticas e sementes. A espécie também adiciona moluscos, insetos e pequenos peixes em sua dieta.

Na cultura tradicional chinesa, os patos-mandarins são considerados um símbolo de carinho e fidelidade conjugal, pois acredita-se que estas aves formam casais que permanecem juntos por toda a vida.

Os patos-mandarins formam casais no início do inverno e podem continuar juntos por muitas temporadas. Apesar da fêmea escolher o local exato de nidificação, o macho acompanha a fêmea na busca pelo ninho. Os ninhos sempre são em um buraco na árvore e podem estar até nove metros do chão.

O tamanho da ninhada do pato-mandarim varia entre 9 e 12 ovos brancos que são colocados em intervalos diários. A incubação é feita exclusivamente pela fêmea e dura cerca de 28 a 30 dias. Quando todos os ovos eclodem (eles eclodem dentro de poucas horas um do outro), a mãe chama os patinhos do chão. Cada patinho então se arrasta para fora do buraco do ninho e se lança em uma queda livre. Surpreendentemente, todos os patinhos pousam ilesos e já estão prontos para sair com a mãe em busca de comida. Uma vez que os filhotes são capazes de voar (depois de 40 a 45 dias), eles deixam a mãe para se juntarem a um novo bando.

Habitat

Os habitats que o pato-mandarim prefere em sua área de reprodução são as bordas florestadas densas e arbustivas de rios e lagos. Ele ocorre principalmente em áreas mais baixas, mas pode reproduzir em vales a altitudes de até 1.500 m. Além disso, no verão ele ocorre em pântanos, campos alagados e rios abertos. Apesar de ter preferência por água doce, o pato-mandarim também pode ser visto invernando em lagoas costeiras e estuários.

Distribuição

O pato-mandarim ocorre no sudeste da Rússia, China, Japão e Coreia. A espécie foi introduzida na Grã-Bretanha e exportada para vários países. Os patos-mandarins encontrados na América do Norte geralmente são fugitivos de colecionadores.

Subespécies

Continentes de Ocorrência

Ásia

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Mandarin Duck." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 23 Mar 2017. Web. 05 Abr 2017.
  • Harris, M. 1999. "Aix galericulata" (On-line), Animal Diversity Web.
  • BirdLife International. 2016. Aix galericulata. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22680107A92843837.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.