Tritão-oriental

Fotografia por Patrick Randall, CC BY-NC-SA

Local da foto: Massachusetts, Estados Unidos

 NIKON D7000 (NIKON CORPORATION)
Distância Focal: 105mm  •  Abertura: f/16.0  •  Tempo de Exposição: 1/60s  •  ISO: 1600
Data em que a foto foi tirada: 20/08/2015
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Tritão-oriental

Notophthalmus viridescens
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Amphibia
Ordem Caudata
Família Salamandridae
Gênero Notophthalmus
Nome Científico Notophthalmus viridescens(Rafinesque, 1820)
Nome Inglês Eastern Newt
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2015)

Descrição

O tritão-oriental é uma espécie de salamandra semiaquática da família Salamandridae.

O tritão-oriental tem três estágios de vida: (1) larva aquática ou girino, (2) estágio juvenil terrestre, e (3) adulto aquático.

No estágio de larva, a larva possui brânquias e não deixa o ambiente da poça/lago onde nasceu. A larva tem uma coloração marrom/verde e perde as brânquias quando passa para a fase juvenil terrestre.

No estágio juvenil terrestre, esse tritão é vermelho alaranjado na cor, com manchas vermelhas escuras delineadas em preto. O padrão destas manchas difere entre as subespécies. Durante esse estágio, o tritão juvenil pode viajar distante, atuando como um dispersor de uma poça/lago para outra, garantindo o cruzamento na população.

Depois de dois ou três anos, o tritão juvenil encontra um lago e se transforma em um adulto aquático. A pele do adulto é verde-oliva, mas mantém as características manchas vermelhas. Ele tem uma cauda maior e mais ampla, pele viscosa e o ventre é amarelo. Quando adulto tem entre 7 e 12 cm de comprimento.

Biologia

O tritão-oriental se move rapidamente na água, mas é lento em terra. As larvas são bastante sedentárias, fixando-se no fundo da água para se esconder. Os juvenis são noturnos e mais ativos em noites chuvosas. Os adultos retornam para a água e passam o resto de suas vidas lá, muitas vezes forrageando de dia e à noite.

A época de reprodução começa no final do inverno e dura até o início da primavera. Nesse momento, a fêmea é pesada com os ovos e busca ativamente um macho. A fêmea coloca entre 200 e 400 ovos submersos na vegetação e não tem nenhum cuidado parental depois que deposita seus ovos. A incubação dos ovos é um pouco dependente da temperatura, mas geralmente dura de 3 a 8 semanas. No início do outono, três ou quatro meses depois, as larvas aquáticas perdem suas brânquias, adquirem pulmões e emergem para a terra como juvenis. O tritão-oriental pode viver entre 12 e 15 anos, mas a mortalidade é alta nas larvas e ovos.

As larvas aquáticas do tritão-oriental se alimentam de pequenos invertebrados, incluindo pulgas aquáticas, caracóis, e larvas de besouro. Os juvenis terrestres se alimentam de pequenos invertebrados. Os adultos não têm uma dieta especializada, comendo qualquer pequeno invertebrado que encontrarem.

Habitat

O tritão-oriental habita florestas decíduas e de coníferas. As larvas e os adultos vivem em pequenos corpos de água doce (poças, pequenos lagos, canais e pântanos) geralmente com lama no fundo. Os adultos podem sobreviver na terra se o seu habitat aquático se tornar inadequado. Os juvenis, no estágio terrestre, vivem em habitats nas margens de bosques e frequentemente são vistos nos detritos da floresta em noites chuvosas.

Distribuição

O tritão-oriental é uma das poucas espécies da família Salamandridae nativas da América do Norte. Esta salamandra ocorre na maior parte do leste da América do Norte, desde as províncias marítimas canadenses até os Grandes Lagos, e ao sul até o Texas, Alabama, Geórgia e Flórida.

Continentes de Ocorrência

América do Norte

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Eastern Newt." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 13 Mar. 2017. Web. 1 Apr. 2017.
  • Riemland, S. 2000. "Notophthalmus viridescens" (On-line), Animal Diversity Web.
  • New Hampshire Fish and Game
  • IUCN SSC Amphibian Specialist Group. 2015. Notophthalmus viridescens. The IUCN Red List of Threatened Species 2015: e.T59453A78906143.

Mais Espécies de Anfíbios

Conheça mais espécies de Anfíbios selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.