Cacatua-galah

Fotografia por Jurgen Otto, CC BY-NC-ND

Local da foto: Austrália

 Canon EOS DIGITAL REBEL (Canon)
Distância Focal: 400mm  •  Abertura: f/7.1  •  Tempo de Exposição: 1/1000s  •  ISO: 200
Data em que a foto foi tirada: 29/12/2004
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Cacatua-galah

Eolophus roseicapilla
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Psittaciformes
Família Cacatuidae
Gênero Eolophus
Nome Científico Eolophus roseicapilla(Vieillot, 1817)
Nome Inglês Galah Cockatoo, Galah, Rose-breasted Cockatoo, Roseate Cockatoo, Pink and Grey Cockatoo
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2016)

Descrição

A cacatua-galah, conhecida também como cacatua-de-peito-rosa, cacatua-rosada, cacatua-rosa-e-cinza ou apenas galah, é uma espécie de cacatua da família Cacatuidae.

A cacatua-galah tem o dorso e a parte traseira cinza-claros, enquanto sua cabeça, pescoço, partes inferiores e embaixo das asas têm uma coloração rosa-escura. O uropígio e a parte inferior da cauda são cinza-claros, e a cauda é cinza com uma ponta ligeiramente mais escura. A espécie tem uma crista móvel e curta que varia do branco ao rosa. As pernas são cinza, seu bico forte e curvado é branco acinzentado, e os olhos são rodeados por um anel saliente de pele nua vermelha/cinzenta ou branca/cinzenta. As asas sãp longas e arredondadas e a cauda é curta e quadrada. Ao contrário de outras espécies de cacatua, ela tem um voo potente e rápido, com batidas de asas plenas ao invés de batidas de asas superficiais. Machos e fêmeas são praticamente indistinguíveis na aparência, exceto pela cor dos olhos, que são marrom-escuros no macho e vermelhos a vermelhos rosados na fêmea. As jovens cacatuas-de-peito-roxo têm uma plumagem cinzenta nas partes inferiores e atingem a plumagem completa de adulto em cerca de um ano de idade.

A cacatua-galah tem cerca de 35 cm de comprimento e peso entre 270 e 350 g.

Biologia

Uma espécie altamente social, a cacatua-galah é vista frequentemente em grandes bandos que podem chegar a 1.000 indivíduos. Bandos enormes geralmente se juntam para fazer acrobacias barulhentas antes de se empoleirarem para passar a noite, e fora da época de reprodução podem se reunir para se alimentarem. Estes bandos muitas vezes se misturam com outras espécies de cacatua.

A cacatua-galah geralmente se alimenta no chão, onde ela reúne uma variedade de sementes, de cereais até gramíneas. Ela também come uma série de outros alimentos, incluindo frutas, brotos, flores e larvas de insetos. Embora esta espécie pode potencialmente ajudar a controlar certas ervas daninhas, ela também pode causar danos consideráveis em plantações.

No calor, bandos de cacatuas-galah podem passar grande parte do dia abrigados entre árvores e arbustos. Esta pequena cacatua está bem adaptada às condições quentes e áridas do interior da Austrália, sendo capaz de tolerar altas temperaturas e períodos consideráveis de desidratação. A cacatua-galah produz urina concentrada para minimizar a perda de calor, e também é capaz de se reidratar bebendo água salgada.

As cacatuas-galah formam casais para a vida toda. No norte da sua área de ocorrência, a cacatua-galah reproduz entre fevereiro e junho ou julho, mas em outras áreas, ela geralmente reproduz de julho até dezembro. A fêmea coloca entre 2 e 6 ovos brancos no oco de uma árvore, geralmente um eucalipto. Os ovos são incubados pelo macho e pela fêmea e eclodem após cerca de 22 a 26 dias. As jovens cacatuas deixam o ninho em cerca de 46 a 60 dias de idade. A taxa de sobrevivência das jovens cacatuas é bastante baixa, mas os indivíduos que sobrevivem podem potencialmente viver mais de 40 anos.

Habitat

A cacatua-galah ocupa uma variedade de habitats, incluindo bosques, regiões arbustivas e pradarias. Ela também se adapta bem a áreas urbanas, parques, pastagens e terras agrícolas, mas tende a evitar florestas densas.

Distribuição

A espécie de cacatua mais distribuída, a cacatua-galah ocorre na maior parte da Austrália, inclusive em algumas ilhas. Ela também foi introduzida na Tasmânia, onde em 1925 foi registrada a primeira reprodução da espécie.

Subespécies

  • Eolophus roseicapilla albiceps - ocorre no centro-leste e leste da Austrália ao sul até a Tasmânia.
  • Eolophus roseicapilla kuhli - ocorre no norte da Austrália (Território do Norte).
  • Eolophus roseicapilla roseicapilla - ocorre no centro-oeste e oeste da Austrália.

Continentes de Ocorrência

Austrália/Oceania

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Galah." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 29 Mar 2017. Web. 05 Abr 2017.
  • Galah fact file on ARKive.
  • BirdLife International. 2016. Eolophus roseicapilla. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22684758A93045379.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.