Abutre-de-dorso-branco

Fotografia por Mark Abel, CC BY-NC-SA

Local da foto: KwaZulu-Natal, África do Sul

 Canon EOS 7D Mark II (Canon)
Distância Focal: 100mm  •  Abertura: f/4.0  •  Tempo de Exposição: 1/320s  •  ISO: 2500
Data em que a foto foi tirada: 07/09/2018
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Abutre-de-dorso-branco

Gyps africanus
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Aves
Ordem Accipitriformes
Família Accipitridae
Gênero Gyps
Nome Científico Gyps africanusSalvadori, 1865
Nome Inglês White-backed Vulture
Estado de Conservação CR  - Criticamente em Perigo (IUCN / 2016)

Descrição

O abutre-de-dorso-branco, conhecido também como abutre-de-dorso-branco-africano, é uma espécie de abutre do Velho Mundo da família Accipitridae.

Um abutre típico, o abutre-de-dorso-branco tem asas muito largas e penas da cauda curtas. A plumagem é marrom-escura com pele preta no pescoço e na cabeça, tornando o dorso inferior branco, para o qual é nomeado, ainda mais proeminente. Os olhos são pretos. O bico é preto, forte e ligeiramente em forma de gancho, contrastando com a sua coroa pálida. À medida que envelhecem, a plumagem dos adultos se torna mais pálida, especialmente a das fêmeas. Os juvenis são mais escuros, com faixas marrons mais claras em suas penas.

O abutre-de-dorso-branco tem 94 cm de comprimento, 2,1 m de envergadura de asas e peso entre 4,1 e 7,2 g.

Biologia

Como outros abutres, o abutre-de-dorso-branco é necrófago, se alimentando de carniça e fragmentos de ossos de grandes carcaças, principalmente músculos macios e tecidos de órgãos. Com suas asas grandes e largas, pode voar e circular durante horas em busca de carniça, às vezes seguindo ungulados à medida que fazem suas migrações regulares.

A excelente visão do abutre-de-dorso-branco permite avistar carcaças do alto enquanto voa. Além disso, ele também fica atento a outros abutres, seguindo-os rapidamente ao ver os mesmos descendo ao solo repentinamente. Até centenas de abutres podem se reunir em uma grande carcaça, como a de um elefante-africano-da-savana (Loxodonta africana), por exemplo. Com tantas aves tentando se alimentar, as lutas são inevitáveis. Na grande agitação que ocorre durante a alimentação de tantas aves juntas, os abutres inserem seus pescoços sob a pele da carcaça ou rastejam na caixa torácica enquanto se alimentam dos restos do animal morto. Após terminarem a refeição, os abutres podem se banhar com outras espécies em um local favorito, ou podem descansar com suas asas abertas e costas para o sol.

O abutre-de-dorso-branco é uma espécie monogâmica e geralmente semicolonial, nidificando isoladamente ou em colônias soltas de 2 a 13 aves. A reprodução tem início na estação seca. O ninho é uma plataforma de gravetos/galhos, forrado com grama e folhas verdes, situado na copa ou garfo de uma árvore grande. A fêmea geralmente coloca um único ovo, que é incubado por 56 dias. O filhote cinza pálido é alimentado por ambos os pais até desenvolver sua plumagem, que ocorre entre 120 e 130 dias de idade.

Habitat

O abutre-de-dorso-branco é uma espécie de planície. Ele habita savana aberta e arborizada, particularmente áreas com Acacia.

Distribuição

O abutre-de-dorso-branco ocorre do Senegal, Gâmbia e Mali no oeste, em toda a região do Sahel até a Etiópia e Somália no leste, pela África Oriental em Moçambique, Zimbábue, Botsuana, Namíbia e África do Sul no sul.

Subespécies

Continentes de Ocorrência

África

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • BirdLife International. 2016. Gyps africanus. The IUCN Red List of Threatened Species 2016: e.T22695189A93495033. Acessado em 20 Mai 2017.
  • White-Backed Vulture fact file on ARKive.
  • Wikipedia contributors. "White-Backed Vulture." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 12 Mar 2017. Web. 20 Mai 2017.
  • Biodiversity Explorer.
  • Clements, J. F., T. S. Schulenberg, M. J. Iliff, D. Roberson, T. A. Fredericks, B. L. Sullivan, and C. L. Wood. 2018. The eBird/Clements checklist of birds of the world: v2018.

Mais Espécies de Aves

Conheça mais espécies de Aves selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.