Tucano-toco  Ramphastos toco
Foto: Tucano-toco

Fotografia por © ogniets


Compartilhar

Mapa

Área de distribuição / © IUCN


Espécie

Nome Comum
Tucano-toco

Nome em Inglês
Toco Toucan

Nome Científico
Ramphastos toco

O tucano-toco, conhecido também como tucano-açu, é o maior e provavelmente a espécie mais conhecida da família dos tucanos.

O tucano-toco tem uma plumagem impressionante, com um corpo principalmente preto e garganta branca, a plumagem embaixo da cauda é avermelhada. O que parece ser uma íris azul é na verdade, uma fina pele azul ao redor dos olhos. Essa pele azul está rodeada por outro anel de pele laranja. A característica mais notável, no entanto, é o seu enorme bico, que é amarelo-alaranjado, com uma base preta e uma grande mancha na ponta. Parece pesado, mas como em outros tucanos, é relativamente leve em grande parte porque o interior é oco. A língua é quase tão longa quanto o bico e muito plana. Com um comprimento total de 55-65 cm, incluindo o bico que mede quase 20 cm, e um peso de 500-860 g, é a maior espécie de tucano e o maior representante da ordem Piciformes. Os machos são maiores do que fêmeas.

Ele ocorre na Argentina, Bolívia, Brasil, Guiana Francesa, Guiana, Paraguai, Peru e Suriname. Ao contrário dos outros membros do gênero Ramphastos, o tucano-toco é uma espécie essencialmente não-florestal. Pode ser encontrado em uma grande variedade de habitats semi-abertos, tais como regiões arborizadas, cerrado e outros habitats abertos com árvores dispersas, plantações, bordas de florestas, e até mesmo jardins arborizados. É uma espécie principalmente de planícies, mas ocorre até 1.750 m de altitude, perto dos Andes da Bolívia.

O tucano-toco é uma espécie onívora e sua dieta consiste de frutas, insetos, rãs, pequenos répteis, filhotes e ovos de outras aves.

Geralmente são vistos em pares ou em pequenos grupos. Sua reprodução ocorre no final da primavera. A fêmea coloca de 2 a 4 ovos em um ninho feito em buracos no tronco de árvores altas. O casal se reveza na tarefa de chocar os ovos, os quais eclodem após cerca de 16-20 dias. Os filhotes quando nascem, têm uma aparência desproporcional: o bico é grande e o corpo pequeno. Os olhos só abrem após três semanas e os pais cuidam de seus filhotes até eles saírem dos ninhos, o que ocorre em seis semanas. A coloração do bico só é definida meses após o nascimento.

O tucano-toco ainda não é uma espécie ameaçada de extinção, entretanto tem sido capturado e traficado para outros países a fim de ser vendido em lojas de animais. Isto tem como conseqüência a diminuição de sua população na natureza, colocando em risco a variabilidade genética, como também a morte de muitos animais durante o transporte.


Espécies de Aves