Atobá-de-pés-vermelhos

Fotografia por Gregg Yan, CC BY-SA

Local da foto: Parque Marinho do Recife de Tubbataha, Palawan, Filipinas

 NIKON D40 (NIKON CORPORATION)
Distância Focal: 135mm  •  Abertura: f/5.6  •  Tempo de Exposição: 1/2000s  •  ISO: 200
Data em que a foto foi tirada: 08/05/2012
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Atobá-de-pés-vermelhos

Sula sula
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Suliformes
Família Sulidae
Gênero Sula
Nome Científico Sula sula(Linnaeus, 1766)
Nome Inglês Red-footed Booby
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2016)

Descrição

O atobá-de-pés-vermelhos é uma grande ave marinha da família Sulidae. É a menor de todas as espécies de atobás, com cerca de 70 cm de comprimento, uma envergadura de asas de até 1 m e pesa aproximadamente 1 kg. Ele tem pernas e pés vermelhos e seu bico e garganta são rosa e azul na cor.

Incomum entre as espécies do gênero Sula, o atobá-de-pés-vermelhos tem várias morfias de cor. Na morfia branca, a plumagem é principalmente branca (a cabeça pode ser amarelada) e as penas de voo são pretas. A morfia branca de cauda preta é semelhante, mas com uma cauda preta, e pode ser facilmente confundido com o atobá-mascarado (Sula dactylatra) e com o atobá-de-nazca (Sula granti). A morfia marrom, é marrom no geral. A morfia marrom de cauda branca é semelhante, mas o ventre, anca e cauda são brancas. A morfia de cabeça branca e cauda branca tem a cabeça, cauda e corpo em grande parte brancas, e dorso e asas marrons. As morfias geralmente reproduzem juntas, mas na maioria das regiões uma ou duas morfias predominam, por exemplo, nas Ilhas Galápagos, a maioria pertence à morfia marrom, embora a morfia branca também ocorra. Os sexos são semelhantes e os jovens são acastanhados com asas mais escuras e pernas rosadas pálidas, enquanto os filhotes são cobertos em um branco denso.

Biologia

Apesar do atobá-de-pés-vermelhos poder voar por longas distâncias com grande facilidade, levantar voo é extremamente difícil e a ave depende muito do vento. Sem uma brisa, o atobá-de-pés-vermelhos se esforça para levantar voo, ao mesmo tempo correndo um pouco e voando um pouco para ganhar impulso. Na água o atobá-de-pés-vermelhos empurra os dois pés para trás simultaneamente e salta para a frente na direção do vento para decolar da superfície.

O atobá-de-pés-vermelhos forrageia principalmente durante o dia, mergulhando brevemente embaixo das ondas para capturar lulas e peixes voadores. Ele é visto com frequência se alimentando em associação com outros predadores, como o atum e o golfinho, que se juntam e perseguem cardumes de peixes em direção à superfície. Muitas vezes, o atobá-de-pés-vermelhos desliza por longas distâncias logo acima da crista das ondas à procura de presas.

O atobá-de-pés-vermelhos é uma ave altamente gregária, formando grandes colônias de reprodução, geralmente no final de janeiro e setembro. O macho atrai a fêmea através de uma exibição, na qual ele lança sua cabeça para trás até que seu bico esteja apontando diretamente para cima. Os casais podem permanecer juntos durante várias temporadas, eles fazem elaborados rituais de saudação, incluindo grasnidos e a exibição da garganta azul do macho, incluindo também danças curtas.

O ninho do atobá-de-pés-vermelhos é construído em cima de um arbusto ou entre os galhos de uma árvore pequena, com gravetos e pequenos galhos coletados pelo macho. A fêmea coloca um único ovo, que é incubado por ambos os sexos por um período de cerca de 45 dias. Após a eclosão, os filhotes emplumam e saem do ninho quando estão com cerca de 3 meses de idade. Esta espécie pode viver, em média, 23 anos na natureza.

Habitat

O atobá-de-pés-vermelhos é uma espécie em grande parte pelágica, só vindo à terra para reproduzir, buscando ilhotas de vegetação abundante para se empoleirar. Ele habita ilhas e regiões costeiras nos trópicos, porque ele se alimenta de peixes nas regiões pelágicas do oceano.

Distribuição

O atobá-de-pés-vermelhos tem uma distribuição tropical, abrangendo o Caribe, sudoeste do Oceano Atlântico e os Oceanos Índico e Pacífico.

Subespécies

  • Sula sula sula - ocorre nas ilhas do Caribe e costa do Brasil.
  • Sula sula rubripes - ocorre em ilhas no Oceano Pacífico tropical e em ilhas do Oceano Índico.
  • Sula sula websteri - ocorre nas ilhas da costa oeste do México, na América Central e Ilhas Galápagos.

Continentes de Ocorrência

África, América do Norte, América do Sul, Ásia, Austrália/Oceania

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Red-Footed Booby." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 04 Mar 2017. Web. 06 Abr 2017.
  • Red-Footed Booby fact file on ARKive.
  • Frank, R. 2002. "Sula sula" (On-line), Animal Diversity Web.
  • BirdLife International. 2016. Sula sula. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22696694A93579530.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.