Rã-venenosa-de-barriga-amarela

Fotografia por Diego Gómez, CC BY-NC

Local da foto: Colômbia

 Canon EOS REBEL T2i (Canon)
Distância Focal: 53mm  •  Abertura: f/8.0  •  Tempo de Exposição: 1/125s  •  ISO: 200
Data em que a foto foi tirada: 26/05/2011
  NÃO reproduza o conteúdo deste site sem autorização!

Rã-venenosa-de-barriga-amarela

Andinobates fulguritus
Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Amphibia
Ordem Anura
Família Dendrobatidae
Gênero Andinobates
Nome Científico Andinobates fulguritus(Silverstone, 1975)
Nome Inglês Yellow-bellied Poison Frog ,Yellowbelly Poison Frog
Estado de Conservação LC  - Pouco Preocupante (IUCN / 2018)

Descrição

A rã-venenosa-de-barriga-amarela é uma espécie de rã venenosa da família Dendrobatidae.

A rã-venenosa-de-barriga-amarela tem uma cor de fundo dourada, amarela ou verde-amarela. Ela tem listras laterais pretas incompletas e listras dorsolaterais completas. Os flancos são pretos e a superfície ventral é amarela. O abdômen é dourado ou amarelo com manchas pretas. Existem duas manchas pretas em ambos os lados da garganta e uma mancha preta mediana na garganta que, em alguns indivíduos, se unem. A parte anterior do dorso tem uma listra mediana incompleta. Os indivíduos variam ligeiramente em suas listras medianas incompletas e no padrão de listras dorsolaterais. O padrão na garganta também pode variar ligeiramente, bem como o padrão ventral, que pode ser marmoreado ou manchado. A íris dessa espécie é preta.

O dorso da rã-venenosa-de-barriga-amarela é ligeiramente granulado e o ventre é moderadamente granulado. A ponta do focinho é arredondada e o tímpano é redondo. Essa espécie tem um comprimento rostro-cloacal que varia entre 13,5 e 16,5 mm.

Biologia

A rã-venenosa-de-barriga-amarela é uma espécie diurna e terrestre, mas pode ser encontrada em folhas ou axilas de plantas da família Araceae e do gênero Heliconia até 1,5 m acima do solo.

A dieta da rã-venenosa-de-barriga-amarela na natureza é composta de insetos da ordem Hymenoptera e do grupo Acarina.

Durante o acasalamento, o macho da rã-venenosa-de-barriga-amarela conduz a fêmea para um local adequado, deposita o esperma e folhas. Em seguida, a fêmea coloca de 1 a 5 ovos. Não ocorre amplexo entre o macho e a fêmea. O cuidado parental é continuado pelo macho que visita a ninhada de forma irregular e transporta as larvas individualmente ou em pequenos grupos, do solo da floresta para diferentes corpos de água dentro de bromélias. Depois disso, as larvas são deixadas sozinhas e continuam o seu desenvolvimento. As fêmeas começam a depositar ninhadas após 9 meses de idade. Os machos começam a vocalizar com 6 meses de idade.

Habitat

A rã-venenosa-de-barriga-amarela habita florestas tropicais úmidas e pode não tolerar florestas degradadas.

Distribuição

A rã-venenosa-de-barriga-amarela é encontrada na Colômbia e no Panamá. Ocorre desde as cordilheiras central e oriental do Panamá até as planícies do Pacífico da Colômbia. É encontrada em altitudes entre 160 e 800 m na Colômbia, talvez em altitudes maiores no Panamá.

Veneno

Assim como outros dendrobatídeos, a rã-venenosa-de-barriga-amarela tem toxinas na pele. Ela produz Pumiliotoxina A e Decaidroquinolina.

Continentes de Ocorrência

América do Norte, América do Sul

Elaboração e Tradução de Texto (Inglês / Espanhol para Português)

  • Terra Selvagem (by LS).

Referências

  • IUCN SSC Amphibian Specialist Group 2018. Andinobates fulguritus. The IUCN Red List of Threatened Species 2018: e.T55184A54344458. Acessado em 26 Mar 2019.
  • AmphibiaWeb 2012. Andinobates fulguritus: Yellow-bellied Poison Frog. University of California, Berkeley, CA, USA.
  • Dendrobates.org

Fotos da Espécie

Mais Espécies de Anfíbios

Conheça mais espécies de Anfíbios selecionadas pelo Terra Selvagem.

Você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Saiba que dependemos exclusivamente de anúncios para manter o Terra Selvagem no ar.

Para continuar navegando, desabilite seu bloqueador de anúncios ou adicione o endereço www.terraselvagem.com à lista branca de sites do seu bloqueador de anúncios.