Salamandra-de-manchas-amarelas

Fotografia por John Clare, CC BY-NC-ND

Local da foto: Montanhas Apalaches, Estados Unidos

 NIKON D7200 (NIKON CORPORATION)
Distância Focal: 40mm  •  Abertura: f/8.0  •  Tempo de Exposição: 1/125s  •  ISO: 320
Data em que a foto foi tirada: 05/11/2015
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Salamandra-de-manchas-amarelas

Ambystoma maculatum
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Amphibia
Ordem Caudata
Família Ambystomatidae
Gênero Ambystoma
Nome Científico Ambystoma maculatum(Shaw, 1802)
Nome Inglês Yellow-spotted Salamander, Spotted Salamander
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2015)

Descrição

A salamandra-de-manchas-amarelas é um anfíbio da família Ambystomatidae.

Como a maioria das salamandras toupeiras, a salamandra-de-manchas-amarelas é robusta e tem focinho largo. A cor principal dessa salamandra é a preta, mas pode ser preta azulada, cinza-escura, verde-escura ou até marrom-escura. Duas linhas irregulares de manchas laranjas amareladas correm da parte superior da cabeça (perto dos olhos) até a ponta da cauda. Curiosamente, as manchas da salamandra-de-manchas-amarelas perto do topo da sua cabeça são mais laranja, enquanto as manchas no resto do seu corpo são mais amarelas. A parte inferior é cinza-ardósia e rosa. Em comparação com outras salamandras, o corpo desta espécie é robusto com um focinho amplamente arredondado. Os lados da cabeça geralmente são inchados na parte de trás da mandíbula. As pernas são grandes e fortes com 4 a 5 dedos.

Os adultos têm entre 15 e 25 cm de comprimento, e as fêmeas tendem a ser maiores do que os machos.

Esta salamandra tem glândulas de veneno na pele, principalmente no dorso e cauda. Estas glândulas liberam um líquido branco tóxico pegajoso quando o animal é ameaçado.

Biologia

A salamandra-de-manchas-amarelas adulta é muito sedentária, movendo-se apenas de acordo com a necessidade de encontrar alimento e refúgios subterrâneos frescos e úmidos, e somente nas noites úmidas e chuvosas. Ela permanece escondida se as condições são muito frias, quentes ou muito seca.

As larvas da salamandra-de-manchas-amarelas são predadores muito agressivos. São generalistas, comendo qualquer pequeno animal que puderem capturar. Quando elas eclodem, se alimentam de pequenos insetos e crustáceos. À medida que se tornam maiores capturam presas maiores, incluindo isópodes, anfípodes, insetos maiores, girinos e outras larvas de salamandra. Em tempos de escassez de alimento as larvas podem se tornar canibais e atacar membros de sua própria espécie. Salamandras adultas usam a sua língua pegajosa para capturar alimentos. Sua dieta consiste principalmente de invertebrados do solo da floresta, incluindo minhocas, caracóis e lesmas, centopeias, lacraias, aranhas e uma grande variedade de insetos.

A salamandra-de-manchas-amarelas começa a migração para as poças de reprodução à noite, durante a primeira chuva após o degelo da neve. Os machos respondem mais rapidamente à chuva e se movem mais rápidos do que as fêmeas, assim chegam primeiro. Eles também permanecem mais tempo nas poças do que as fêmeas, provavelmente para aumentarem suas chances de fertilizar mais ovos a cada ano. O número de machos presentes nas poças de reprodução é maior do que o número de fêmeas, assim quando as fêmeas chegam, os machos nadam vigorosamente, esfregando e cheirando o outro. Os machos produzem bolhas de esperma chamadas de espermatóforos (até 80 por macho), e as fêmeas levam esses espermatóforos em seus corpos para fertilizarem seus ovos. Cada macho pode fecundar várias fêmeas, e cada fêmea pode levar espermatóforos de vários machos. Cada fêmea coloca cerca de 100 a 300 ovos ou mais por ano.

As larvas da salamandra-de-manchas-amarelas se escondem nos detritos do fundo da poça quando detectam potenciais predadores, mas quando não estão ameaçadas por animais maiores, são predadores agressivos. Depois que se transformam de larvas aquáticas para a forma adulta terrestre, as salamandras-de-manchas-amarelas se dispersam de suas poças nas noites chuvosas. Quando estão prontas para a reprodução, estas salamandras normalmente retornam para as poças onde nasceram.

Leva alguns anos para a salamandra-de-manchas-amarelas se tornar reprodutivamente madura, e o tempo necessário é fortemente afetado pelo clima em que vive. Nas partes mais quentes da sua área de ocorrência, ela pode estar pronta para a reprodução em 2 ou 3 anos, mas mais ao norte, os machos podem levar 5 ou 6 anos e as fêmeas até sete anos. Na natureza, esta espécie vive, em média, 20 anos.

Habitat

A salamandra-de-manchas-amarelas é mais abundante em florestas decíduas ao longo dos rios, mas pode ser encontrada em florestas de coníferas ou mistas se o clima é suficientemente úmido e se existem lagoas adequadas para a reprodução. Os adultos raramente são vistos, porque passam a maior parte do tempo se escondendo na serrapilheira, sob a madeira caída ou em túneis abaixo do solo.

Distribuição

A salamandra-de-manchas-amarelas é encontrada no leste dos Estados Unidos e Canadá. Sua ocorrência se estende desde a Nova Escócia ao Lago Superior, até o sul da Geórgia e Texas.

Continentes de Ocorrência

América do Norte

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • Wikipedia contributors. "Spotted Salamander." Wikipedia, The Free Encyclopedia. Wikipedia, The Free Encyclopedia, 9 Mar. 2017. Web. 1 Apr. 2017.
  • Stout, N. and G. Hammond 2007. "Ambystoma maculatum" (On-line), Animal Diversity Web.
  • IUCN SSC Amphibian Specialist Group. 2015. Ambystoma maculatum. The IUCN Red List of Threatened Species 2015: e.T59064A56540295.

Mais Espécies de Anfíbios

Conheça mais espécies de Anfíbios selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.