Felinos Tigre Dourado Uma variação de cor extremamente rara, causada pela ação de um gene recessivo produz um raro e magnífico animal.
Foto: Tigre Dourado

Fotografia por Tambako the Jaguar, CC BY-NC-ND


COMPARTILHE

Tigre Dourado

O tigre dourado, conhecido também como tigre malhado dourado ou tigre morango, é um tigre com uma variação de cor extremamente rara, causada pela ação de um gene recessivo que atualmente é encontrado apenas em tigres em cativeiro. Assim como o tigre branco, o tigre dourado se trata de uma variação de cor e não de uma espécie diferente. O gene responsável por esta cor incomum está associado com as listras da pele, enquanto que nos tigres brancos, se trata de um gene inibidor de cor (chinchilla). Atualmente, acredita-se que existam menos de 30 destes raros tigres no mundo, mas muitos tigres são portadores do gene recessivo.

Embora nenhum nome oficial tenha sido designado para a cor, muitas vezes ele é chamado de tigre morango, devido a coloração loira/morango. A pele branca e as manchas douradas do tigre dourado criam uma beleza singular. Suas listras são muito mais claras do que o habitual e podem "desbotar" em pontos ou em grandes manchas proeminentes. Tigres dourados também tendem a ser maiores e, devido ao efeito do gene recessivo sobre o pelo, seu pelo é mais macio do que seus parentes alaranjados.

Assim como seus primos brancos, todos os tigres dourados têm origem, principalmente, do tigre-de-bengala (Panthera tigris tigris), mas são geneticamente poluídos com os genes do tigre-siberiano (Panthera tigris altaica), através de um tigre branco chamado Tony, que é um ancestral comum de quase todos os tigres brancos na América do Norte. A ideia de que esta coloração é causada pela reprodução deliberada de tigres-siberianos com tigres-de-bengala é um mito popular baseado neste fato. Todos os tigres dourados estão relacionados a um ancestral comum, um macho chamado Bhim descendente direto de Tony.

Tigres Dourados na Natureza

A Índia tem registros de tigres-dourados selvagens que datam até o início da década de 1900. Havia uma teoria de que a tendência para esta coloração foi gradualmente desenvolvida em um pequeno grupo de tigres que viviam em uma área de concentração de argila pesada. A cor incomum daria a estes tigres uma camuflagem extra. A teoria ainda não foi provada, no entanto, a consanguinidade de um pequeno grupo isolado de tigres poderia fazer o gene recessivo do tigre dourado aparecer se pelo menos um destes tigres carregassem o gene recessivo para a cor dourada e fosse reproduzido com os seus próprios filhos (como tem acontecido em cativeiro). Tigres dourados podem ocorrer na mesma ninhada com poucas listras ou quase sem listras. Isto se deve ao efeito do gene de listras largas sobre a cor laranja normal e a cor branca, respectivamente. A mutação de listras largas não é encontrada apenas em tigres brancos e também pode ser carregada por tigres coloridos normais; no entanto, os portadores do gene de listras largas, provavelmente, já não são mais encontrados na natureza. Tigres dourados nascidos na natureza poderiam estar em desvantagem, pois são bem menos camuflados que os tigres normais de cor laranja.

Os últimos tigres dourados selvagens conhecidos foram mortos fora de Mysore Pradesh, na Índia no início do século 20.

Hoje, existem menos de 30 destes belos animais no mundo, mostrando o quão raro estes tigres realmente são. No entanto, existem tigres confirmados que carregam o gene do tigre dourado, aumentando suas chances de reprodução. Como o tigre dourado não é uma subespécie de tigre, biólogos e cientistas declararam que não vão gastar muito tempo, dinheiro e esforços para proteger este gene. No entanto, conservacionistas da vida selvagem e zoológicos têm muito interesse nestas raras criaturas pela sua "beleza e inteligência".

Tigres Dourados em Zoológicos

Poucos zoológicos têm criado ou exibido tigres dourados e muitos não têm conhecimento da cor ou o seu modo de herança. Por isso, geralmente aparecem por acaso, quando reproduzem tigres de cor laranja e tigres brancos juntos. Como os tigres brancos e tigres de coloração normal heterozigotos portadores do gene de listras largas são comercializados e emprestados entre zoológicos e circos para a reprodução, este gene se torna mais generalizado. Quando seus descendentes são acasalados juntos, a cor do tigre dourado é passada para os descendentes se ambos os pais são portadores do gene. A menos que ocorra nascimentos de filhotes dourados, os zoológicos podem não ter ideia de que os pais carregam este gene.

O primeiro filhote de tigre dourado nascido em cativeiro foi em 1983, e este veio de tigres-de-bengala laranja, que carregavam os genes recessivos para ambas as cores branca e dourada. Ele nasceu em DeLand, Flórida.

COMPARTILHE