Águia-americana

Fotografia por Andy Morffew, CC BY-ND

Local da foto: Baía Kachemak, Alasca

 Canon EOS-1D X (Canon)
Distância Focal: 400mm  •  Abertura: f/5.6  •  Tempo de Exposição: 1/4000s  •  ISO: 1000
Data em que a foto foi tirada: 14/03/2016
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Águia-americana

Haliaeetus leucocephalus
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Accipitriformes
Família Accipitridae
Gênero Haliaeetus
Nome Científico Haliaeetus leucocephalus(Linnaeus, 1766)
Nome Inglês American Eagle, Bald Eagle, White-headed Eagle, White-headed Fish Eagle, White-headed Sea Eagle
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2016)

Descrição

A águia-americana, conhecida também como águia-de-cabeça-branca e águia-pescadora-de-cabeça-branca, é uma grande espécie de águia marinha da família Accipitridae, e é a ave nacional e o animal nacional dos Estados Unidos.

A plumagem de uma águia-americana adulta é uniformemente marrom-escura. A cabeça e a cauda são brancas. A cauda é moderadamente longa e arredondada. Machos e fêmeas são idênticos na coloração da plumagem, mas o dimorfismo sexual é evidente na espécie - as fêmeas são 25% maiores do que os machos. O bico, pés, e íris são de cor amarelo brilhante. As pernas não têm penas, e os dedos são curtos e poderosos com grandes garras. A garra altamente desenvolvida do dedo traseiro é usada para perfurar as áreas vitais da presa enquanto ela é mantida imóvel pelos dedos dianteiros. O bico é grande e em forma de gancho. Os indivíduos imaturos têm uma plumagem marrom-escura, salpicada de branco até o quinto ano de idade, quando atingem a maturidade sexual.

A águia-americana tem entre 70 e 102 cm de comprimento, uma envergadura de asas entre 180 e 230 cm, e peso entre 3 e 6,3 kg.

Biologia

A águia-americana é um predador poderoso e oportunista, alimentando-se de uma variedade de presas, incluindo mamíferos, aves, répteis, anfíbios, crustáceos, peixes e carniça. As águias-americanas podem se reunir em grandes grupos em locais de alimentação, como por exemplo, nos locais onde os salmões desovam, e podem se concentrar em grandes números de até 1.000 ou mais indivíduos.

A águia-americana é uma espécie monogâmica. A época de reprodução varia com a localização, de abril a agosto no Alasca e no Canadá, e de novembro a março no sul dos Estados Unidos. O casal se torna altamente territorial durante esta época. O ninho geralmente é construído em uma grande árvore ou, às vezes, no solo ou em um penhasco. O casal constrói o ninho com galhos secos, e é forrado com grama, musgo algas ou outra vegetação. A fêmea coloca de 1 a 3 ovos brancos, que eclodem após um período de incubação de cerca de 35 dias. As jovens águias emplumam em cerca de 75 a 80 dias, mas permanecem dependentes dos adultos até um período adicional de 6 semanas. Esta espécie atinge a maturidade sexual aos 5 anos de idade e pode viver até 28 anos na natureza e 36 anos em cativeiro.

Habitat

A águia-americana geralmente reproduz em áreas florestadas próximas de grandes corpos de água, como rios, lagos, reservatórios e áreas costeiras, mas também pode ser encontrada em regiões mais áridas no sul da sua área de ocorrência.

Distribuição

A águia-americana é encontrada em todo o Canadá e Estados Unidos e, marginalmente, no México. Indivíduos vagantes também foram registrados em Belize, Bermudas, Porto Rico e nas Ilhas Virgens, e até mesmo na Irlanda.

Subespécies

  • Haliaeetus leucocephalus leucocephalus - ocorre localmente do sul dos Estados Unidos até o noroeste do México.
  • Haliaeetus leucocephalus washingtoniensis - ocorre localmente nas Ilhas Aleutas, Alasca, Canadá e norte dos Estados Unidos.

Continentes de Ocorrência

América do Norte

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Bald Eagle." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 06 Abr 2017. Web. 06 Abr 2017.
  • Bald Eagle fact file on ARKive.
  • BirdLife International. 2016. Haliaeetus leucocephalus. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22695144A93492523.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.