Gavião-real

Fotografia por Rodrigo Soldon, CC BY-ND

Local da foto: Zoológico do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil

 NIKON D7000 (NIKON CORPORATION)
Distância Focal: 200mm  •  Abertura: f/5.6  •  Tempo de Exposição: 1/30s  •  ISO: 400
Data em que a foto foi tirada: 10/04/2012
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Gavião-real

Harpia harpyja
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Accipitriformes
Família Accipitridae
Gênero Harpia
Nome Científico Harpia harpyja(Linnaeus, 1758)
Nome Inglês Harpy Eagle, American Harpy Eagle
Estado de Conservação NT  - Quase Ameaçada (IUCN / 2016)

Descrição

O gavião-real, conhecido também como harpia, é uma ave da família Accipitridae e uma das maiores e mais poderosas aves de rapina do mundo.

O gavião-real tem as partes superiores de cor ardósia, uma cabeça e pescoço cinza e uma distinta crista dupla, que geralmente é levantada. As penas da face formam um disco facial. As partes inferiores são brancas, com uma ampla faixa preta no peito e várias faixas finas nas coxas.

Macho e fêmea são semelhantes na aparência, mas a fêmea é significativamente maior, pesando até duas vezes mais do que o macho. Os jovens têm uma coloração esbranquiçada que pode variar até o cinza, com uma crista esbranquiçada, partes superiores de cinza-acastanhadas e várias barras escuras na cauda. Os jovens se tornam gradualmente mais escuros com a idade e, aos quatro anos de idade, já estão com a plumagem adulta.

O gavião-real tem uma cauda longa e larga e asas arredondadas. Como muitas outras aves de rapina de florestas, suas asas são relativamente pequenas para o seu tamanho, proporcionando grande agilidade e permitindo também que ele desvie de galhos e árvores enquanto voa abaixo do dossel da floresta. O bico é grande, preto e fortemente curvado. As pernas e pés são grandes e robustos, com garras enormes. Todas estas características, juntamente com o seu grande tamanho, fazem do gavião-real um grande predador.

O gavião-real tem entre 89 e 102 cm de comprimento e uma envergadura de asas entre 176 e 224 cm. O macho pesa entre 4 e 4,8 kg e a fêmea pode pesar entre 6 e 9 kg.

Biologia

A dieta do gavião-real é composta de uma variedade de animais de médio porte, particularmente mamíferos como macacos e preguiças, bem como alguns mamíferos terrestres, como veados, queixadas, cutias, raposas e tatus. Ele se alimenta também de uma variedade de pássaros e répteis, incluindo araras, mutuns, serpentes e iguanas.

O gavião-real geralmente caça observando a sua presa em potencial a partir de uma posição privilegiada, antes de voar pela floresta com incrível rapidez e agilidade. A excelente audição e a disposição das penas da face em forma de disco ajudam a localizar suas presas pelo som.

O gavião-real é uma espécie monogâmica, geralmente visto sozinho ou em pares. O macho e a fêmea trabalham juntos na construção do ninho, que é uma grande plataforma de galhos construída no alto de uma árvore, forrada e decorada com folhas verdes. A fêmea geralmente coloca 2 ovos brancos, que são incubados por cerca de 56 dias. Na maioria dos casos, apenas um único filhote sobrevive. O macho traz comida para o ninho todos os dias durante o período de incubação.

O filhote empluma com cerca de 4 a 6 meses de idade e, após este período, ele se mantém próximo do local do ninho e é dependente dos pais por mais 8 a 12 meses. Ele pode permanecer perto do ninho até atingir 2 anos de idade. Como o filhote tem um desenvolvimento lento, os pais só reproduzem a cada 2 ou 3 anos. A maturidade sexual é atingida entre 4 e 6 anos de idade e pode viver entre 25 e 35 anos.

Habitat

O gavião-real habita florestas tropicais e subtropicais sempre-verdes, geralmente em elevações abaixo de 900 m, mas pode ser encontrada a até 2.000 m.

Distribuição

O gavião-real tem uma extensa área de ocorrência em toda a América Central e América do Sul, desde o sul do México, em direção ao sul até o Paraguai, sul do Brasil e nordeste da Argentina. A distribuição é esparsa e geralmente é rara em toda a sua área de ocorrência.

Subespécies

Continentes de Ocorrência

América do Norte, América do Sul

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Harpy Eagle." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 14 Mar 2017. Web. 28 Mar 2017.
  • Harpy Eagle fact file on ARKive.
  • Shaner, K. 2011. "Harpia harpyja" (On-line), Animal Diversity Web.
  • BirdLife International. 2016. Harpia harpyja. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22695998A93537912.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.